A 500 dias da Copa, veja como andam as 58 obras de mobilidade para o evento

Levantamento aponta que, dos 58 projetos de mobilidade urbana inscritos na Matriz de Responsabilidades do evento de 2014, até agora apenas um foi concluído

Estação de BRT: BH lidera andamento das obras  créditos: Divulgação

Estação de BRT: BH lidera andamento das obras créditos: Divulgação

Confirmado como país-sede da Copa do Mundo de 2014 há exatos 1.918 dias – ou 63 meses -, o Brasil concluiu pouquíssimos projetos ligados à competição. São 101 inscritos na Matriz de Responsabilidades, entre projetos de estádios, aeroportos e de mobilidade urbana.

No topo da lista dos atrasados estão os projetos de mobilidade urbana, conforme um levantamento realizado pela equipe do Portal 2014. Dos 58 projetos de mobilidade, apenas um foi concluído: um viaduto no entorno da Arena Pernambuco. Oito ainda não saíram do papel e 44 estão em andamento. Isto, agora, a 500 dias do jogo de abertura, que será realizado no dia 12 de junho de 2014.

Os exemplos mais positivos são de Belo Horizonte e Recife, que iniciaram todos as obras previstas para a Copa. Na outra ponta, estão Brasília, Manaus, Natal e São Paulo, que tiveram projetos excluídos da Matriz, com conclusão adiada para depois do Mundial.

Confira o panorama dos 58 projetos/obras de mobilidade de cada cidade-sede do evento:

Belo Horizonte (8)

A capital mineira ocupa a liderança no andamento das obras de mobilidade. No total, são oito projetos, todos iniciados. O BRT Cristiano Machado está 52% executado e deve ser entregue, segundo a Matriz de Responsabilidades, em junho deste ano.

Brasília (2)

O VLT Aeroporto/Asa Sul foi excluído da Matriz de Responsabilidades e ficará pronto após a Copa do Mundo. A ampliação da via de acesso ao aeroporto JK teve o início dos trabalhos adiados. A conclusão deve ocorrer em dezembro deste ano.

Cuiabá (3)

Após alguns entraves, o VLT Cuiabá/Várzea Grande começou a ser executado. Com 6% de conclusão em novembro do ano passado, o projeto deve ser finalizado em maio de 2014, às vésperas do Mundial. A capital do Mato Grosso ainda tem mais duas obras de mobilidade previstas.

Curitiba (8)

A cidade tem oito obras previstas até maio de 2014. Duas ainda não começaram. O BRT Extensão da Linha Verde Sul tem 6% de conclusão. A previsão era que 88% dos trabalhos estivessem executados até o final de 2012.

Fortaleza (6)

Com seis projetos de mobilidade, a capital cearense iniciou todos os trabalhos. A obra mais avançada é do BRT Avenida Alberto Craveiro , que atingiu 21% de conclusão em novembro de 2012.

Manaus (2)

Assim com Brasília, Manaus também teve seu principal projeto excluído da lista da Copa. O Monotrilho Norte/Centro será entregue após a competição. O mesmo ocorrerá com o BRT Eixo Leste/Centro.

Natal (4)

A capital potiguar também teve um projeto excluído da Matriz: a reestruturação da avenida Engenheiro Roberto Freire. Outras duas obras ainda não começaram. A única intervenção em andamento é o com 3% de execução e entrega prevista para maio de 2014.

Porto Alegre (11)

Sede com o maior número de projetos de mobilidade, 11, Porto Alegre ainda precisa dar início a duas obras: o prolongamento da avenida Severo Dullius e as vias de acesso ao estádio Beira-Rio. O BRT Bento Gonçalves, iniciado em março de 2012, está com 8% de conclusão.

Recife (7)

Ao lado de Belo Horizonte, a cidade também iniciou todos as obras de mobilidade. Um deles, no entorno da Arena Pernambuco, já foi entregue. Já o BRT Norte/Sul, quase 30% executado, será finalizado até setembro de 2013.

Rio de Janeiro (3)

Além das obras do BRT Transcarioca, com o primeiro lote 53% executado, o Rio ainda terá duas intervenções no entorno do Maracanã. Elas serão finalizadas até maio de 2014. Já o BRT deve estar pronto no final deste ano.

Salvador (2)

A cidade tem apenas dois projetos de mobilidade, ambos ligados à area de entorno da Fonte Nova.

São Paulo (2)

A capital paulista completa a lista de projetos excluídos da Matriz. O Monotrilho Linha-17 Ouro também será concluído após a Copa. São Paulo terá apenas uma obra de mobilidade até o torneio: as intervenções viárias ao lado da Arena Corinthians. os trabalhos devem ser concluídos até abril de 2014.

Mobilize.org.br

Autor: Diego Salgado | Postado em: 28 de janeiro de 2013 | Fonte: Portal 2014



Categorias:COPA 2014, Obras da Copa 2014

Tags:,

1 resposta

  1. SOBRE AS OBRAS DE P. ALEGRE NÃO FOI CITADO O AEROMÓVEL.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: