Implantação da ciclovia da Sete de Setembro começa nesta segunda

Capital deve ganhar neste primeiro semestre quatro novas ciclovias. Foto: Divulgação.

Capital deve ganhar neste primeiro semestre quatro novas ciclovias. Foto: Divulgação.

A partir de segunda-feira, 7, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) começa a implantação da Ciclovia da Sete de Setembro, no Centro Histórico. Serão 185 metros, entre a av. Borges de Medeiros e a rua General Câmara, e 400 metros, entre as ruas Caldas Júnior e Padre Thomé.

Além deste novo espaço de deslocamento para os ciclistas, a meta para o primeiro semestre deste ano será a construção de outras três novas ciclovias: na rua D. Adda Mascarenhas de Moraes, zona Norte, com 1,2 quilômetro, entre Karl Iwers e a Vitório Francisco Giordani; na av. Chuí, zona Sul, com um total de 650 metros, entre as avenidas Icaraí e Diário de Notícias; e na rua José do Patrocínio e na av. Loureiro da Silva, com 2 quilômetros.

Ao todo, Porto Alegre já conta com 11 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas. O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, afirma que outros projetos estão em andamento. “Estamos avançando cada vez mais na construção de espaços para o deslocamento de ciclistas. Novos projetos estão em andamento para o primeiro semestre de 2013. Em um futuro próximo, faremos a ligação das redes cicloviárias.”

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:ciclovias

Tags:,

24 respostas

  1. Nas reportagens que saíram por aí, não explicam como será essa ciclovia. Para mais informações, no site da Associação dos Ciclistas de POA, que tem participado das reuniões abertas com a EPTC:

    http://www.acpa.org.br/?p=448

    Curtir

  2. To gostando de ver! Enfim um projeto que avança!

    Curtir

  3. Ciclovia inútil: na rua D. Adda Mascarenhas de Moraes, zona Norte, com 1,2 quilômetro, entre Karl Iwers e a Vitório Francisco Giordani

    E quando chegar na Baltazar, faz o quê? PelamordeDeus!

    Curtir

  4. Todo post nesse blog com bicicletas vira uma batalhina entre quem concorda com bicicletas na cidade ou não. Aceitem, bicicleta vai virar meio de transporte.

    Porto Alegre vai virar a capital ciclística do Brasil, mais ou menos que nem Portland nos EUA, e tudo começou com o atropelamento da massa crítica.

    Curtir

  5. aleluia irmão.

    Desde quando comecei a trabalhar no centro eu conversava comigo mesmo via pensamentos que a Sete de setembro tinha espaço para uma ciclovia.

    Tomara que o edf garagem que estão fazendo no lado do banco tenha espaço para bikes, por que aluguel delas ja tem do lado.

    Curtir

    • Toda empresa que se preze tem bicicletários para os funcionários, especialmente no centro. Vi que tem ali no Terra (na João Manoel) e outras.

      Só falta mais ciclovias!

      Agora, ter 11km de ciclovias na cidade, falar que “estamos avançando” e nem ficar vermelho de vergonha é brabo viu….

      Curtir

  6. Foto da pior ciclovia de poa, falando em piso, eh como se andasse de carro sem amortecedor e sem banco estofado numa rua de paralelepípedo… Eh comum ciclistas preferirem os asfalto junto aos carros do que essa ciclovia…

    Curtir

  7. Quando se conta ciclovias em metros dá pra ver que tem algo errado.

    Sobre os semáforos que o Guilherme Louzada disse, hoje passei na ciclovia da ipiranga, na frente da zero hora, sentido centro-bairro, e percebi que a situação tá ridícula. Tem que esperar uns 4 minutos pra atravessar a Érico, respeitando os sinais.

    Alguém pode achar que 4 minutos não é tanto (alguns semáforos pra pedestre demoram mais, até), mas se não fosse a ciclovia dava pra atravessar em menos de 10 segundos.

    Curtir

    • 4 minutos para uma bicicleta passar é um absurdo!Um dos princípios que os holandeses,os mais entendidos em construção de ciclovias junto com os dinamarqueses,dizem é que a fluidez do transporte de bicicletas é um item determinante para o sucesso deste meio de transporte numa cidade.Quem opta por bicicleta tem que receber privilégios e mimos SIM,devido ao grande impacto positivo que traz para toda a sociedade.Mas,como vivemos em POA…

      Curtir

  8. Vão fazer aleijadas, com “semáforo para ciclistas” pois Porto Alegre é a única cidade do mundo onde os ciclistas e pedestres tem que cuidar os carros e não vice-versa.

    Curtir

    • Nada a ver, ciclovias de NYC também tem semáfaro para ciclistas. Não vejo problema nenhum nisso, ninguém está acima da lei.

      Curtir

      • As ciclovias de NY são consideradas boas?

        Curtir

        • Não sei se são boas se comparadas com as europeias. Mas o meu ponto é que o fato de terem semáforo invalida o argumento de POA ser “a única cidade do mundo”.

          Curtir

        • Adoro NYC, morei lá por 1,5 anos. Apesar das bike lanes lá serem 1000 vezes melhores que a de Poa, lá é bem ruinzinho: http://www.youtube.com/watch?v=bzE-IMaegzQ

          Curtir

        • Eduardo, em NYC os carros respeitam os ciclistas e pedestres. Isso não quer dizer que as bikelanes de NYC estão entre as melhores. O motorista gaúcho é o pior motorista que eu conheço (desculpa, nunca fui pra Phuket ou Mumbai para comparar o gaúcho com motoristas do seu naipe como os das cidades citadas)

          Curtir

      • A questão aqui são as sinaleiras de conversão, não as de travessia. Sinaleira de travessia é óbvio que tem que ter (e é o que tem mundo afora). Sinaleira de conversão é uma maluquice que inventaram aqui, em flagrante desrespeito ao que legisla o CTB.

        Curtir

    • Porque, ciclistas nao tem que esperar sua vez de cruzar a rua? Vossa Senhoria queria por um acaso que parassem o transito e estendessem um carpete vermelho cada vez que um ciclista vai atravessar a rua? Ha’ semaforos especificos para ciclistas em diversas grandes capitais do mundo, o que, alias, e’ um bom comeco para POA. Mas nao, os cicloxiitas de POA sao muito entendidos, todos positivaram esta asneira… Estamos bem arrumados…

      Curtir

      • Apenas nos queixamos de ter que esperar os donos da rua passarem pra ir. Ficar muito tempo parado é complicado para o ciclista pois perde o aquecimento

        Mas a prefeitura parece ver a bicicleta como veículo de passeio penas, infelizmente.

        Curtir

      • RicardoUK, o problema é que, normalmente, trata-se de uma sinaleira de botão. Imagina se tu visse no teu carro e, quando quisesse atravessar a rua, tivesse que abrir a janela e apertar um botão. Pareceria uma mensagem clara que tu tens que colaborar, já que estás atrapalhando a vida dos outros, não?

        Curtir

      • Não entendo esta discussão, em Amsterdam tb tem semáforos para cilcistas.

        Curtir

      • A questão aqui são as sinaleiras de conversão, não as de travessia. Sinaleira de travessia é óbvio que tem que ter (e é o que tem mundo afora). Sinaleira de conversão é uma maluquice que inventaram aqui, em flagrante desrespeito ao que legisla o CTB.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: