Guia Para Construção de Bicicletários Adequados

Bicicletário adequado

GUIA PARA CONSTRUÇÃO DE BICICLETÁRIOS ADEQUADOS

Para que mais pessoas usem bicicletas – e assim melhorem sua qualidade de vida e contribuam para a sustentabilidade da cidade -, é preciso oferecer-lhes estruturas para sua segurança e conforto, tais como ciclovias, ciclofaixas e bicicletários.

Muitas empresas possuem espaço para a instalação de bicicletários, o que facilitará o acesso dos ciclistas ao seu estabelecimento, sejam eles seus clientes ou seus funcionários.

Os bicicletários seguros, eficientes e que não danificarem as bicicletas, aqui chamados de “bicicletários adequados”, são uma demonstração de respeito aos ciclistas e de incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte.

Apresentamos aqui um estímulo, argumentos e orientações para instalação de bicicletários adequados em estabelecimentos comerciais, órgãos públicos, condomínios e espaços públicos.

1) O que é um bicicletário adequado?

  • É um estacionamento de bicicletas, em local visível, preferencialmente delimitado, com quantidade de vagas suficiente para a demanda, dotado de suportes que acomodem todos os tipos de bicicletas sem danificá-las e que possibilitem que as mesmas sejam cadeadas no quadro, bem como que atenda a que atendam as demais orientações abaixo
  • Quanto maior o porte da empresa e maior o orçamento do município, maior será a exigência de qualidade e menor será a tolerância às adaptações para que o bicicletário ser considerado adequado

2) Por quê construir um bicicletário adequado

  • Demonstra o respeito do empresário pelos ciclistas
  • Oferece um alento para os ciclistas, que enfrentam duras condições no trânsito da cidade
  • Oferece mais segurança ao patrimônio dos seus clientes
  • As empresas são polos geradores de tráfego e precisam contribuir para melhorar as condições de mobilidade urbana
  • A promoção do ciclismo (e da mobilidade sustentável em geral) não é dever apenas do poder público, mas de toda a sociedade, incluindo a iniciativa privada
  • Contribui para a democratização do espaço público
  • Atrai e fideliza clientes
  • Possui baixo custo e alta eficiência, sendo possível estacionar 10 bicicletas no espaço de estacionamento de um carro

3) Localização e delimitação do bicicletário adequado

  • O bicicletário deve ser estar localizado o mais próximo possível da entrada do estabelecimento, de modo a ser visível por todos (usuários e funcionários) para a segurança das bicicletas
  • O acesso ao bicicletário não pode ser impedido por entulhos, mercadorias ou outros materiais
  • Deve haver sinalização indicativa (cartaz, placa ou similar) de que o local é destinado exclusivamente ao estacionamento de bicicletas
  • A área do bicicletário não pode ser invadida por automóveis ou motocicletas; portanto, caso haja este risco, uma simples pintura demarcatória não é suficiente e o bicicletário deverá ser segregado e protegido por mureta, cerca ou estruturas similares

4) Pavimento do bicicletário adequado

  • Recomenda-se que o pavimento do bicicletário seja confeccionado em concreto, asfalto, lajota ou cerâmica antiderrapante – o pavimento não pode ser liso e escorregadio
  • O pavimento deve ser plano, sem saliências ou cavidades;
  • O pavimento pode apresentar desnível de até 5% no sentido transversal dos suportes;
  • O pavimento pode apresentar desnível de até 5% no sentido longitudinal dos suportes, desde que seja acrescentada barreira (mureta, meio-fio etc.) para impedir que as bicicletas se desloquem
  • Se não houver telhado, o pavimento do bicicletário deve ser desnivelado (máximo de 5%), dotado de canaletas ou de outras medidas para o escoamento da água da chuva

Declividade aceitável no pavimento do bicicletário. Para ver especificações completas, baixe o documento “Croquis de Bicicletários Adequados – 8 modelos” no item 12, acima)

5) Suporte adequado – Suporte de Encosto

  • O suporte é a estrutura para fixar as bicicletas; ele é adequado quando permite que as bicicletas sejam nele encostadas em dois pontos do quadro, com as duas rodas no pavimento e que possibilite que as bicicletas sejam cadeadas no quadro
  • Tal suporte recebe aqui a denominação de genérica de “Suporte de encosto”; outras denominações, e dependendo do formato, são “Inglês”, “Sheffield”, “U Invertido” ou “R”
  • O suporte pode ser parafusado ou chumbado no pavimento
  • O suporte devem ter as seguintes dimensões: altura de 75 cm; comprimento entre 80 e 100 cm; diâmetro de 5 cm
  • O suporte deve ser fabricado em tubo de aço galvanizado ou aço inoxidável, de preferência com 2 mm ou mais de espessura da parede
  • De preferência, o suporte deve ser pintado
  • As especificação contidas aqui visam a máxima resistência e durabilidade
  • Vantagens e justificativa do Suporte de Encosto:

– Permite o estacionamento de todos os tipos e tamanhos de bicicleta disponíveis no mercado (as bicicletas do mercado possuem aros entre 20” e 29” de diâmetro e pneus entre aproximadamente 3,00 e 7,00 cm de largura)

– Permite que a bicicleta seja presa com cadeado pelo quadro; por opção, adicionalmente pode-se prender também as rodas, para evitar furto somente das mesmas

– Não danifica o aro, os raios, os cabos, os freios, o câmbio e outros itens e dispositivos da bicicleta

– Permite que as bicicletas sejam estacionadas de frente ou de ré

– Alta durabilidade e resistência

– Modelo internacionalmente aceito como de melhor qualidade para o estacionamento de bicicletas

LEIA NA ÍNTEGRA, CLICANDO AQUI.

Retirado do Blog Vá de Bici



Categorias:Bicicleta, paraciclos

Tags:, , ,

3 respostas

  1. PMPA, não tem mais desculpa, aí está o guia completo mostrando como é o certo e não uma grade como foi na feira do livro.

    Curtir

  2. Perfeito esse manual! Se seguissem ele, não fariam esses lixos de paraciclos que vemos por aqui.

    Curtir

  3. Tenho orgulho de trabalhar numa empresa que me provê bicicletário e vestiário!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: