Invepar quer privatizar metrô de Porto Alegre. E tomar conta do Trensurb

trensurb-gilberto-simonSe todo mundo topar (governos federal e estadual, prefeitura) o grupo Invepar está disposto a bancar e administrar o metrô de Porto Alegre.

 Só que ele quer de lambuja o Trensurb.

O grupo Invepar tem as concessões do metrô do Rio, do aeroporto de Guarulhos e da Linha Amarela, Rio.

Trensurb e metrô devem ser uma coisa só.

Não existe um só motivo que justifique o metrô de Porto Alegre fora do controle do Trensurb.

Políbio Braga



Categorias:Metro Linha 2, Trensurb

Tags:, , ,

47 respostas

  1. Bem, para quem quer se enganar, aí esta toda a trama do ex-presidente da TRENSURB e seus “pelegos”. Será que a população vai achar melhor privatizar….???

    Curtir

  2. MUITO INTERESSANTE!!!

    O ex-presidente da Trensurb, em sua gestão, foi o grande responsável pela obra de expansão do trem até Novo Hamburgo!

    A Odebrecht (CNO) é uma das empresas que está construindo a expansão do trem até Novo Hamburgo ! (custo de aprox. R$ 938 milhões)
    http://www.trensurb.gov.br/paginas/galeria_projetos_detalhes.php?codigo_sitemap=84

    A Odebrecht tem negócios com a Invepar!
    http://ri.invepar.com.br/invepar/web/conteudo_pt.asp?idioma=0&conta=28&tipo=44504

    O ex-presidente do Trensurb está trabalhando para o grupo Invepar (licenciado da Trensurb)!!!
    http://poncheverde.blogspot.com.br/2013/01/petista-ex-presidente-do-trensurb.html

    Obs.: o ex-presidente da Trensurb é petista e amigo íntimo do Deputado Marco Maia, atual Presidente da Câmara dos Deputados Federal e também ex-presidente da Trensurb!

    num intindi?

    Curtir

  3. Tai algo que não interessa a muitos Agentes Públicos atrelado ao segmento de vários empresários trabalhando em conjunto para que o metrô seja construído custe o que custar, afinal de contas 2.5 bilhões é um valor invejável para um lucro corrente.

    A implantação do sistema do Aeromóvel seria de um custo muito menor e com pequeno impacto para a cidade como um todo, um exemplo seria a utilização dos próprios corredores de ônibus já existentes.

    Essa discussão infelizmente não faz parte para a discussão com a população, os assuntos são tratados a nível político, o que impede a participação da sociedade como um todo de forma participativa e transparente, fato que não ocorre neste momento e em vários momentos da história do maldito metrô.

    Afinal essa Empresa bancaria o novo metrô e pegaria de lambuja o metrô, obra já existente, isso sem falar que a Empresa irá ao BNDES solicitar o devido financiamento.

    Enfim, um grande negócio que envolve políticos e empresários.

    Curtir

  4. Bom, se essa empresa bancar o metro a cidade terá os 2,5 Bilhões já destinados ao metro sobrando? Ou vai ter que devolver pro governo federal? Acho que com esse dinheiro dava pra resolver boa parte dos problemas da cidade, investindo em outras linhas de aeromovel…

    Curtir

  5. Alguem sabe o valor da passagem do metrô em outras cidades brasileiras?
    De preferencia privatizados?

    Acho que pagando o preço igual a de uma passagem de onibus ja seria justo, até por que é mais rapido que qualquer onibus… mas obvio que quanto mais barato, melhor.

    Curtir

  6. Mas entrega ontem o controle!! Uma empresa privada de grande capital pode peitar o oligopolio dos ônibus, o maior problema do transporte público de Porto Alegre!

    Curtir

  7. O trensurb linha 1 é deficitário, a passagem 1,70 é absurdamente subsidiada, seria comercialmente uns 6,00 R$, acho que não há menor hipótese do Governo Federal entregar a linha pra ser explorada.

    Curtir

  8. Eu acreditava que o ideal, era de que a Trensurb também fosse a administradora da linha 2 do metrô. Aliás, reclamações que tenho dessa linha nova. Ja que ela é subterrânea, bem que ela poderia ao invés de ter uma estação na borges, ela passar pela estação mercado. Assim, a pessoa desceria do trem que vem de NH, desceria para uma plataforma inferior e embarcaria no metrô.

    Outra, a fase 2 da linha termina na bento com a antônio de carvalho. O ideal, é que ela terminasse mais próxima de viamão, em frente a entrada da ufrgs. Facilitaria e muito a vida dos universitários de lá, pois desceria la na frente e pegaria a linha circular do vale. Ja que ele vai passar pela pucrs, porque não ir até a ufrgs?

    Ja quanto a privatização, quais seriam as vantagens? A passagem provavelmente iria subir na linha 1. Mas se viesse acompanhada de integração com mais linhas de metrô, seria vantagem. Como eu citei hoje mais cedo em outra publicação, uma linha que seria interessante poderia passar por cachoeirinha, alvorada, gravataí, viamão e terminar na bento.

    Uma duvida, se a Trensurb pode estender a linha 1, implantar linhas de aeromóvel (como a do aeroporto e as outras 5 linhas de aeromovel em estudo), porque ela não pode ser a responsável pela linha 2 do metrô? Seria alguma impossibilidade ou somente falta de interesse da própria trensurb.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: