Ponte estaiada da BR-448 será futuro cartão-postal para Canoas e Porto Alegre

Estrutura já conta com 25% dos trabalhos realizados, aponta Dnit

Foto: Belfoto

Canoas – Com 268 metros de extensão, a futura ponte estaiada sobre o Rio Gravataí, entre os quilômetros 21,476 e 21,744, promete ser um cartão-postal para Canoas e Porto Alegre até 2013. Integrante das obras da BR-448, a futura Rodovia do Parque, contará com uma estrutura suspensa por cabos em formato de leque.

A estrutura, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), já conta com 25% dos trabalhos realizados, na margem do rio próxima a Canoas. Do outro lado, conforme o Departamento, já forma as estacas cravadas da fundação da ponte. Demais trabalhos na Rodovia do Parque seguem em andamento, com viadutos em fase de finalização em Canoas, nos lotes 2 e 3.

Obras – Do alto é possível verificar todas as etapas de construção do acesso à ponte, como a cravação de estacas, execução dos blocos de fundação e a concretagem das travessas. Na sequência, seguem os trabalhos de elevação das torres de onde partirão os estais (cabos de aço), que já estão com 42 metros de altura, e sustentarão o tabuleiro da ponte. Com três pistas de rolamento para cada sentido, a ponte estaiada terá 36,4 metros de largura.

Nesta foto do Gerson Ibias também é possível ver-se a ponte em construção, com a torre já sendo erguida. 21/09/2012

Andamento

Conforme o Dnit, o lote 2 (na intersecção da BR-386 até a empresa Bianchini, no bairro Mato Grande) já possui o viaduto da BR-386 concluído. A ponte sobre a vala Mathias Velho está na fase de concretagem e o viaduto da Bianchini com mais de 60% dos serviços executados. Ao mesmo tempo, o viaduto da Bianchini aguarda a execução das juntas de dilatação e acabamento. No trecho que vai da Bianchini, em Canoas, até a BR-290, na Capital (lote 3), o viaduto de acesso a Canoas, segundo o Dnit, resta apenas a realização do acabamento. Na elevada é feita a cravação de estacas de fundação da pista. O viaduto de acesso a BR-290 passa pela conclusão do segundo pilar da estrutura, que fica no canteiro central da rodovia.

Diário de Canoas



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Rodovia do Parque, Viadutos e pontes estaiadas

Tags:, , ,

23 respostas

  1. A ponte fica entre Canoas e Porto Alegre e é linda! Maravilhoso passar de carro pela BR 448 a noite e ver as luzes da cidade ao longe!

    Curtir

  2. Canoas tem o segundo maior PIB do Rio Grande do Sul e é a segunda cidade mais importante do estado e a vigésima quinta mais rica do país. Espero que essa nova rodovia ajude o município a crescer ainda mais. Voa, Canoas!

    Curtir

  3. A Rodovia do Parque passará pelas regiões mais pobres de Canoas (fundão da Rio Branco, Mathias Velho…). Esperamos que essa obra ajude a melhorar a infraestrutura dessas regiões da cidade.

    Curtir

  4. “CARTÃO POSTAL” já é exegero, por favor… Não será nenhuma RIO-NITERÓI da vida! Apenas modesto!

    Curtir

    • Cara com o Arena do lado da ponte que sera o maior estadio de futebol do brasil e mais moderno, sera sim um belo cartão postal, pois que eu saiba PoA so tem um cartão postal que e por do sol de guaiba….

      Curtir

  5. O melhor são os “viadutos estaiados”. Esses sim me intrigam.

    Curtir

  6. Fala-se tanto em falta de ousadia e estética com os novos projetos que aparecem em Poa, quando vem algo que possa impressionar um pouco que serão as estaias dessa nova ponte vem logo criticando que não precisava pelo fato da ponte ficar curta! Afinal, o que vocês querem? Se ousam não precisava…, e se fazem algo simples também crititicam. Assim não tem como agradar ninguém mesmo.

    Curtir

  7. Quanto mimimi….

    Curtir

  8. Acho um sarro essa moda de pontes estaiadas. Que falta de criatividade. Como se não desse para fazer pontes bonitas com arcos e outros formatos.

    Curtir

  9. Será que precisa de uma ponte estaiada dessas num rio tão estreito como esse?

    Pra mim, a nova ponte do Guaíba deveria ser estaiada (para ampliar o vão sob a ponte), não essa.

    Curtir

  10. Vai ficar show de bola! Mas agora pergunto: do lado esquerdo do futuro CT do grêmio, vão retirar aquela favelada toda que tem ali? é só Árvores de Mamona e lixo!

    Curtir

  11. Realmente vai mudar a vista da chegada na cidade, uma pena que nem em sonho fica pronta junto c a Arena. Só acho que é muito necessário uma saída do Humaitá para a Fernando Ferrari, cruzando a BR-116eTrensurb, o bairro não possui muitas entradas e saídas.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: