Porto Alegre superou expectativas da Fifa, diz Valcke

Secretário-geral da Fifa se impressionou com evolução da obra do estádio Beira-Rio

Jerôme Valcke realizou inspeção das reformas do estádio Beira-Rio Crédito: Ricardo Giusti / Divulgação PMPA / CP

Um dia depois de demonstrar preocupação com as obras para Copa do Mundo no Brasil, o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, se mostrou surpreso com a evolução das reformas do estádio Beira-Rio. Após a inspeção, realizada na manhã desta quarta-feira, o dirigente elogiou a cidade de Porto Alegre e o andamento dos trabalhos na casa colorada. “Porto Alegre superou as expectativas da Fifa”, resumiu em entrevista coletiva.

Nos últimos meses, o Inter tem realizado jogos do Campeonato Brasileiro em meio às obras de reforma do estádio. A iniciativa não foi vista como um problema por Valcke. “Isso não é um empecilho desde que o estádio seja entregue em dezembro de 2013. Estamos cientes das partidas que são realizadas aqui, mas depois disso a construtora terá tempo para finalizar os trabalhos. Tenho a confiança de que o Beira-Rio estará pronto”, argumentou.

Em função do ataque ao mascote da Copa do Mundo no começo de outubro, a empresa Coca-Cola afirmou que não recolocará Tatu-bola no Largo Glênio Peres. Para Valcke, o símbolo do evento poderá ser utilizado por Porto Alegre, desde que não seja associado a outros patrocinadores.

Em âmbito nacional, Valcke deixou claro que a Fifa não tem a intenção de eliminar o comércio informal nos arredores dos estádios, mesmo que a entidade seja a dona das arenas durante o período da Copa do Mundo. “Temos os nossos patrocinadores e sem eles não existiria a competição. No entanto, nós não queremos tirar o público do evento. Queremos que eles façam parte disso também”, frisou.

Luigi comemora elogios de Valcke

O presidente do Inter, Giovanni Luigi, comemorou os elogios do secretário-geral da Fifa. “Isso mostra que prefeitura, governo do Estado e o Inter estão fazendo um grande trabalho. Ele (Jerôme Valcke) estava bem atualizado sobre as obras e disse que a visita foi feita apenas para constar porque ele confia na conclusão das obras em dezembro de 2013”, lembrou.

Luigi relatou que uma das medidas que contribuíram para satisfação de Valcke foi a contratação de uma empresa fiscalizadora da obra. “Temos pessoas que analisam os materiais que estão sendo empregados em cada etapa da obra. Reitero que isso é fruto de um trabalho harmonioso do clube com os dirigentes estaduais e municipais”, disse.

Fortunati e Valcke inspecionam obras do Beira-Rio | Foto: Jefferson Bernardes / AFP / CP

Correio do Povo

Mais fotos

Por Ricardo Giusti / Divulgação PMPA / CP

 

 

 



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, , ,

47 respostas

  1. O mais engraçado é que os gremistas falam como se o Beira-Rio fosse ficar um lixo. Tudo bem que não vai ficar como a Arena que é um estádio TODO novo, nem teria como o BR ficar como a Arena, mas falar que o estádio vai ser ruim e blablabla ai já é ser muito sem noção. Porto Alegre terá 2 baita estádios, qualquer um dos dois poderia sediar qualquer partida de futebol, então parem com o grenal por favor!!

    Curtir

    • Só achei que a AG poderia ter sido um pouco mais ousada na parte arquitetônica da reforma, sem gremismos agora, apenas comparando com outras sedes que também reformaram estádios…mas também, com poucos recursos faz-se o que dá, né?

      Curtir

    • Aos que criticam o Beira-Rio por estar sendo reformado, e rotulam de “remendão”, apenas mostro esse exemplo:

      Estádio Olímpico de Berlim, construído para a olimpíada de 1936. Mais velho que Beira-Rio, Olímpico e quase da idade do Eucaliptos, que era 1931. Foi totalmente reformado pra copa de 2006 e é um estádio espetacular. E ainda mantiveram grande parte da arquitetura original.




      Curtir

  2. o Jerôme Valcke passou mal após sair de porto alegre. ta num hospital do rio

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: