Inter espera resposta da AG sobre cronograma de obras do Beira-Rio

Clube terá de encontrar outro estádio para atuar até maio

Obras do Beira-Rio podem ser aceleradas em novembro Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

Recentemente reeleito para mais dois anos a frente do Inter, Giovanni Luigi não tem planos de abandonar o Beira-Rio – mesmo que temporariamente. O presidente, inclusive, pleiteia junto à Andrade Gutierrez uma alteração no cronograma de obras, antecipando a instalação do novo gramado para permitir o uso do estádio por mais tempo ao longo do próximo ano. Uma resposta da AG é aguardada e pode chegar a qualquer momento.

Há dificuldades a serem vencidas. São apenas duas empresas em todo o mundo que instalam o tipo de equipamento de drenagem que o Beira-Rio terá após a reforma. E nenhuma delas confirmou disponibilidade de começar os trabalhos ainda em 2012, logo após o último jogo do Inter no Campeonato Brasileiro.

Além disso, o clube teria de encontrar um estádio para atuar pelo menos até abril ou maio, quando o campo e grande parte – se a alteração no programa for feita – estarão prontos. A nova arena no Cruzeiro, que está sendo construída em Cachoeirinha e seria a primeira opção, não ficará pronta antes de abril.

Até o dia 3 de dezembro, o Inter receberá da Brio, empresa formada para administrar o novo Beira-Rio, quando ele estiver pronto, uma proposta para reforma do Gigantinho. A Hype Studio, mesma empresa que projetou o estádio, está trabalhando também no ginásio, que deverá transformar-se em um casa de shows e espetáculos no nível das melhores do Brasil. Neste momento, o tempo de execução da obra e seus custos estão sendo levantados.

“Estamos trabalhando para fazer uma proposta. Mas aceitar ou não é questão do próprio Inter”, confirma o presidente da Brio, Marcelo Flores. De acordo com ele, as obras no Gigantinho poderiam ser tocadas paralelamente às do Beira-Rio.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, , ,

10 respostas

  1. Esse Luigi é um fanfarrão mesmo, ao invés de colocar o time a jogar em outro lugar e deixar quem sabe até as obras adiantarem e terminarem antes do fim de 2013, teima em querer jogar o máximo possível em um estádio em obras que não tem estrutura e nem segurança mais para receber jogos. O time do Inter de hoje é o reflexo da administração lunática que o Sr. Luigi vem fazendo no clube e que os excelentíssimos conselheiros o fizeram continuar por mais dois anos. Em dezembro os sócios (em que eu me incluo) poderão votar, e se tudo der certo e se depender de mim esse conselho irresponsável que reelegeu o Luigi será substituído por membros das oposições a atual gestão colorada. Eles vão levar o troco por não ouvir e fazer a vontade da torcida.

    Curtir

  2. Porque nao alugam o estadio olimpico?

    Curtir

  3. Luigi, o pior presidente dos últimos anos do nosso colorado… Baita chorão e teimoso. Já comprometeu o time, só falta agora comprometer a obra. Mais um vez.

    Curtir

  4. cara, que time medroso. parece aquele magrão de 40 anos que não quer sair da casa dos pais. time macanudo joga em qualquer lugar

    Curtir

  5. Tem cronograma sim, óbvio!
    Uma obra desse tamanho não tem como tirar 1 prego senão tem planejamento.

    É que o Luigi – teimoso – quer ver se é possível uma alteração no cronograma das obras por causa do cronograma dos jogos.
    Mas a AG já disse que isso é impossível o pedido e eu espero que eles não mudem de opinião…

    Curtir

  6. Essa reforma não tem cronograma ainda?

    Que desorganização!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: