Porto Alegre é incluída no PAC Cidades Históricas

Viaduto Otávio Rocha estava no conjunto de projetos encaminhados pela Prefeitura. Foto: Gilberto Simon

Viaduto Otávio Rocha estava no conjunto de projetos encaminhados pela Prefeitura. Foto: Gilberto Simon

O prefeito José Fortunati recebeu, na manhã desta quinta-feira, 24, da presidenta Dilma Rousseff, a confirmação de que Porto Alegre foi incluída entre as cidades que integrarão o PAC Cidades Históricas. A informação foi repassada pelo prefeito ao secretário municipal da Cultura, Roque Jacoby. O PAC Cidades Históricas é o principal programa do Governo Federal patrocinador de projetos de restauração, revitalização e conservação do patrimônio cultural, constituído por monumentos, edificações e espaços públicos.

Porto Alegre encaminhou ao PAC um conjunto de projetos, a maioria no Centro Histórico. Entre os projetos incluídos, estão a recuperação da Praça da Matriz, e do Monumento a Julio de Castilhos, o Viaduto Otávio Rocha, o Palacinho, o Museu Julio de Castilhos, entre outros. O valor total que foi solicitado para recuperação do patrimônio é de R$ 85 milhões, sendo R$ 21,5 milhões destinados a obras prioritárias. O gerenciamento técnico do programa deverá ser feito pela prefeitura, através da Equipe Monumenta e da Coordenação da Memória, em conjunto com os institutos do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) e do Patrimônio Histórico Estadual (Iphae).

Abaixo a lista com todos os projetos.

1 – Obras Prioritárias

1.1 – Obras de Restauração

Praça da Matriz com monumento a Júlio de Castilhos

Rua Gen. Câmara

Instalações para os artesões na Praça da Alfândega

Pátio da Igreja Nossa Senhora das Dores

Palácio Santo Meneguetti, Fototeca do RS

R$ 17.000.000,00

1.2 – Obras Novas

Duplicação da Comporta do Muro do Cais Mauá

Transferência da sede da Delegacia Regional do Trabalho

R$ 4.500.000,00

Total Item 1: R$ 21.500.000,00

2 – Outras obras

2.1 – Obras de Restauração com Projeto

Viaduto Otávio Rocha

Escadaria João Manuel

Hospital Psiquiátrico São Pedro – 1º Pavilhão

Pinacoteca Rubem Berta, museografia

Museu Joaquim Felizardo, anexo

Casa A Eléctrica

Cine-teatro Capitólio, agencamento interno

Paço dos Açorianos, restauração fachadas e forros

Museu Júlio de Castilhos – restauração, anexo e tratamento do acervo

Pavilhões do Campus Histórico da UFRGS

Solar Conde de Porto Alegre, Instituto dos Arquitetos do Brasil / RS

Casa Godoy, sede Patrimônio Municipal

R$ 56.500.000,00

2.2 – Qualificação de Logradouros (com projeto)

Praça Gregório de Natal

Praça Dom Feliciano

Praça Dom Sebastião

Praça Isabel a Católica

R$ 6.000.000,00

2.3 – Ações Culturais

Inventários, educação patrimonial, pequisas de tecnologia da conservação, pesquisas históricas dos bens inventariados e registro do patrimônio imaterial, instruções de tombamento, legislação de proteção e informatização do acervo arqueológico municipal.

R$ 1.000.000,00

Total Item 2: R$ 63.500.000,00

Total Geral: R$ 85.000.000,00

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Patrimônio Histórico

Tags:, , ,

19 respostas

  1. Offtopic: extinção de CCs. Em algum momento essa onda deve chegar aqui.

    dgabc.com.br/Mobile/Noticia.aspx?idNews=6005340

    Curtir

  2. Cade a rua da praia???

    Curtir

  3. correção: financiamentos

    Curtir

  4. Aliás se formos analisar, as principais iniciativas e financiamento de melhorias em nosso estado e em Porto Alegre é proveniente da esfera Federal. Se dependêssemos apenas do governo estadual e da prefeitura de POA estaríamos em piores condições do que hoje estamos.

    Curtir

    • Não que seja só isso, mas a prefeitura não tem escala, o governo estadual há décadas luta pra manter as contas em dia e tem capacidade de investimento limitadíssima, enquanto no governo federal sobra recurso pra se investir. A culpa não é só dos governantes, faz quem pode.

      Curtir

  5. Gilberto, qual é o e-mail do blog mesmo? Quero lhe mandar um e-mail agora. Grande abraço.

    Curtir

  6. Excelente notícia, como dito acima além das recuperações é preciso uma fiscalização rígida contra os pichadores e depredadores de espaços públicos, o que é uma constante em Porto Alegre. Não tenho filiação partidária e hoje não defendo mais nenhum partido (sou um ex-defensor petista desiludido, como tantos), mas defendo a Dilma e acho que ela está fazendo um bom governo; tirando os auto-declarados a-partidários donos (pelo menos no que diz respeito as ações e posições que o blog defende em relação à nossa cidade) e alguns participantes do blog, gostaria de saber a opinião dos que adoram execrar o governo da Dilma à respeito dessa ótima notícia. No mínimo vão dizer: “não faz mais que a obrigação”, sendo que em 24 anos de democracia de fato que temos no Brasil, nunca outro presidente teve essa iniciativa que eu saiba, inclusive o FHC, que acredito que muita gente que frequenta o blog deve sentir saudade.

    p.s. Também concordo com a opinião do blog de que o PT de Porto Alegre possui muitas posições que se igualam às dos que são contra o progresso urbano e arquitetônico da cidade, só para constar.

    Curtir

  7. Gostei. Alguém sabe dizer qual é o motivo da Transferência da sede da Delegacia Regional do Trabalho? Para onde ela vai? Obrigado!

    Curtir

  8. pena que porto alegre adora destruir suas areas históricas. sobrou pouco pra preservar.

    Curtir

  9. Não adianta revitalizar se uma semana depois os deliquentes picharem tudo e os mendigos transformarem os lugares em moradias e banheiros à céu aberto.Tem que fiscalizar e fazer manutenção também.Cadeia para os pichadores!

    Curtir

    • Muito se fala das pichações e delinquentes. Realmente esse é um problema, mas acho que a falta de manutenção ainda pior. Eu estava passando pela III perimetral e olhando as paradas. Há muito mais ferrugem e tinta descascando de velha do que pichação.

      Curtir

      • As paradas da 3 Perimetral são perfeitas se comparadas com as da Av. Assis Brasil.Aquilo parece cenário de filme de guerra.É vergonhoso!

        Curtir

        • Elas estão melhores porque não há usuarios, elas são vazias. Nem os pichadores vão para lá. Só tem uma linha de onibus que percorre toda a perimetral. Os outros fazem somente pequenos trechos. Este corredor é tão bem planejado que nem o metrô quer integração.

          Curtir

        • É que as paradas da 3ª perimetral são mais novas e menos utilizadas. Um dia elas chegam no nível das da Assis Brasil.

          Curtir

  10. Muito interessante.

    Se fizerem 30% dessas obras previstas, já é uma conquista histórica.

    Curtir

  11. Achei muito boa a notícia e a lista de obras. Tomara que outras cidades com patrimônio entrem, como Pelotas.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: