Operação interdita 14 autopeças em Porto Alegre

Polícia Civil e Smic apreenderam 100 mil peças com suspeita de furto

Polícia cumpriu 23 mandados de busca e apreensão Crédito: PC / Divulgação / CP

Uma operação da Polícia Civil em parceria com a Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) resultou na interdição de 14 autopeças e ferros-velhos na zona Norte de Porto Alegre. Na ação, deflagrada nesta terça-feira, uma pessoa foi presa.

Segundo o titular da Delegacia Regional da Capital, delegado Cléber Ferreira, foram apreendidas cerca de 100 mil peças de carros com suspeita de roubo e furto. Um automóvel também foi recolhido durante a ação.

A Operação Mãos de Ferro contou com a participação de 140 policiais que cumpriram 23 mandados de busca e apreensão em estabelecimentos nas avenidas Sertório e Protásio Alves.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , ,

9 respostas

  1. Apreenderam 100 mil peças e vão para onde??? Só fogo de palha, amanhã estão aberta de novo, e a mídia faz festa, acha de os políciais fizeram grande trabalhao. Mude as leis, baixa o custo do seguro e deveria documentar as peças. É mesma coisa dizer que acabaram com kracolandia, o pessoal muda de lugar. É só enxugar gêlo.

    Curtir

  2. Esses ferros-velhos deveriam ser extintos e, tenho certeza, com isso diminuiríamos pela metade os furtos/roubos de automóveis.

    Curtir

  3. Nada como uma pressão generalizada para que as coisas aconteçam! Muito bom! Parabéns a todos! Parabéns pela iniciativa!

    Não esqueçamos que o roubo de carro está na raiz de assaltos a minimercados, farmácias, padarias, armazéns…

    Curtir

  4. Ta mais do que na hora de acabar com essa palhaçada em Porto Alegre.

    Infelizmente existem outras nas cidades da RM, mas ja seria um avanço..

    Curtir

    • Guilherme.
      .
      Não esqueça que tanto a Brigada como a Polícia Civil são estaduais, elas podem e devem agir em todo o estado.
      .
      Há algum tempo eu comentei sobre o roubos de carros em Porto Alegre, e disse que a polícia precisava de agir com inteligência (inteligência em termos de serviço de inteligência), e na época não vislumbrava isto.
      .
      Deviam também recolher o pessoal que compra nestes locais, não precisava nem prendê-los, só levar até a delegacia e chamar a atenção que estão contribuindo com os roubos e assaltos, sem consumidores não há vendedores e muito menos fornecedores.

      Curtir

    • Existem 2 lugares famosos de desova de carros na RM que muita gente sabe, a polícia sabe… Mas tem político envolvido, traficante, ladrão de banco… bandidagem pesada. Uma pena.

      Curtir

  5. Gostei de ver, é assim que se combate o roubo de carros em Porto Alegre, não adianta um brigadiano em cada esquina, tem que achar quem comercializa. Como se diz sempre, quer achar um crime, vá atras do dinheiro.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: