Aeromóvel poderá ir do Aeroporto até a Arena

Excelente notícia! Com certeza facilitará a vida do torcedor e dos moradores do entorno.



Categorias:Aeromóvel, Arena do Grêmio, COPA 2014

Tags:, ,

70 respostas

  1. a arena tem estacionamentos pagos. esqueçam essa ideia de aeromovel. isso nao eh interessante pro gremio e nem pra OAS

    Curtir

  2. fmobus dá uma bela idéia, ali acima. O que não falta, no Huamitá, é espaço, ainda mais na porção entre a A.J.Renner e a ferrovia. Terrenos, galpões, ruas largas… Aliás, o eixo do aeromóvel poderia alinhar-se, mais ao norte, à própria A.J.Renner. Humaitá e Farrapos em peso utilizariam o modal para chegar ao trensurb e, dali, conectar com o futuro metrô, ou simplesmente ir ao Centro ou à RMPA. Poderiam até ser diminuídas as linhas de ônibus que saem do bairro, e todo o Humaitá poderia convergir à(s) estação(ões) de aeromóvel.

    Na verdade, a Prefeitura tinha que instituir no PDDUA recuos propícios à disseminação de uma malha muito maior do aeromóvel.

    OK, é complicado colocar um aeromóvel na rua Dr.Flores. Mas por que não planejar uma intervenção na Nilo Peçanha, na Protásio Alves, na Ipiranga, na Avenida Cavalhada, na Vicente Monteggia, etc.?

    Curtir

  3. Bem, o que espero realmente é que tenham feito um bom estudo do traçado do futuro metrô. Não sei se o trecho entre triangulo e FIERGS tem um densidade que justifique em detrimento a outros trechos de alta densidade que seria ir até Azenha, passando pelo centro. Metrô subterrâneo é para áreas de alta desidade. Caberia, aí sim, o aeromóvel nas extremidades.

    Curtir

  4. Me expliquem por que essa ideia de ligar a estação aeroporto até a Arena quando se tem a estação Anchieta muito mais perto dela.

    Curtir

    • Estação anchieta mais ao topo da imagem, a do aeroporto bem em baixo: http://i.imgur.com/EViVA.jpg

      Curtir

    • Conectividade do sistema aeromóvel. Geralmente, para sistemas férreos, faz sentido manter a malha o mais conexa possível, pois isso facilita manobras de manutenção e outras manipulações operacionais.

      Curtir

      • Mas a ideia do aeromovel era ele cobrir a last mile dos sistemas mais pesados. Sem falar que nesse caso é um absurdo o tamanho que a linha teria só pra satisfazer a facilidade de manutenção -http://en.wikipedia.org/wiki/Last_mile_(transportation)

        Curtir

        • O traçado não precisa ser necessariamente junto ao trensurb. Ele poderia muito bem curvar para Oeste logo após a estação aeroporto, atravessar o Humaitá pelo Parque e chegar à Arena.

          Curtir

  5. Outro detalhe: se fosse para ligação a Arena, exclusivamente, a ligação partindo da estação Anchieta não seria mais próxima?

    Curtir

  6. Espero que realmente façam o estudo de viabilidade pra ver qualé quié. Se se mostrar a viabilidade é uma baita notícia. Mas tem que ter estação pra atender a população dos bairros, não só a Arena.

    Curtir

  7. só não esqueçam que, junto à Arena, só a OAS já vai construir muitos edifícios residenciais, comerciais e um hotel.

    Curtir

  8. Hehehhe… o pessoal está claramente mostrando qual é o seu time. Não adianta. Porto Alegre é Gre-Nal.

    Curioso é que parte considerável do respeitável lado vermelho não questionava o metrô subterrâneo, que foi cogitado para chegar perto do Beira-Rio, em detrimento daquela verdadeira nação que se desloca de Gravataí, Cachoeirinha e do Sarandi, tudo pela Assis Brasil. Felizmente, essa idéia não vingou, e colocaram o metrô onde precisa. Não que no Beira-Rio não precise. Mas o gritedo, na época, era azul. Agora é vermelho. Por que será? Convicções urbanísticas? Lamento que seja sempre assim aqui no Rio Grande do Sul (não é privilégio nosso, mas é uma marca registrada).

    Aeromóvel ou monorail é mais barato do que metrô. Assim, a discussão, aqui é bem mais simples. Dentro da Disney tem, no aeroporto de Frankfurt tem. No Salgado Filho teremos um para ligar ao trensurb. Metrô é assunto que muda a história de uma cidade. Aeromóvel, ou monorail, muda um ou outro bairro. É um assunto menor do que o outro. Considerando que o Humaitá e o Farrapos são bairros isolados do restante da cidade, considerando os novos empreendimentos residenciais, e considerando a Arena do Grêmio, que vai levar uma média de 20 mil a 30 mil pessoas por evento (no primeiro ano, acho que a média vai ser entre 30 mil e 40 mil), considerando, sim, a proximidade com o bairro Rio Branco, de Canoas, e também a chegada da futura Rodovia do Parque, considerando tudo isso, por que não COGITAR um estudo de viabilidade para esta obra? Mas, pensando bem, quem tem que cogitar já está cogitando. Vamos ver no que dá. Mas, também, se não fizerem, não tem problema. Até a pé nós iremos.

    Ou então… Que tal assim? Fazemos um aeromóvel do Aeroporto ao Beira-Rio, passando pela Arena e pelo Centro? Fica bom pra você, Grêmio? Fica bom pra você, Inter? Aposto que NINGUÉM iria reclamar, nem mesmo do trilho do outro. Mas ai de quem resolver fazer pra um antes do que pro outro.

    Mas falando sério, também acho que o Beira-Rio merece. O Parque Marinha tem espaço pra comportar um monotrilho. Aliás, o Estádio Beira-Rio também seria apto aos barcos, como fizeram na final do Campeonato Brasileiro de 1975. Não esqueçamos que o complexo do S.C.Internacional encontra-se perto do final da Segunda Perimetral. Ali perto, temos o Hospital Mãe de Deus e todo o pólo gastronômico e comercial da José de Alencar.

    Pra um lado e pro outro. Esse tipo de coisa só não pode falhar por causa de Gre-Nal. Pelo amor de Deus.

    Eh, Gre-Nal, velho…

    Curtir

  9. viro mania agora estes fingers… pareçe que é o mais importante… nem na europa tem esse equipamento pra todos avioes e passageiros…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: