Prefeitura busca em Brasília soluções para a BR-448

Trevo de acesso a BR-290, em Porto Alegre, está bem avançada. Foto de Vitor Kalsing - 11/12/2012

Trevo de acesso a BR-290, em Porto Alegre, está bem avançado. Foto de Vitor Kalsing – 11/12/2012

Em Braília, o prefeito José Fortunati reuniu-se com a presidente Dilma Roussef para buscar soluções visando diminuir os impactos da BR-448, conhecida como Rodovia do Parque, na entrada de Porto Alegre. Além deles, participaram do encontro, que tinha como objetivo tratar de temas de interesse da cidade, o secretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt, e a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

Após análise do projeto da BR-448 com a presidenta, Fortunati falou da preocupação dos impactos da obra e da dificuldade da continuação do eixo no bairro Humaitá. De acordo com o prefeito, a presidente entendeu a necessidade dos recursos para a conclusão da obra e solicitou a atenção total da ministra Miriam Belchior.

No final da reunião, por determinação da presidente, ficou acordado que o secretário Urbano e a ministra irão tratar da liberação da emenda parlamentar de R$ 22,5 milhões para dar continuidade à rodovia, que deve estar concluída até o início do próximo ano.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Rodovia do Parque

Tags:

9 respostas

  1. A Arena é um belo estádio, mas as vias em volta, não tem e falta acabar o estádio. E os bombeiros deram alvará?????

    Curtir

  2. Quando questionei isso dias atras, o Maestri quase me crucificou… (just kind, nao guardo magoas).

    Como ninguem respondeu minhas indagacoes
    , esta descoberto o porque: NADA foi planejado.

    Quero ver quanto a segunda ponte do Guaiba, que desembocara, na mesma regiao. (isso se for construida, e claro)

    Curtir

    • Na verdade, (quase) tudo foi planejado, menos de onde viria o dinheiro.

      Curtir

      • Hahaha, so um pequeno detalhe.

        Curtir

      • Vc quer dizer o oposto, não é? Para o poder público projeto é uma quantidade de dinheiro. Se serve para alguma coisa, se vai melhorar, se vai ter etapas e qual é a ordem das mesmas não importa.

        Curtir

  3. Lembrem-se, colorados (antes de comentar) que as adaptações das vias de acesso a essa estrada federal devem ser feitas independentemente da existência da Arena logo ali do lado.

    Curtir

  4. Deixa eu ver se entendi: estão analisando e tentando resolver os impactos da obra na entrada de POA só agora?

    Curtir

    • Um dos impactos será a redução no fluxo na perimetral, aliviando a pressão para construção de viadutos e trincheiras.

      Curtir

      • Redução do fluxo na perimetral e aumento de fluxo na Castelo Branco, que no horário de pico já está saturada?

        Bom, muito bom…..

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: