Jogo da Pobreza expõe problemas da cidade a jornalistas do mundo inteiro

O Jornal Zero Hora publicou hoje uma reportagem muito interessante.

Vale a pena ler: http://bit.ly/WvfMnd

A matéria trata do fato de que alguns jornalistas disseram sobre a cidade, na coletiva ocorrida no Sheraton Hotel ontem a tarde com os jogadores.

Veja um exemplo:

Para a chinesa Yang Jingjing, da CCTV, era primeira tarefa na Capital, depois de chegar pela manhã. Não se impressionou com o aeroporto Salgado Filho, primeiro contato da jornalista com Porto Alegre: achou o terminal demorado e pouco eficiente. Além disso, Yang sentiu falta de mais informações sobre a cidade e seus atrativos.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Infraestrutura

Tags:, ,

25 respostas

  1. Porque não se constroi logo uma LINHA DO AEROMOVEL DA ESTAÇAO ANCHIETA a Arena? Não existe estádio no mundo desenvolvido que não seja ligada a metrô ou trem.

    Curtir

    • É uma boa ideia, mas do jeito que tá a estação é pequena e a falta de trens gerou filas enormes, o aeromóvel só ia fazer mais gente querer pegar o trem e superlotar mais!

      Antes de criar mais demanda pro trem precisam acomodar a que já teve nos jogos.

      Curtir

      • Acho que os novos trens já foram encomendados, ou pelo menos licitados. Se iniciar a reforma da estação e já iniciar o projeto da linha do aeromóvel logo, quando os trens chegarem já vai te bastante coisa adiantada.

        Curtir

  2. ” Por que esta será uma cidade da Copa? Não me parece muito turística ”
    Esta é para a secretaria de “turismo” de POA.

    Curtir

  3. Tão fazendo um monte de obras pra gringo ver e que vai transformar a vida de quem mora aqui um inferno e ainda vão passar vergonha. Que Mer%$!

    Curtir

  4. Por isso a Arena não foi pra Copa, a prefeitura ficaria forçada a fazer as obras de mobilidade que precisa na região, sem Arena na Copa pode ir enrolando e fazendo uma coisa de cada vez.

    Só que isso vai custar público pro Grêmio, inibindo as pessoas de ir pros jogos.

    Curtir

    • Isso, claro, como o Beira-Rio já tem todo um sistema de acesso, que se não é bom pelo menos todo mundo já se adaptou e foi achando seu jeito de se virar, fica mais fácil pra prefeitura não fazer nada.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: