Proposta determina instalação de finger em grandes aeroportos

Plataformas de comunicação entre o terminal e a aeronave seriam obrigatórias

Uso de finger pode ser obrigatório nos grandes aeroportos do país (crédito: Valter Campanato/Ag.Brasil)

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3691/12, do deputado Leonardo Gadelha (PSC-PB), que obriga os aeroportos a oferecer plataformas de comunicação entre o terminal e a aeronave, os chamados fingers. A regra valerá para os aeroportos que tenham fluxo de embarque e desembarque superior a 300 mil passageiros por ano.

“Embora estejam sendo realizados empreendimentos para modernizar e ampliar muitos aeroportos do País, especialmente em virtude da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016, há equipamentos bastante comuns em aeroportos de outros países que precisam ser disponibilizados aos consumidores brasileiros e aos estrangeiros que visitam o Brasil”, diz o deputado.

Segundo Gadelha, os fingers são dispositivos importantes por facilitar o acesso e a saída de aeronaves e por, supostamente, serem o meio mais seguro e apropriado nesses trajetos, “especialmente para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou necessidades especiais”.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

PORTAL 2014



Categorias:aeroportos brasileiros, Aviação

Tags:, ,

8 respostas

  1. O que a Lei pretende é que seja abolida a escada como meio de acesso ao avião. Certíssimo. Precisamos nos lembrar SEMPRE dos idosos e dos que tem dificuldade de locomoção.

    Curtir

  2. Lembrando que FINGER é a expensão da sala de embarque sobre trecho do pátio das aeronaves. O que a lei cita são PONTES DE EMBARQUE, e não fingers. O brasileiro usa o termo de forma errada, mas a Infraero não, poderiam ter se adequado ao que é mais correto.

    Curtir

  3. Tava certo o Tiririca, que pelo menos admitia que não sabia o que fazia um deputado. Esse aí pelo visto não sabe até hoje…

    Curtir

  4. Me parece que há desvirtuamento do exercício legislativo no Brasil.

    Curtir

  5. Mas que lei mais idiota, pelo amor do santo deus, eles não tem MAIS NADA pra fazer? Por que eles não fazem uma lei obrigando a vender pastel na rodoviária também?

    Curtir

  6. Mais uma regulamentação desnecessária cujos custos exorbitantes vão ser repassados pros passageiros. É fogo.

    Curtir

  7. Concordo com o Adriel…. Além disso acho que deve existir obrigações mais rígidas quanto à facilidade de acesso ao Aeroporto, tempo máximo de espera em filas, eficiência no trânsito de pessoas e carga, entre outros. Existência ou não de finger é pouco importante.

    Curtir

  8. Este pessoal se puxa na idiotice!!! Quase todo aeroporto do mundo desembarca tbm pelo pátio, principalmente nos horários de pico.

    O que estas bestas conseguirão é reduzir o número de slots, voos e por consequência deixar a passagem mais cara!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: