Estudo de novo aeroporto na Grande Porto Alegre

Aeroporto Internacional Salgado Filho - vista aérea. Foto: José Artur Eidt

Aeroporto Internacional Salgado Filho – vista aérea. Foto: José Arthur Eidt

O presidente da Fiergs, Heitor Müller, entregará às 16h desta quarta (16) ao Governo do Estado através do secretário Mauro Knijnik estudo de viabilidade econômica para a construção de um novo aeroporto na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Encomendado por meio de um convênio entre a Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), a Fiergs e a Fecomércio, o estudo foi desenvolvido pelo escritório especializado em aeroportos da consultoria PwC, com sede em Londres. Dentre outros pontos, o levantamento recomendará uma modelagem de negócio na qual o futuro aeroporto regional atue de forma articulada com o Aeroporto Internacional Salgado Filho. A conexão entre os negócios objetiva eliminar a concorrência entre as duas operações, tornando o negócio mais atraente a investidores.

O estudo não aponta local específico para o empreendimento, mas antecipa que há variadas possibilidades na Região Metropolitana. Por isso, entre as recomendações consta a realização de análise técnica para definição da melhor área. Para o presidente da AGDI, Marcus Coester, esse deve estar entre os próximos passos desse projeto.

Affonso Ritter



Categorias:Aeroporto Internacional Salgado Filho, aeroportos brasileiros

Tags:, ,

14 respostas

  1. Este novo aeroporto estaria dentro daqueles 800 que a Dilma disse que irá construir nos próximos anos, junto com mais de 15.000 km de ferrovias?

    Curtir

  2. Aeroporto de Portão…foi isso que eu entendi na foto kkk , lugar interessante

    Curtir

  3. Se junto desse aeroporto construíssem uma bela estação de trem ligando as principais cidades do RS eu acharia a obra perfeita. Mas como não vai ter, esse novo aeroporto será um atraso.

    Curtir

    • Se existisse só a estação ferroviária com a estrutura férrea no interior do RS, SC, PR e resto do Brasil, eu acharia o aeroporto perfeito também. Pensando bem nem precisaria do aeroporto do lado disso tudo, dava pra economizar e reformar o Salgado Filho ao invés de construir o aeroporto só para ter a estação do lado…

      Curtir

  4. Bom dia, é utopia minha ou poderia ser assim: Um novo Aeroporto pq é mais fácil construir um novo, mais moderno e ligado pelo Aeromóvel ao centro de Poa. Seria muito mais rápido do que reformar, estamos correndo contra o tempo que está cada dia mais curto e levantar um imóvel, atualmente está mais fácil do que reformar e o Aeromóvel, lí ontem, está funcionando bem. In off Abraço Gladis

    Curtir

    • Desculpe-me, mas você está errada. Pode ser mais fácil construir um prédio residencial novo ou até um estádio de futebol novo em comparação a reformar, mas quando estamos falando de aeroportos, a coisa muda completamente.

      Construir um sítio aeroportuário novo é extremamente complicado. Você precisa drenar o terreno, terraplanar hectares e hectares, esperar a fundação assentar, remover outros eventuais obstáculos naturais (i.e. terraplanar morros potencialmente fora do terreno); você ainda tem que planejar e construir os auxílios rádio-navegacionais necessários que, por requererem localizações bem específicas, podem envolver desapropriações caras.

      Por outro lado, a opção de reforma, isto é, a ampliação do terminal de passageiros do Salgado Filho (que hoje atende +- 8 milhões) até que ele alcance o limite da pista (que pode atender 15 milhões) é BARATO. É precisamente como construir um prédio.

      Curtir

      • fmobus, me diz uma coisa: existe algum estudo aprofundado da capacidade máxima que o Salgado filho suportaria? Existe um limite? Creio que levando em consideração o espaço aéreo da região (que não parece ser congestionado para eu que sou leigo), e as vias que levam ao aeroporto…. Mas existe um limite para ampliações?

        Curtir

        • Assumi os padrões internacionais que apontam a capacidade de uma pista como 15 milhões de passageiros por ano. Com certeza o número do Salgado Filho é um pouco diferente, mas enfim.

          Curtir

      • Lógico, levando em consideração a ampliação da pista tambem.

        Curtir

  5. me respondem apenas uma coisa, olhando por essa foto ai que colocaram do Salgado Filho, não da pra modernizar passando pelo antigo terminal de cargas e chegando até o TPS 2 ? ali da pra fazer um terminal grande e ainda sobra espaço do outro lado onde foi feito o modulo operacional para aumentar mais ainda no futuro, mas eles não pensam nisso

    Curtir

    • Existe o projeto de ampliar o TP1 para o lado esquerdo (a partir desta foto) em 30% e que deveria ter começado há algum tempo, preparando-o para a COPA. A Obra do TECA (term. cargas) já iniciou terraplenagem, no final da pista, a esquerda de quem chega pelo Guaíba.

      De repente estas mudanças de planos que só consumirão recursos e nos manterão no atraso em relação ao transporte aeroviário. Concordo que um novo aeroporto, em outro local, devria ter sido feito antes de terem feito o TPS1, mas agora acho que devem investir neste mesmo.

      Futuramente presisaremos de outro, com certeza,

      Apesar de que entre roubarem o povo ou construirem o desnecessário, prefiro a segunda opção, pelo menos é uma obra que talvez um dia venha a justificar o investimento….

      Curtir

  6. “A conexão entre os negócios objetiva eliminar a concorrência entre as duas operações, tornando o negócio mais atraente a investidores.”

    É sempre assim… e o consumidor que se lixe! Vide montadoras, telefonia, transporte público rodoviário…

    Curtir

  7. Muito boa notícia. Eu sou completamente a favor de um novo aeroporto. Desde que a conexão com outros meios de transporte como metrô/trem/aeromovel/ônibus seja bem executada, claro.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: