Terminal Triângulo ganha nova cobertura e mais linhas de ônibus

Nova proteção garante conforto aos passageiros, que antes ficavam expostos  Fotos: Ricardo Giusti/PMPA

Nova proteção garante conforto aos passageiros, que antes ficavam expostos Fotos: Ricardo Giusti/PMPA

Novos ônibus, novas linhas, novo posto do TRI e nova cobertura no Terminal Triângulo (Avenida Assis Brasil). Essas quatro novidades foram apresentadas nesta segunda-feira, 7, pelo prefeito José Fortunati e o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, que anunciaram as melhorias junto com o presidente da Associação de Transportadores de Passgeiros (ATP), Ênio Roberto dos Reis. “O Terminal Triangulo estava precisando de atenção, estava depredado, abandonado e não oferecia o atendimento e conforto que a população necessita. Com as melhorias será possível atender de uma forma digna e qualificada os usuários do transporte coletivo. E esse local será um ponto de integração importante das linhas da Região Metropolitana, da zona Norte e do metrô, que terá o início das suas obras em um ano”, disse Fortunati.

Depois da cerimônia, o prefeito foi conferir como ficou a nova cobertura. A estrutura foi fechada com telhas de metal e policarbonato transparente. A obra deve garantir a proteção e o conforto dos passageiros, que antes ficavam expostos em dias de chuva, vento ou sol forte. O investimento foi de R$ 169 mil. Fortunati também visitou o Posto TRI do Terminal Triângulo. O atendimento aos usuários do cartão TRI foi ampliado e qualificado. O local oferece todas as opções de serviços do Posto Central, sendo que agora é possível fazer o cadastro, a recarga do cartão e a compra de créditos em dinheiro, sem necessidade de depósito bancário e apresentação do DOC para efetuar a recarga. O expediente passa a ser das 8h30 às 17h30.

Linhas – O transporte coletivo da zona Norte agora conta com duas novas linhas: TR60 – Troncal Triângulo e TR62 – Troncal Baltazar. A TR60 sai do Terminal Triangulo e segue a rota Assis Brasil, Cairu, Farrapos, Voluntários até o Centro Popular de Compras (CPC) e a TR62 parte da divisa de Alvorada, passando pela Baltazar e depois segue o mesmo itinerário da TR60. “Vão ser linhas mais rápidas, pois os ônibus vão transitar apenas pelos corredores, sem prejudicar o trânsito de veículos. A frequência será de 10 em 10 minutos tanto no sentido bairro/centro como no sentido centro/bairro. Sendo que o intervalo entre as duas será de 5 minutos. Além da redução do tempo de espera, permite que o usuário tenha acesso a uma maior diversidade de destinos. Isso representa um ganho para os passageiros e para toda a população”, afirmou Vanderlei Cappellari.

Outra novidade é o ajuste dos tempos de viagem na frota de 14 linhas: 610, 611, 613, 614, 624, 632, 633, 650, 653, 654, 659, 665, 665.1, 731 e 831.

O Consórcio Conorte também entregou 14 ônibus novos para atender a região. Três em substituição a veículos antigos e 11 para ampliar a frota. A frota de Porto Alegre (da Carris e dos três consórcios que atendem a Capital) conta com 1.688 ônibus que transportam em média 1,2 milhão de passageiros nos dias úteis. As medidas fazem parte de uma ação conjunta entre a Prefeitura, por intermédio da EPTC, e a ATP.

imagem97189

imagem97187

imagem97185

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

28 respostas

  1. e na parte da Assis Brasil (Sarandi) continua com as mesmas linhas a 20 anos, com o surgimento de varias vilas(invasões) na São Borja, Porto seco e até as vilas que vieram da região do aeoporto, a linha 624 São Borja passa por umas 10 vilas antes de chegar na propria São Borja onde as paradas estão sempre lotadas com os ônibus passando direto, quem não acredita passe por volta das 07:00 na parada em frente ao MCM ficam lá mais 30 pessoas, sem contar dentro da propria vila, ainda bem que trabalho perto de casa.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: