Montagem de passarela de shopping fecha avenida Praia de Belas no feriadão

Bloqueio se estenderá de sexta-feira a domingo e acarretará mudança de rotas de ônibus

Em função das obras de montagem da passarela do Shopping Praia de Belas, que vai ligar o centro de compras a um prédio comercial do outro lado da avenida, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) confirmou que a avenida Praia de Belas ficará bloqueada, nos dois sentidos, de sexta-feira a domingo, entre a Ipiranga e a rua Cecília Meirelles.

Agentes da EPTC vão reforçar o monitoramento para orientar os condutores e organizar o tráfego da região. A obra deve ser executada em meio ao feriadão de Finados para que o impacto seja menor para a circulação no trecho.

As linhas de transporte e os veículos sofrerão os desvios abaixo:

Linha T7

Sentido Norte-Sul – av. Praia de Belas, av. Ipiranga, rua Múcio Teixeira, rua José de Alencar, av. Borges de Medeiros

Linha 178 – Praia de Belas e 176 – Serraria (Rodoviária)

Sentido Centro-Bairro – av. Praia de Belas, av. Ipiranga, rua Múcio Teixeira, rua José de Alencar, av. Borges de Medeiros

Sentido Bairro-Centro – av. Borges de Medeiros, av. Ipiranga, av. Praia de Belas

Correio do Povo

_______________________

Pra quem não se lembra, essa passarela faz parte do empreendimento WALK OFFICES PRAIA DE BELAS

Algumas imagens do prédio:

Imagens: Divulgação

 

Mais informações do prédio podem ser vistas aqui.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Meios de Transporte / Trânsito, Prédios, Shopping Centers

Tags:, ,

62 respostas

  1. Será que portoalegrenses vão fazer com a passarela o mesmo que fizeram com o Tatu Bola?

    Curtir

    • Não duvido nada. Daqui a pouco nossos jovens guerreiros e revolucionários estarão protestando contra a privatização do “espaço público aéreo” e contra o capitalismo que privatiza até as principais avenidas da cidade. E fotografando tudo com suas Nikon’s e bebendo umas Heineken’s bem geladas, como já aconteceu no protesto em que derrubaram Tatu. Seria cômico se não fosse trágico…

      Curtir

  2. Não me admira Porto Alegre ter se transformado a Capital do Não e a Capital da Resistência, vide o comentário das pessoas, que são contra TUDO, até contra uma passarela, que não vai atrapalhar ninguém. Uma obra privada, feito com grana privada, e que não vai atrapalhar ninguém.

    Porto Alegre é TRIste.

    E mentalidade desta cidade também.

    Curtir

  3. pera Gilberto Simon.
    é melhor consultar os universitários!!!!
    1 unidade de uma laranja:
    1 laranja = singular
    Mais de uma laranja:
    2 laranjas = plural
    1 laranja e mais ¼ de uma outra laranja:
    1,4 laranjas = plural
    …ihhhh então o correto é:
    1,4 milhões de habitantes = no plural
    …kkk que confusão meu amigo.
    O que importa mesmo é arranhas-céu já em P.Alegre.

    Curtir

  4. Qualquer lugar do mundo pode-se construir passarelas em cima da via pública. Por que Porto Alegre não poderia ? Não entendi o motivo da complicação até agora!!!!

    E Porto Alegre já tem uma passarela, bem maior que essa. Ligando dois prédios do Colégio Rosário (PARTICULAR) em cima da Rua Irmão José Otão. (https://portoimagem.files.wordpress.com/2012/10/rosario-passarela-joc3a3o-henrique-rosa.jpg)

    A passarela do Barra não passa em via pública. Fica no terreno particular do shopping.

    O shopping Mueller, em Curitiba tem uma passarela similar, ligando-o ao estacionamento: http://icons-ak.wunderground.com/data/wximagenew/a/AlexBrazil/0.jpg
    Não vejo problema nenhum nestas passarelas.

    Curtir

    • No Bourbon Wallig também tem uma passarela sobre a rua.

      Curtir

      • Quanto mimimi do felipe x por causa de uma passarela que é apenas para conforto, que não vai atrapalhar ninguem e não é um modo de separar classes sociais, é apenas uma questão de conforto, a mesma coisa que andar de carro com vidro fechado e ar condicionado ligado

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: