Prefeitura divulga a lista com situação de casas noturnas em Porto Alegre

A Prefeitura de Porto Alegre divulga a lista de casas noturnas da cidade e a situação de cada uma quanto a regularização municipal. A lista compreende 46 estabelecimentos regularizados, 24 em processo de regularização e seis sob judice. Todos esses estabelecimentos serão vistoriados pela força-tarefa da prefeitura. Confira a lista:

listabars3

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

30 respostas

  1. foi proposital ou erro mesmo o numero do café quintino que não não é quintino e sim CAFÉ MOINHOS estar com o numero do processo errado? é lamentável isso

    Curtir

  2. Ninguém aqui falou do controle da capacidade de lotação das casas. O Ocidente lotado é pior que Restinga em dia de passe livre. É muita ganância e falta de fiscalização. Será que alguma casa noturna de Porto Alegre já foi multada alguma vez na história por lotação excedente?

    Curtir

  3. Tia Carmen tá regular. Bora lá pessoal !

    Curtir

  4. A Spin já não fechou há uns 5 anos?

    Curtir

  5. Eu não sou o mais apto para tecer comentários técnicos, mas acredito que posso opinar na questão de um individuo da Sociedade.

    Se Juízes autorizam a liberação de espaços fechados para eventos, eles se baseiam no que diz a Lei, que é sua base legal para decidir.

    Se a Lei define critérios que o autorizam a liberar, assim seja, porém se estes critérios são de fato aptos a tornar um local seguro, eu aqui coloco minhas dúvidas.

    O que eu acho:
    1. O conceito de segurança é relativo na Legislação;
    2. Esta brecha autoriza que judicialmente um local que impõe em risco a vida de um frequentador em caso de sinistro;
    3. A penas para descumprimento de requisitos tem que ser mais severa. pois estamos lidando com segurança da vida humana; e fechando
    4. Nada disso irá funcionar se a Lei não for cumprida.

    Obviamente que muitas outras situações podem ocorrer, mas se a Lei for cumprida como hoje está determinada, ainda assim corremos riscos, pois a mesma é incompleta, é falha, não atinge o objetivo.

    Nesses momentos eu acho que o Estado tinha que ter um poder mais forte. Se alguma exigência para liberação do empreendimento não está de acordo com as normas de segurança, que de fato sejam seguras, o empreendimento deve ser interditado até que a exigência seja cumprida de fato.

    Curtir

    • Um exemplo do que me refiro:

      Notícia: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/esportes/gremio/noticia/2013/01/pericia-analisara-problema-na-avalanche-na-arena-4029360.html

      Trecho para citação:

      A direção gremista e a OAS, empresa que construiu a Arena, sustentavam que a obra havia reforçado o setor justamente para que a avalanche fosse executada. Os bombeiros não aceitaram os argumentos, mas permitiram que a área fosse liberada para os jogos iniciais apenas com a instalação de barreiras (estruturas de metal) antiesmagamento

      Trecho em destaque:

      Os bombeiros não aceitaram os argumentos, mas permitiram que a área fosse liberada para os jogos iniciais apenas com a instalação de barreiras (estruturas de metal) antiesmagamento.

      Reflito:
      1. Para que servem os bombeiros nestas horas?
      2. Se não aceitaram os argumentos e mesmo assim liberaram, liberaram por quê?
      3. Se basearam na Lei? Que Lei é essa e de que ano?
      4. Será que a Lei é insuficiente em requisitos técnicos para determinar o que é seguro ou não?

      Curtir

      • O problema aí foi pressão política. O chefe veio e disse para liberar, aí liberaram, mas tentando tirar o deles da reta. O que faltou aí foi coragem para peitar quem mandou liberar.

        Curtir

  6. O Opinião tem estrutura sim…talvez esteja funcionado com base numa liminar porque a Prefeitura demora mil anos para confeccionar um alvará….

    Curtir

  7. Gilberto, pera lá. Eu não estou “defendendo uma situação claramente errada”, simplesmente porque nem eu nem ninguém, só de olhar essa lista, munido apenas dessa informação, pode deduzir que a situação esteja claramente errada. Como eu disse, se você for ler o processo do Cabaret, vai ver que é a denúncia é sobre o problema funcional de falta de isolamento acústico, reclamado pelos moradores vizinhos.

    Como eu grifei, o próprio processo diz que o PPCI está em dia. Isso significa que, no dia daquela nota de expediente (setembro), a documentação de PPCI estava em dia. Ou seja, o Cabaret tinha um alvará, que foi suspenso pelo processo de reclamação de barulho (e restaurado pela liminar). Ora, se o Cabaret tinha este alvará, é porque em algum ponto se fez as inspeções necessárias, PPCI e tudo mais, e não se encontrou nenhum problema. Ou seja, a prefeitura, os bombeiros e tudo mais aprovaram o esquema de segurança.

    Essencialmente, a divulgação dessa planilha é uma esquiva completamente irresponsável da prefeitura. É jogar pra torcida. Tipo “ó, estamos tentando, mas tem esses donos de boate são sacanas e ficam entrando com processo para continuar operando”. Só que, nem todos os casos são necessariamente processos para se esquivar de responsabilidades de segurança, e aposto que em 99% daqueles outros casos sem processo o problema é a morosidade da prefeitura.

    Sim, ontem fizeram uma batida no Cabaret e constataram irregularidades de segurança e fecharam, mas isso não desmerece meu ponto – na real apenas o reforça. A planilha em si provava o problema de segurança, e até então, sem ter noção de que desastres acontecem (é mole?), os bombeiros e a prefeitura não tinham problemas com a segurança do local.

    Curtir

    • Cara, me desculpa, mas não é irresponsabilidade nem jogar para a torcida! Aliás, estas informações deveriam ser bem melhor divulgadas. Cada um que decida depois em quem prefere confiar!
      obre a parte do alvará existir, aí concordo contigo. Se ele de fato existia, isto era MUITO sério. Coloca a credibilidade dos bombeiros em cheque! Aquela casa é um perigo.

      Curtir

  8. O pior é que a maior parte destes estabelecimentos, são bares e pubs, onde (na minha percepção) não há muita movimentação de pessoas e festas, pois se tratam de lugares(na maioria) de happy hours ou simples reuniões! Os piores estabelecimentos são aquelas casas de shows onde acontecem seguidamente as festas de adolescentes, crianças e jovens…Como Yes Sound, Mirame Eventos, Vegas Club, Farm’s, Prime Club e muitos outros lugares…Esses realmente, é que acho que deveriam ser avaliados pelos Corpo de Bombeiros! Pois lá é que se aglomeram multidões (se assim posso dizer)…

    Curtir

  9. Cuidado com conclusões apressadas. Antes de jogar pedra nos bares que operam sob júdice, leiam os processos, que são públicos, e em geral acessíveis pela internet. Dos que eu consegui achar, e entender:

    Cabaret: no texto da liminar, está escrito “O documento de fl. 38 comprova que a impetrante possui Alvará de Prevenção e Proteção contra Incêndios com validade até 30 de maio de 2013.” Pelo que eu entendi, o processo existe por reclamação de ruído, e na liminar o juiz pondera a inexistência de uma “excepcionalidade” que justifique a suspensão das atividades da casa. Ou seja, não se trata de um canetaço do juiz ignorando aspectos técnicos de segurança.

    Cabo Horn: foi extinto no dia 30 de Janeiro (hoje), cessando o efeito da liminar por erro processual.

    Café Quintino: o número do processo na planilha está errado. Será que fui o primeiro a perceber? O número correto é 001/1.05.0257400-7. Processo correndo desde 2005. Não entendi bem a causa. Lembra aquele meu argumento da morosidade do poder público? Pois é.

    Curtir

    • É, fmobus. O Cabaret está “irregular” por conta de uma LICENÇA AMBIENTAL, ou seja, referente ao isolamento acústico. Chegaram a criar até um evento no Facebook com “Boicote ao Cabaret”. É muita ignorância.

      Curtir

      • Pelo que sei atualmente não é permitido usar materiais inflamáveis para isolamento acústico. Até por que já existem materiais não inflamáveis para isso. Então, se o local tem que usar o material não inflamável e NÃO USA, tem que interditar sim. Não é ignorância. Nem um pouco.

        Uma coisa que não entendo mesmo é como pessoas vem defender uma situação claramente errada por parte dos responsáveis pelos estabelecimentos. Não tem sentido.

        Curtir

    • Fizeram nova vistoria no Cabaret e fecharam ele ontem de noite. Parei de ir lá depois que o teto LITERALMENTE caiu na minha cabeça. Felizmente o compensado estava podre e não me machuquei. O garçon olhou para a cena e nem deu bola.
      Sério, fico surpreso que ele tivesse passado em qualquer teste de segurança. Mais uma vez, não sou especialista, mas aquilo lá é um problema óbvio demais. O lugar está caindo aos pedaços!

      Curtir

    • Fora a questão da segurança, já que o processo cita que não tem problema (o que, mais uma vez, acho mito estranho), como assim falta de isolamento acústico não é excepcionalidade?! Mesmo que o problema seja só este, já era motivo para interditar e o juiz não deveria se meter. Coitado dos vizinhos em volta!

      Curtir

  10. Olha o que o Ferri (sec. da SMIC) acabou de postar no twitter:

    [b]@FerriJr[/b] Leio na Internet que o Café Quintino, na Quintino Bocaiuva possui Alvará! Só não disseram que é para PIZZARIA e não casa noturna

    [b]@FerriJr[/b] Por isto foi interditada pela SMIC. Infelizmente funcionava com liminar por nove anos. Nada adiantou, conseguiram nova liminar.

    Não tem que dar com um gato morto na cabeça dum juiz desse? Olha que irresponsável!

    Curtir

  11. O Ocidente devia ser “em processo de DEMOLIÇÃO” isso sim! Disparado a pior estrutura que eu já fui.

    Não sei se mudou mas eu fui 1x lá numa Balonê lotada, uns bons 3 anos atrás, e fiquei APAVORADA: o ambiente era como se tivesse sofrido um terremoto, sem brincadeira – e pelo que eu pude entender, parecia ser o ‘conceito’ do lugar… não tive coragem de ficar mais de 2h e prometi a mim mesma nunca mais voltar! E o casal de amigos comigo me chamando de chata porque eu ficava comentando todos os absurdos que eu viaSegue o que eu vi (não sei se mudou):

    > UM único acesso (uma escadinha de uns 80cm de largura)
    > forro de gesso (não era em placa e sim aqueles com ráfia) com várias partes quebradas, aparecendo estrutura do telhado e um ‘ninho de mafagafo’ de fios
    > lâmpadas penduradas, sem ser embutidas ou com plafon
    > peitoril da janela duns 60cm SEM proteção
    > dava pra ver o 1o andar através das frestas do piso de madeira (fletia quase como uma cama elástica!)
    >porão SEM ventilação funcionando como pista (inferno¹²³ em terra)

    E funciona há quanto tempo? Mais de 15 anos, não? E segue lá, firme e forte… lotada.

    Da lista especificamente, alguns erros que eu entendo que deveriam estar corrigidos há muito tempo:

    >Dado Bier FECHADO (se for o do Country)
    >Café Segredo virou Segredo (há tempos)
    >John Bull virou Black Bull Pub
    > Live Sport Pub, ali na Wenceslau, tá FECHADO

    Esses são os que eu sei, pessoal que comentar deve saber mais alguns furos dessa lista…

    … outros que eu conheci tipo Nega Frida e Bongô eu sinceramente nem faço ideia como deixam funcionar. E pior, sempre cheios. Não sei se é a profissão que facilita ser mais atenta a esses detalhes, mas eu admiro quem gosta de ligares assim. Deve seguir à risca o lema ‘vivendo perigosamente’.

    Pra mim só quem tem o REGULAR na 2a coluna que deveria estar aberto, simples. Não deveria interessar dono ou tamanho. E o juiz pra liberar funcionamento tem algum parecer técnico de arq/eng? Éo mínimo já que não entende vírgula de segurança, PPCI, habite-se e trâmites do gênero.

    Mas essa lerdeza da prefeitura é um problemão… tem que entender o lado do dono do lugar que vai ficar perdendo uma grana por pura incompetência da burrocracia monstra que tem aqui. Como se agiliza essa gente?

    Curtir

  12. O que significa no Opinião: “por decisão judicial”? vai funcionar ou não? Tem condições de segurança ou não?

    Curtir

    • significa que houve decisão judicial terminativa….naquele processo e com aqueles argumentos, o judiciário deu guarida ao Opinião….se a PMPA entender que deve haver nova interdição, na inicial deverá ter fatos diferentes dos apresentados antes….

      Curtir

      • Faz sentido… mas contando com a ineficiência da prefeitura e com a arrogância de alguns proprietários haverá um monte dessas decisões judiciais. Será que o juiz se baseia em alguma norma de segurança?

        Curtir

    • O Opinião está funcionando através de um decisão judicial, mas que eu saiba a questão não é de segurança ou de falta de atendimento a qualquer norma de segurança.

      Curtir

  13. OLha depois de ver que o Casa Blanka esta liberado e o outro moquifo da frente chamado Adega, realmente não entendo mais nada.. os piores pontos do centro a noite, só gente da boa…. ta louco.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: