Navistar vai produzir caminhões em Canoas sem a parceira Agrale

No Brasil desde 1998, a montadora americana montava seus veículos em fábrica compartilhada com a brasileira em Caxias

O International AeroStar será o novo caminhão-conceito mundial que está sendo desenvolvido para o Brasil

Depois de 14 anos produzindo no país para o mercado de exportação em conjunto com a brasileira Agrale, a americana International Navistar vai, finalmente, fincar estacas no Brasil. A fabricante de caminhões pesados e semipesados vai começar a produzir na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul. Segundo comunicado da companhia, essa operação está em curso e a Agrale “continuará a dar suporte à Navistar nesta transição para que o processo aconteça de forma, absolutamente, tranquila e com total aproveitamento da mão de obra”.

A empresa, no entanto, não informou como será a parceria com a brasileira a partir do momento que a produção for separada. Desde 1998, a companhia americana tem sua produção compartilhada na unidade da Agrale, em Caxias do Sul. Há uma linha dedicada aos caminhões pesados e semipesados da Navistar e, nesse tempo, foram montados no país cerca de 12 mil unidades.

A International Navistar também não informou o tamanho da nova fábrica no país e o investimento para o empreendimento. Entretanto, fontes do mercado estimam que o investimento gire em torno de US$ 200 milhões. Por lá, a montadora irá produzir o novo caminhão para o mercado brasileiro, o AeroStar.

E quem vai comandar a unidade de caminhões no país será Guilherme Ebeling. Ele será o presidente da operação International Caminhões e responderá, diretamente, ao presidente e CEO da Navistar South America, Waldey Sanchez.

Além da nova fábrica, Ebeling vai inaugurar esta semana o Centro de testes da Navistar. O investimento inicial para viabilizar o projeto foi de U$ 800 mil e, neste ano, mais U$ 200 mil foram destinados para a construção, aquisição e instalação de equipamentos no centro de teste. Nos próximos cinco anos, a empresa prevê investir mais U$ 1 milhão no local.

Ônibus

A operação de ônibus já estava resolvida no país. Em julho, a Navistar havia anunciado a associação com a Neobus para a produção integral de ônibus — produzirão, numa mesma linha, os chassis e a carroceria dos veículos. No Brasil, essas duas partes são fabricadas por empresas distintas.

Pelo acordo, a Navistar vai fazer parte do quadro societário da Neobus, que seguirá sob a liderança de seu atual presidente, Edson Tomiello. Ele permanece como sócio controlador da companhia.

Essa parceria surgiu a NeoStar e sua produção concentrada em Caxias do Sul. A marca tem como objetivo competir no segmento de micro-ônibus e a expectativa é que sejam produzidas este ano 400 unidades. A Neobus informou ainda que os 100 primeiros veículos já saíram da linha de montagem. A marca terá foco inicial nos EUA e América do Sul.

Fontes da informação:

Brasil Econômico / iG Economia

Brasil Caminhoneiro



Categorias:Economia Estadual

Tags:, , , , ,

6 respostas

  1. Gilberto :
    De acordo com a matéria abaixo, parece que a Navistar já definiu o local da sua nova fabrica. Como sempre, a imprensa Gaúcha sempre é a ultima a saber.

    Fonte: http://www.brasilcaminhoneiro.com.br/V4/noticias/navistar-inaugura-centro-de-teste-de-caminhoes-international-no-brasil/

    A Navistar inaugurou recentemente um centro de teste de caminhões International
    em São Paulo

    A Navistar South America inaugura seu primeiro centro de teste de veículos no país, o Jaguariúna Tech Center (JTC). Localizado em Jaguariúna – a 140 km da capital paulista –, o espaço foi criado para construir protótipos e realizar testes de caminhões da marca International. O investimento inicial para viabilizar o projeto foi de U$ 800 mil e, neste ano, mais U$ 200 mil foram destinados para a construção, aquisição e instalação de equipamentos no centro de teste. Nos próximos cinco anos, a empresa prevê investir mais U$ 1 milhão no JTC.

    O projeto foi idealizado pela equipe brasileira de engenharia, que adequou processos utilizados pela matriz da Navistar, nos Estados Unidos, onde a empresa é referência nesta área para adequa-los as necessidades especificas do mercado brasileiro.

    “A proposta da International Caminhões com o JTC é que esse centro seja referência no Brasil para teste de veículos comerciais, razão pela qual o local foi especialmente desenvolvido para a criação e validação de veículos pesados”, ressalta Guilherme Ebeling, presidente da International Caminhões. O executivo lembra, também, que a cidade de Jaguariúna foi escolhida em virtude do fácil acesso a importantes rodovias do Estado de São Paulo e do Brasil, pela proximidade com o escritório da empresa, localizado em São Paulo, capital, onde está instalada a área de engenharia para caminhões.

    Curtir

    • Navistar confirma fábrica de caminhões em Canoas

      A Navistar informou nesta segunda-feira ao editor que mantém a sua decisão de transferir de Caxias para Canoas a sua fábrica de caminhões International.

      . O editor chegou a noticiar que a fábrica de Canoas poderia não sair, já que ficará em Jaguariuna, SP, o Centro de Testes e Treinamentos, mas a direção da empresa avisou que uma coisa não tem nada a ver com a outra: os caminhões serão fabricados em Canoas e depois irão para testes em SP.

      – A Navistar fabrica seus caminhões para os mercados interno e externo.

      http://polibiobraga.blogspot.com.br/2012/11/navistar-confirma-fabrica-de-caminhoes.html

      Curtir

  2. Bem que eles poderiam investir em outra planta aqui no RS, em alguma outra cidade mais necessitada, ne?

    Curtir

  3. Notícia importante, apesar de ser uma transferência de produção, haverá mais investimentos na planta industrial, pena que notícias boas não repercurtam tanto.

    Curtir

    • Pelo que deu a entender na matéria, não vai ser uma simples transferência. Com certeza vai ser feito um grande investimento, pois cada modelo de caminhão precisa de uma linha de produção específica. Creio que a fábrica de Canoas vai ganhar uma nova planta junto a ela.

      Curtir

  4. Uooou, acho esses caminhões muito bonitos.. haha

    Boa noticia… 😀

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: