Turismo e arquitetura

Dezesseis milhões de dólares é muito dinheiro? Bom, com essa grana os chineses estão terminando de construir um anel gigante de 157 metros de altura em Fushun. O anel se chama “O Anel da Vida” e será simplesmente uma construção turística, mais ou menos ao estilo da torre Eiffel: composto de 3000 toneladas de ferro, terá 12.000 luzes de LED para iluminá-lo e dois elevadores para levar visitantes até o topo.

Achei interessantíssimo. US$16.000.000 é uma gota d’água , mas se usada com inteligência pode criar atrações turísticas que se pagam em alguns anos e ficam para sempre. Uma torre-mirante decente em Porto Alegre não seria mal.



Categorias:Outros assuntos

43 respostas

  1. Aqui tem uma lista mundial das maiores torres mirantes de todos os tipos.. O Brasil não está na lista, nem a “Flor do Cerrado” e a antiga de Brasilia

    http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_tallest_towers_in_the_world

    Curtir

  2. Qualquer grande cidade chinesa tem torres mirantes giratorias ou não, pontes “roda-gigante” como em Tianjian com mais de 150 metros de altura.. Acho que também tem relação com o olhar cultural em relação ao espaço fisico, Feng-chui, etc… O paisagismo e urbanismo de suas cidades faz com que tenha vergonha, por vezes, do descuido com as nossa..

    Curtir

  3. HJ tivemos cercadinho de plástico no chafariz do Glênio Peres. Ver Face Alberto Prass .

    Complete a lacuna :
    Porto Alegre é ______________________________ .

    Curtir

  4. Concordo! Uma torre-mirante ou até mesmo um restaurante panorâmico giratório, seria um projeto mais útil e interessante p/a nossa cidade! Não precisa ser um projeto homérico, mas um como tem em Santiago de Chile, já atrairia turismo!

    Curtir

  5. …eles conseguem chamar os prédios do Ministério Público com 14 andares de torres gêmeas !!!!
    ..kkk…torres gêmeas de P.Alegre com 14 andares ????
    N.York não merece uma sacanagem dessas !!!!
    Já que é um crime ter arranha-céus em P.Alegre, então porque chamar aqueles dois de torres gêmeas ????
    Enquanto isso,
    A nossa cidade e o seu mirante do DEMAE para observar se alguma nação superior irá atacar, e o seu único prédio com mais de 30 andares…kkk.

    Curtir

  6. Os chineses são interessantes… Eles estão conseguindo preservar monumentos milenares e ao mesmo tempo produzindo o que tem de mais moderno.

    Curtir

    • E aparentemente não parece haver um conflito entre as duas coisas.

      Curtir

      • Opa, vi um documentário faz pouco tempo mostrando que grande parte do patrimônio histórico chinês esta sendo destruído em função da modernização das cidades

        Curtir

      • Destruíram quase todos milenares na revolução cultural mesmo heheh

        Curtir

  7. Ok, em Poa temos o museu ibere camargo que foi uma das principais obras contemporâneas do Brasil. O interessante é que o Ibere custou 30 milhões de reais, convertendo pra dolar, equivale a mais ou menos o mesmo preço do anel da vida. Valeria a pena trocar um pelo outro? por enquanto me parece que não

    Curtir

    • Em Poa temos o museu e tá todo mundo cagando pra ele! Ninguém lembra, ninguém visita, ninguém valoriza. Não tem iluminação, o acesso é bem limitado (especialmente de transporte público), não foi incluído no roteiro turístico da cidade…
      Eu, assim como tu, acho que vale mais a pena construir um belo museu do que uma enorme escultura/ponto-turístico, mas não adianta fazer como se faz em Porto Alegre: ter isso construído e fingir que não existe.

      Curtir

      • O museu não é valorizado por que portoalegrense é grosso e acha o gasometro mais relevante. Só isso. Até por que tem estacionamento na cara do museu. Quando eu pergunto para as pessoas se já foram lá nem se interessam. Em uma cidade decente já seria ponto turístico.

        Curtir

      • Tinha escrito um comentário mas acho que não foi, enfim, repito: Essa imagem de que a cidade não “comprou” o museu não cola. Isso é procurar motivo pra criticar a cidade onde não tem. Ele está em todos os catálogos da secretaria de turismo e das agências de viagens, tomou o lugar do ângulo clássico do Gasômetro como representante da cidade, está para POA assim como o museu ON está para Curitiba e o masp para SP, é a vedete dos fotógrafos da cidade (só procurar Porto Alegre no Flickr, 80% são fotos do museu) e está sempre lotado independente do dia da semana (com vários turistas também.) O que falta é só uma iluminação noturna e uma ajeitada na orla e na avenida em volta.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: