Depois de quatro anos, megausina a gás de Uruguaiana será reaberta no dia 19

Governo teme apagão na Metade Sul

Usina Termoelétrica de Uruguaiana está parada desde 2009. Foto: Cristiano Guerra

Usina Termoelétrica de Uruguaiana está parada desde 2009. Foto: Cristiano Guerra

Estão em ritmo acelerado as obras e serviços contratados pelos americanos para a usina térmica de Uruguaiana, a AES Uruguaiana, que será reativada o dia 19 de janeiro, depois de quatro anos de paralisação por falta de gás argentino.

150 homens trabalham no local, inclusive técnicos estrangeiros.

Trata-se da maior usina térmica a gás do Brasil, com capacidade para produzir 600 MW, mais do que Passo Real, a maior usina hidrelétrica do RS.

A primeira das duas turbinas entrará em testes no dia 5 e em definitivo no dia 19.

O governo federal sabe que o abastecimento de energia elétrica na Metade Sul do RS entrará em colapso neste verão, desta vez por falta de geração, caso a AES Sul não comece a produzir imediatamente. É que o sistema interligado, embora abasteça as necessidades gaúchas, leva energia de baixa tensão para a Metade Sul, onde não existe produção.

A decisão é do governo federal, que finalmente concordou com as tratativas que vinham sendo feitas há vários anos pelos americanos e também por representantes do governo gaúcho e parlamentares, estes sempre sob a condução do deputado Frederico Antunes.

O gás será argentino novamente, usando os condutos já existentes. Do lado brasileiro, o gasoduto é da Sulgás.

A ideia é produzir durante o verão para o Brasil e no inverno para a Argentina.

Informações: Jornalista Políbio Braga

_________________________

Já publicamos anteriormente sobre este assunto:  https://portoimagem.wordpress.com/2012/10/09/usina-termoeletrica-de-uruguaiana-vai-voltar-a-funcionar/



Categorias:Energia

Tags:, ,

2 respostas

  1. Até onde sei – não acompanhei as notícias nos últimos dias – a Usina de Uruguaiana colocará em operação 50% da capacidade instalada, ou seja, 300 MW, porque o que conseguiram de gás argentino não supre totalmente. Mas é um grande reforço energético.

    Curtir

  2. É importante lembrar que Machadinho e Itá são no RS (fronteira com SC) e são muito maiores que Paso Real. É impressionante a falta de informação que estes jornalistas tem. Tenho lido que o RS só produz 70% da energia que consome, mas não incluem todas as usinas do Rio Uruguai. Por favor, elas estão lá e são enormes!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: