Estátua da Praça Dom Sebastião é danificada novamente

Vândalos atacam novamente o monumento do chafariz da Praça Dom Sebastião. Foto: Gilberto Simon

Conforme matéria de alguns jornais de hoje, e constatados in loco por nós do Blog, novamente uma das estátuas da fonte localizada em frente ao Colégio Rosário, na Praça Dom Sebastião, bairro Independência, foi vandalizada tendo um de seus braços quebrado e arrancado.

O conjunto de 4 estátuas, dentro da fonte, está em péssimo estado e, mesmo cercado, os vândalos continuam a atacá-lo.

Este monumento faz parte do primeiro monumento público de Porto Alegre, instalado na Praça da Matriz, em 1866, importado de Carrara, Itália. Foi todo entalhado em mármore pelo artista italiano José Albino. O seu objetivo era fornecer água potável à população.

As estátuas vieram pra praça Dom Sebastião na década de 70, sobre o Túnel da Conceição, que recém inaugurava. No seu lugar foi instalado o Monumento a Júlio de Castilhos.

Segundo a equipe de técnicos da Secretaria de Cultura de Porto Alegre, será difícil restaurá-lo pois não ficaria homogêneo como a original. Está sendo estudado a retirada das estátuas do local.

Incrível esta situação de depredação em Porto Alegre!

E o poder público resolve retirando os monumentos que são importantes historicamente para toda a população?

O que falta em Porto Alegre para as coisas acontecerem? Ou não acontecerem desta forma ?

Foto feita por mim, horas depois do ato de vandalismo:

A mesma estátua já havia sido quebrada anteriormente, em data não conhecida, conforme mostra a foto feita em 2006, também por mim:

Texto / fotos: Gilberto Simon

____________________

Recomendo a leitura deste artigo, do Jornal da UFRGS:

Donos negligentes – PatrimônioOrigens da depredação de monumentos revelam soluções para além da vigilância



Categorias:vandalismo

Tags:, , , , , ,

23 respostas

  1. Se as fontes estivem ligadas e tivesse água ali não teria havido isso. Ao invés de remover, restaurem, coloquem um fosse de água entre a grade e o praça pra reforçar o isolamento e ponha água lá dentro!

    Curtir

  2. Olá,

    Pareço ser repetitivo, mas realmente é profundamente lamentável que isso (ou seja, vandalismo) esteja acontecendo em proporções que estão, já HÀ BASTANTE TEMPO, aumentando…

    Evidente que há várias razões para isso (falta de educação, falta de policiamento, etc, etc). Entretanto a causa MAIOR nos dias atuais do aumento de vandalismo (o que é, de fato, um delito, ou seja, um crime) foi a aprovação e entrada em vigor da Lei 12.403/2001 no ano passado:

    http://ordemeliberdadebrasil.blogspot.jp/2011/06/lei-da-impunidade-vem-ai.html

    Curtir

  3. lamentável

    Curtir

  4. Essa cidade com essa gestão, cada vez mais me deprime. Várias áreas e património público estão caindo aos pedaços, Calçadas públicas com remendos de cimento e tijoletas diversas, praças e monumentos mal cuidados, luminárias históricas que sumiram ou com lâmpadas multicolores…Pessoas morando nas ruas, aos milhares, além, dos catadores de material reciclado sem a minima orientação e qualifciação de seu trabalho. E parece que o pessoal na sua maioria, não tá nem ai.. Está tudo se “naturalizando”. Verdadeira alienação da realidade que vivem!! Bem como o “diabo” gosta!!!

    Curtir

  5. Cadê a utilidade do Centro Integrado de Comando com suas 300 camêras nessa hora?Por quê os autores do blog não iniciam uma petição pública para endurecer as leis contra esses marginais, já que adoram fazer post de lugares depredados da cidade.

    Curtir

  6. VERGONHOSO, falta de educação plena e pior é o bando de mau carater que existe nessa cidade. Isso serve pra que? qual o motivo disso? E outra, porque a prefeitura não enche dágua de novo, porque as fontes estão sewcas, moramos no meio do deserto que não tem aguá?

    Curtir

  7. Porque tem gente que acha um absurdo lembrarmos Curitiba?

    Porque acham que uma cidade politizada e superior tem que atacar o Tatu Bola, pichar a cidade, protestar contra passarela de vidro, querer orla livre de ivestimentos, protestar contra tudo, ter ojeriza a qualqur tipo de repressao…

    Esta eh a mentalidade, cultura e tradicao desta cidade.

    Curtir

  8. Vocês já viram uma foto da época em que as estátuas estavam na praça da matriz? tem algumas no Facebook, no Fotos Antigas do RS. Não sobrou nem metade do que era. é vergonhoso o estado que deixaram chegar. Já deve ser quase um século de descaso, provando que o porto-alegrense é inculto e porco.

    Curtir

  9. O estado dos monumentos e praças públicas é, de longe, a coisa que eu mais odeio em Porto Alegre.

    Curtir

  10. No estudo da janela quebrada, mesmo nas cidades mais ricas e desenvolvidas do mundo um lugar ou veiculo já levemente depredado atraia sempre novos danos, é um efeito em cascata.

    Efetivamente a forma menos custosa e mais correta de combate é deixar sempre em boas condições e não só fazer remendos. A frequência de recorrência cairia sem duvidas.

    Não acho que as novas câmeras vão ter efeito.

    Curtir

    • Exatamente… a fonte seca e as estátuas bem mais sujas que na outra foto mostram bem isso,

      Curtir

    • quando eu ainda estava na faculdade, tinha uma disciplina chamada técnica e economia dos transportes. certa vez visitamos a trensurb. em meio a visita, alguém observou acerca da excelente manutenção dos trens. e a resposta foi exatamente o que você acabou de escrever.
      a maneira correta, segundo a trensurb, de coibir o vandalismo nos vagões, era mantê-los sempre em perfeito estado de conservação. isto é, sempre que houvesse qualquer ato de depredação, a manutenção corretiva deveria ser imediata e efetiva.
      isso vale prá tudo… vale prá grama do jardim, vale prá pintura da casa, vale até mesmo prá saúde do nosso corpo… só a prefeitura de porto alegre que prefere deixar acabar, prá depois refazer usando a pior técnica e depois de pronto, em geral dura muito pouco tempo.
      essa fontes, representam os rios da bacia do jacuí. quando eu estudava no rosário, elas estavam dispostas em linha, sobre um canal que corria paralelo a uma das faces da praça dom sebastião.depois foram relocadas nessa espécie de chafariz que nunca vi funcionar. aliás, em porto alegre os chafarizes não funcionam e os jardins não tem flores…
      que pena!
      a cidade das fontes secas e do jardins vazios… lamentável para uma cidade da dimensão econõmica e social de porto alegre.
      parabéns a seus administradores!

      Curtir

      • Verdade..A famosa teoria das Janelas Quebradas, dos bairros de Nova York, é um exemplo disso…Diminuiria muito atos dessa natureza se manutenções constantes fossem feitos,,,

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: