A destruição dos monumentos públicos em Porto Alegre

Vi este trabalho realizado por José Francisco Alves em 2011 e achei muito interessante.

É uma série de slides sobre monumentos destruídos, parcialmente destruídos ou pichados.

Já falamos muito sobre este tema aqui no Blog, mas nunca é demais abordarmos este grave problema e, em especial mostrarmos os resultados visuais, tristes feridas da nossa capital.

Posto alguns dos slides feitos pelo autor.

Vale a pena conferir todos os 47 slides, clicando aqui.

Slide02

Slide20

Slide17

Slide14

Slide13

Slide11

Slide08

Slide22

Slide05

Slide06

 

 

____________________________

O Blog Porto Imagem já publicou diversos posts sobre os monumentos de Porto Alegre e sobre o vandalismo. 

Aqui alguns deles:

 

Porto Alegre terá comissão para monumentos

Monumentos históricos de Porto Alegre passarão por reforma avaliada em R$ 298,5 mil

Depredações a monumentos revelam descaso com a Praça da Matriz, cartão-postal de Porto Alegre

Monumentos são depredados em Porto Alegre

Por que os espaços e objetos públicos são depredados?

Imagens de um monumento em Porto Alegre

Imagens de um monumento em Porto Alegre – Parte 2

Ferrugem do descaso

 



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Descaso, Restaurações | Reformas

Tags:, , ,

19 respostas

  1. “Quando se fala de educação nestes casos não se trata de formação acadêmica. É formação de cidadão!” (AlexP)

    É impressionante como certas assertivas saem tão fácil da boca das pessoas. vai ver eles acham que estão citando grandes filósofos, pensadores, doutos da semiótica, etc. Só não conseguem explicar COMO e ONDE se achará formação de cidadão aqui no Brasil? Como, Alex? Quem vai educar? Com que estofo? Com que qualidade? Quem fará isso?
    Essa conversa surrada de educação é um pé no saco. Me digam, gênios: Quem vai eduacr? Que instituição de ensino vai dar formação de cidadão de primeiro mundo aqui no Brasil? Qual o professor extraterrestre vai desembarcar aqui no Brasil? E quantos alunos vão poder frequentar as aulas desse professor fictício? Afinal de contas…em que país vocês acham que estão? Digam….que educação fantasmagórica é essa que vocês tanto pregam?

    Vandalismo é coisa da esfera SEGURANÇA PÚBLICA. Tem que sentar o pau, meter uma multa violenta e fazer trabalhar de graça por uns tempos. Se reincidir, dobra a porrada, dobra a multa e dobra o trabalho comunitário gratuito….e assim por diante. Está aí o caminho das pedras. Não precisa inventar mi mi mi sociológico.

    Curtir

  2. É o que eu sempre digo, o que falta é MANUTENÇÃO. Não esquecendo também que outra coisa que falta é PUNIÇÃO. Quando estas duas ações correrem paralelas tudo mudará.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: