Ao cair, árvore libera fachada de prédio histórico

Talvez um dos prédios históricos mais bonitos da cidade, o Instituto de Educação Gen. Flores da Cunha, na Av. Osvaldo Aranha, inaugurado em 1935,  possuía em sua frente duas grandes árvores que de certa forma prejudicavam a sua visualização integral.

Na última terça-feira, 18/09, por ocasião de pesadas chuvas e ventos, uma delas caiu sobre a grade do prédio.

Um desagradável fato da natureza, mas que serviu pra liberar a fachada do lindo prédio.

Agora falta ainda a pintura e restauração do prédio.

Veja as imagens:

ANTES

AGORA

Fotos atuais: Gilberto Simon – Porto Imagem

A árvore, logo após cair, em foto do Jornal Zero Hora:



Categorias:Patrimônio Histórico

Tags:, ,

47 respostas

  1. Tem mais esta árvore caiu porque quando fizeram aquele cerca que não impede ninguém de ultrapassá-la, cortaram parte da raiz tirando sua sustentação….gente incompetente, que não sabe fazer nada, inventam cercas e outras coisas mais para meter a mão no dinheiro….

    Curtir

  2. Uma das árvores mais lindas de Porto Alegre que desaparece. E ainda temos que aguentar opiniões idiotas como esse Muller que prefere ver “fachadas de prédios” ao invés de uma das mais belas obras da natureza. Alguém que olhasse na primavera aquela maravilha e não sentisse nada, sinceramente, é um sinal de que vivemos em uma época muito triste, de barbárie. O cinza dos prédios, a fumaça dos carros, as placas de propaganda parecem fazer algumas pessoas mais felizes que uma bela árvore com flores. É triste, muito triste

    Curtir

  3. ^^ Falou tudo MULLER.

    Curtir

  4. Passear em Poa e ficar admirando aquela árvore torta que caiu, ou qualquer outra é uma coisa meio doentia, parece que querem ter a sensação de estar numa mata virgem antes de Poa virar cidade. Que se mudem e vão morar no meio de um mato, definitivamente uma metrópole não lhes faz bem. Como já escrevi acima, gosto de árvores, mas nos seus devidos lugares sem obstruir prédios de relevância arquitetônica, e isso acontece em todas as cidades do mundo, só aqui deixam crescer um mato em sua volta e acham isso lindo.

    Curtir

    • Muller,se tivesse tanta relevância arquitetônica não estaria no estado que esta, pichado e sujo, ninguém se importa, a árvore pelo menos encobria um pouco, o desleixo e a atitude criminosa dos vândalos….

      Curtir

  5. Se querem tanto admirar vastidões sem árvores que passeiem nos campos de cima da serra ou no Pampa, porque originalmente o local que está localizada POA era pura floresta densa.. E as árvores como essa que caiu ( guapuruvu) era muito lindo que tinha minha admiração de forma continua. Quanto aos prédios da cidade, antes de qualquer coisa teriam que ter uma recuperação integral e com iluminação de led ( ou algo semelhante) que os realce até durante a noite. A própria av, Independencia – que não tem tantas árvores – com uma série de prédios historicos ( entre eles, a sede dia Secr. Mun. de Cultura e outro enfrente, que pertence a essa pasta e totalmente abandonado) estão todos sem nenhum destaque, além de ter toda fiação exposta.

    Curtir

    • Por que tenho eu que viajar centenas de quilômetros para contemplar natureza quando podemos ter cidades verdes, com biodiversidade e todos os outros benefícios que as árvores trazem?

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: