Invepar quer privatizar metrô de Porto Alegre. E tomar conta do Trensurb

trensurb-gilberto-simonSe todo mundo topar (governos federal e estadual, prefeitura) o grupo Invepar está disposto a bancar e administrar o metrô de Porto Alegre.

 Só que ele quer de lambuja o Trensurb.

O grupo Invepar tem as concessões do metrô do Rio, do aeroporto de Guarulhos e da Linha Amarela, Rio.

Trensurb e metrô devem ser uma coisa só.

Não existe um só motivo que justifique o metrô de Porto Alegre fora do controle do Trensurb.

Políbio Braga



Categorias:Metro Linha 2, Trensurb

Tags:, , ,

47 respostas

  1. Bem, para quem quer se enganar, aí esta toda a trama do ex-presidente da TRENSURB e seus “pelegos”. Será que a população vai achar melhor privatizar….???

    Curtir

  2. MUITO INTERESSANTE!!!

    O ex-presidente da Trensurb, em sua gestão, foi o grande responsável pela obra de expansão do trem até Novo Hamburgo!

    A Odebrecht (CNO) é uma das empresas que está construindo a expansão do trem até Novo Hamburgo ! (custo de aprox. R$ 938 milhões)
    http://www.trensurb.gov.br/paginas/galeria_projetos_detalhes.php?codigo_sitemap=84

    A Odebrecht tem negócios com a Invepar!
    http://ri.invepar.com.br/invepar/web/conteudo_pt.asp?idioma=0&conta=28&tipo=44504

    O ex-presidente do Trensurb está trabalhando para o grupo Invepar (licenciado da Trensurb)!!!
    http://poncheverde.blogspot.com.br/2013/01/petista-ex-presidente-do-trensurb.html

    Obs.: o ex-presidente da Trensurb é petista e amigo íntimo do Deputado Marco Maia, atual Presidente da Câmara dos Deputados Federal e também ex-presidente da Trensurb!

    num intindi?

    Curtir

  3. Tai algo que não interessa a muitos Agentes Públicos atrelado ao segmento de vários empresários trabalhando em conjunto para que o metrô seja construído custe o que custar, afinal de contas 2.5 bilhões é um valor invejável para um lucro corrente.

    A implantação do sistema do Aeromóvel seria de um custo muito menor e com pequeno impacto para a cidade como um todo, um exemplo seria a utilização dos próprios corredores de ônibus já existentes.

    Essa discussão infelizmente não faz parte para a discussão com a população, os assuntos são tratados a nível político, o que impede a participação da sociedade como um todo de forma participativa e transparente, fato que não ocorre neste momento e em vários momentos da história do maldito metrô.

    Afinal essa Empresa bancaria o novo metrô e pegaria de lambuja o metrô, obra já existente, isso sem falar que a Empresa irá ao BNDES solicitar o devido financiamento.

    Enfim, um grande negócio que envolve políticos e empresários.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: