Jatos d’água do Glênio Peres podem ter piso tátil para cegos

Jornal Metro – Porto Alegre



Categorias:Revitalização do centro

Tags:,

27 respostas

  1. Passei por lá hoje de manhã.

    VARIAS PIXACHÕES contra a privatização de espaços públicos. Existem coisas escritas ao redor de cada quadrado onde sai água. Utilizaram aquelas formas de pixação para deixar uma assimetria na “arte”.

    Lamentável, lamentável, lamentável.

    Curtir

  2. Quando eu disse que era um chafariz sem finalidade, me chamaram de depressiva, eu Hein! que palhaçada, repito, chafariz para nada, só para complicar….
    Gostaria de saber quem teve a ideia e quem aprovou…..

    Curtir

    • Ele tem uma finalidade, enfeitar a cidade – QUANDO está ligado. Se não ligarem nunca, de fato, aí ele não serve pra nada mesmo.

      Curtir

    • O nome do responsável é Glênio Bohrer,encarregado do programa Viva o Centro.

      Curtir

    • Juliana, provavelmente quem te malhou se contradisse muita vezes.
      Concordo contigo: só para atrapalhar. Atrapalhar quem caminha apressado a trabalho, atrapalha os cegos, os cadeirantes, os que usam muletas, enfim, colocaram um bonito e mal acabado estorvo.

      No meio do caminho tinha um chafariz
      tinha uma chafariz no meio do caminho
      tinha um chafariz
      no meio do caminho tinha uma chafariz.

      Nunca me esquecerei desse acontecimento
      na vida de minhas retinas tão fatigadas.
      Nunca me esquecerei que no meio do caminho
      tinha um chafariz
      tinha um chafariz no meio do caminho
      no meio do caminho tinha um chafariz.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: