Operários deflagram greve e paralisam obras no Beira-Rio

Trabalhadores recusaram proposta da construtora Andrade Gutierrez

Operários deflagram greve e paralisam obras no Beira-Rio Crédito: Vinícius Roratto

Operários deflagram greve e paralisam obras no Beira-Rio
Crédito: Vinícius Roratto

Os operários que trabalham na reforma do estádio Beira-Rio para a Copa do Mundo de 2014 recusaram a proposta da construtora Andrade Gutierrez (AG) e deflagraram greve por tempo indeterminado na manhã desta terça-feira em Porto Alegre.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada do Rio Grande do Sul (Siticepot), os 850 operários estão em frente ao Beira-Rio para a realização de um ato e não trabalharão a partir de hoje.

De acordo com o diretor do Siticepot, Leandro Salvador, os funcionários pedem reajuste de 15% sobre os vencimentos, cuja média é de pouco mais de R$ 1 mil. “Os trabalhadores querem esse aumento, mas a empresa ofereceu 8%. Neste momento, eles estão em reunião com representantes da empresa para chegar a um acordo”, explicou em entrevista ao site do Correio do Povo.

Salvador disse que não sabe se a greve pode terminar ainda hoje. “Tudo dependerá de uma evolução nas conversas. Outras questões, como os dias para visitar a família, foram superadas. Se o acordo ocorrer, talvez seja possível voltar a partir desta quarta-feira”, argumentou.

A obra no estádio escolhido para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014 foi retomada na sexta-feira, após dois dias de paralisação. Nessa segunda, porém, só metade dos operários trabalhou, conforme o sindicato.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Obras da Copa 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:,

6 respostas

  1. O barato sai caro, contratam essas empresas por licitaçao, sai uma reforma bagaceira, mal feita, lenta, cheia de problemas, funcionarios mal pagos, mal preparados. Entendo o motivo dos atrasos e tudo mais. Alias eles ja estao totalmente queimados, duvido alguem contratar essa empresa novamente.

    Curtir

  2. Bom, depois que me falaram que o vale fome deles é de 6 reais, achei justa a greve.

    Eu não consigo comer direito com 10 no centro (antes era 8, subiu pra 10 nesse mês), imagina eles…

    Curtir

  3. OFF: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2013/01/pichador-detido-em-porto-alegre-havia-prometido-parar-com-vandalismo-apos-cair-de-predio-em-2011-4011449.html

    Assinar termo e ser liberado?
    Por isso que cometem de novo, e de novo, e de novo… Os próprios devem achar a justiça uma piada.

    Curtir

  4. Ô lelê… ô lalá… Se o hoje a peãozada faz greve, imagina na copa. Todas as classes vão querer tirar uma casquinha. É o velho e endêmico problema do oportunismo brasileiro. Sempre fazendo de tudo pra levar vantagem em algo. Ô lelê… ô lalá…

    Curtir

  5. Eles tem toda razão do mundo para a greve. Greve Justa! Pra trabalhar pro Internacional e ainda obragado vestir aquela roupa vermelha, tem que ter estômago! Merecem ganhar 4X mais. E qualquer juiz daria ganho de causa!

    Curtir

  6. Eles tem que aproveitar agora, depois vão trabalhar onde??? Na construção é sazonal.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: