Estátua da Praça Dom Sebastião é danificada novamente

Vândalos atacam novamente o monumento do chafariz da Praça Dom Sebastião. Foto: Gilberto Simon

Conforme matéria de alguns jornais de hoje, e constatados in loco por nós do Blog, novamente uma das estátuas da fonte localizada em frente ao Colégio Rosário, na Praça Dom Sebastião, bairro Independência, foi vandalizada tendo um de seus braços quebrado e arrancado.

O conjunto de 4 estátuas, dentro da fonte, está em péssimo estado e, mesmo cercado, os vândalos continuam a atacá-lo.

Este monumento faz parte do primeiro monumento público de Porto Alegre, instalado na Praça da Matriz, em 1866, importado de Carrara, Itália. Foi todo entalhado em mármore pelo artista italiano José Albino. O seu objetivo era fornecer água potável à população.

As estátuas vieram pra praça Dom Sebastião na década de 70, sobre o Túnel da Conceição, que recém inaugurava. No seu lugar foi instalado o Monumento a Júlio de Castilhos.

Segundo a equipe de técnicos da Secretaria de Cultura de Porto Alegre, será difícil restaurá-lo pois não ficaria homogêneo como a original. Está sendo estudado a retirada das estátuas do local.

Incrível esta situação de depredação em Porto Alegre!

E o poder público resolve retirando os monumentos que são importantes historicamente para toda a população?

O que falta em Porto Alegre para as coisas acontecerem? Ou não acontecerem desta forma ?

Foto feita por mim, horas depois do ato de vandalismo:

A mesma estátua já havia sido quebrada anteriormente, em data não conhecida, conforme mostra a foto feita em 2006, também por mim:

Texto / fotos: Gilberto Simon

____________________

Recomendo a leitura deste artigo, do Jornal da UFRGS:

Donos negligentes – PatrimônioOrigens da depredação de monumentos revelam soluções para além da vigilância



Categorias:vandalismo

Tags:, , , , , ,

23 respostas

  1. Ricardo André Frantz comenta, via Facebook:

    “essas estátuas deviam estar dentro de um museu e não na rua. são as mais antigas de porto alegre, mas a prefeitura provavelmente vai esperar que elas estejam reduzidas a tocos pra tomar uma atitude. com esse povo “educado” que temos, é melhor musealizar e esperar que as próximas gerações sejam mais cuidadosas, daí podem voltar ao seu lugar. uma boa solução seria fazer réplicas e retirar os originais.”

    Curtir

  2. Lentamente elas vão sendo destruídas e vão sumindo. Só por curiosidade: Vi em Viamão, no jardim de uma propriedade particular um dos bancos do antigo araujo viana… http://tinypic.com/r/mjqty0/6

    Curtir

    • Pode isso Gilberto?

      Curtir

    • Interessante essa foto… Veja que em uma propriedade particular, aparentemente bem cuidado, um banco velho prá c@cete fica bonito. Por isso que acho boas reformas, combinando as coisas antigas com as novas e com uma manutenção adequada é muito melhor que deixar estragar para comprar outro.

      Curtir

  3. Que pecado! Isso é porque as praças aqui em Porto Alegre são p/os mendigos! Se o chafariz estivesse funcionando, talvez fosse mais difícil praticar um ato de vandalismo! Não vejo outra saída a não ser colocar vigilância! Instalar câmeras talvez seria interessante! E penalizar os vândalos!

    Curtir

  4. Marcelo, embora na Praça Argentina tenham começado a arrumar o piso ( no periodo eleitoral), parece que agora, esta tudo parado. E o piso dos canteiros centrais da subida para Salg F. via João Pessoa é uma verdadeira “colchão de retalhos”. Ao passar pela fonte seca no outro lado do viaduto, próximo a escola do DAD da UFRGS, no inicio da Salg F., o piso também é lamentável e aárea ficou escura boa parte dessa semana. Não vi nada nos jornais que outros tempos, postavam até uma lâmpada apagada na cidade.. Ridiculo, tudo isso!!

    Curtir

  5. Nada pode contra a deseducação humana! Se eu quiser quebrar, vandalizar, vou continuar vandalizando, se eu quiser cuidar vou continuar cuidando! Destruir patrimônio público é inerente ao cidadão imbecil que acha que destruir os bens da cidade está atingindo o prefeito! Infelizmente tenho que concordar com o orgão da prefeitura que pensa em retirar as estátuas dali, pois recuperar não dá, fica diferente, não é o mesmo mármore, já não tem o mesmo desgaste do tempo, não é a mesma cor, nem a mesma forma, imagina uma escultura dessas cheia de enxertos! Um crime! Mas também uma figura humana desfigurada também não dá, daqui a pouco se deixarem lá estarão todas sem cabeça! Infelizmente quem paga por isso somos nós, por uma imbecilidade de poucos iremos ficar sem nossas belas estátuas, sem nossas praças bem cuidadas, e não adianta dizer que a prefeitura não cuida, cuida sim, o problema é que nosso povinho descontente vai lá e quebra e suja tudo em poucas semanas, pois vandalizam tudo! Eu sou a favor da pena de morte e cadeira elétrica pra criminosos, inclusive vândalos!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: