Obras do Estaleiro Brasil em São José do Norte começam em fevereiro

Estudo de impacto foi entregue ao governo gaúcho

São José do Norte - a pacata cidade vai ganhar um mega estaleiro. Foto: Gilberto Simon - Porto Imagem (2009)

São José do Norte – a pacata cidade vai ganhar um mega estaleiro. Foto: Gilberto Simon – Porto Imagem (2009)

A população da tranqüila São José do Norte experimenta um clima de euforia com o anúncio da chegada do estaleiro da EBR. O empreendimento avaliado em R$ 1,2 bilhão é o assunto em pauta entre grande os 25 mil habitantes da cidade. Alguns temem por eventuais prejuízos que a iniciativa possa trazer para a pesca e o cultivo da cebola, principais atividades econômicas do município. Outros têm a expectativa de que o investimento tire o município da estagnação.

Um estudo de avaliação de impacto regional do empreendimento foi entregue, na quarta-feira (16), ao governo do Estado. O levantamento contempla, entre outras melhorias, a implantação de infraestrutura básica e qualificação dos acessos hidroviário e rodoviário. As obras de estrutura começarão em fevereiro. O estaleiro ocupará uma área construída de 1,5 milhão de metros quadrados e será três vezes maior que o de Rio Grande. Quando estiver em plena atividade o estaleiro gerará 4 mil empregos.

Revista Amanhã



Categorias:Economia Estadual, Polo Naval de Rio Grande

Tags:, ,

19 respostas

  1. Fiz uma regra de 3 entre o tempo e distância do Catamarã pra Guaíba (que é bem rápido) e a distância até Pelotas e deu umas 5h e meia. Fica inviável economicamente, uma pena. Nem pra Tapes é viável, já é mais demorado que a via terrestre. Mas pra Barra do Ribeiro tá caindo de maduro já….

    Curtir

    • Ah, depende. A vista é melhor, é mais tranquilo, um catamarã transporta mais gente e não paga pedágio (são 5 pedágios até Rio Grande), ou seja, a passagem pode ser mais barata. Com um modelo de catamarã mais rápido, indo a uns 65 ou 70km/h constantes, igualando a viagem de ônibus, já acho que vale a pena.

      Curtir

  2. Essa cidade é pobre, desorganizada e cheia de caminhões, pois a travessia de veículos via balsa é na sua orla. Não tem nada de tranquila. Mas enfim, que bom que vão atrair investimentos. Se bem administrada conseguem inclusive reformar uns palacetes que tem perto da praça que são lindos mas estão caindo aos pedaços.

    Curtir

  3. Quem está a procura de uma oportunidade de investimento e trabalho esta é a melhor opção do país. SJN terá mercado para tudo, desde a banca que vende cachorro quente até a loja que vende importados, e o Uruguay é ali do lado.

    Curtir

  4. Tem que haver cuidado, neste empreendimento, em preservar este lugar que tem um potencial turístico raro com seus prédios principalmente!

    Curtir

  5. Será que já é hora do governo do estado re-avaliar uma ligação hidroviária para passageiros entre Porto Alegre – SJ.do Norte – Pelotas – Rio Grande??? Seria viável? Eu particularmente conheço umas 10 pessoas, por exemplo, que faria utilização semanal desse serviço, pois hoje o fazem de carro. Imagina que bacana!

    Curtir

    • Eu seria um que faria, já que estarei me mudando para Rio Grande nos próximos meses.

      Mas o tempo de viagem não seria maior? Acho que a velocidade dos barcos é baixa.

      Curtir

      • Olha, não tenho embasamento técnico pra te dizer se sim ou não. Até pesquisei, mas não achei mais detalhes.

        Curtir

  6. Prefeitura de Porto Alegre `esquece´ de publicar roteiro do serviço de capina operado por empresa privada

    22/01/2013

    A Prefeitura de Porto Alegre por meio do Departamento Municipal de Limpeza Urbana – DMLU, governo do prefeito José Fortunati (PDT), contratou em novembro do ano passado sem licitação pública, dito por emergência, a Mecanicapina Limpeza Urbana Ltda para operar os serviços de capina mecanizada de ruas e avenidas da capital gaúcha.

    Em 18 de janeiro de 2013, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana – DMLU pagou a Mecanicapina o montante de R$ 280.475,91 referente ao serviço de capina mecanizada de vias e logradouros públicos no total de 398,97 km x R$ 703,00, executado no mês de novembro/2012, conforme CONTRATO EMERGENCIAL nº 05/2012 e NF nº 3299, processo de pagamento nº 005.2898/12.8.

    Três dias seguintes, em 21 de janeiro de 2013, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana – DMLU faz um novo pagamento a empresa Mecanicapina, dessa vez no valor de R$ 706.430,64 referente ao serviço de capina mecanizada de vias e logradouros públicos, correspondente ao total de 1.004,88 km x R$ 703,00, executado no mês de dezembro/2012, conforme CONTRATO EMERGENCIAL nº 05/2012 e NF nº 3300, processo de pagamento nº 005.0119/13.0.

    A partir dessas informações se conhece que o Departamento Municipal de Limpeza Urbana – DMLU pagou o montante de R$ 986.906,55 a empresa Mecanicapina, a partir da assinatura do CONTRATO EMERGENCIAL nº 05/2012.

    Segue em http://www.mafiadolixo.com/2013/01/refeitura-de-porto-alegre-esquece%C2%B4-de-dar-publicidade-no-servico-de-capina-operado-por-empresa-contratada-sem-licitacao-publica/

    Curtir

    • Quer fazer parte da equipe do Blog André ?

      Curtir

    • Este assunto não tem nada a ver com o post.

      Sinto muito, mas SE começarem a comentar sobre isso ao invés do assunto do post, vou deletar….

      Vocês sabem como funciona um Blog ?

      Para sugestões de posts mande e-mail para blog@portoimagem.com e NÃO postem em outro post.

      Curtir

      • Que tal criar um tópico diário para assuntos livres ? Daí, se o assunto for considerado relevante e pertinente pela equipe do blog, poderia ganhar um post específico .

        Curtir

        • Podemos até pensar nisso. Mas o Blog tem um foco, que muitas vezes deixamos de lado. Mas estou aberto pra novas ideias.
          Sem falar que tenho que cuidar em certos assuntos que tem a ver com a prefeitura, pois sou funcionário da mesma. Já me incomodei uma vez e não estou disposto a me incomodar mais.

          Curtir

        • Ok, Gilberto, obrigado pela atenção.Inspirado no Lauro Pavão Quadros poderias abrir um tópico diário tipo : Pitaco diário 24/1/12 .

          Curtir

      • Oi Gilberto!
        Poderíamos ter um canal paralelo ao blog, um fórum de discussão.
        Nesse fórum os leitores trariam diversos assuntos, sendo que os importantes/relevantes/destaques seriam publicados aqui no fórum.
        Para manter a ordem e manter a qualidade dos assuntos postados, o fórum seria restrito, mediante cadastro, tanto para postagem quanto para visualização. Assim fica fácil banir alguém que não respeite as políticas de privacidade do fórum.
        Se precisares de auxílio nessa questão, me disponho a ajudá-lo, de forma colaborativa, sou desenvolvedor web, e aprecio muito esse espaço e os assuntos nele postado.
        Qualquer coisa, me contate alangularte@gmail.com
        Um abraço.

        Curtir

      • Esse e-mail funciona? Diversos e-mails já mandei dando sugestões…nunca fui respondido hahaha

        Curtir

    • A notícia é valida, mas realmente, postada assim esculhamba a discussão.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: