Pessoas não utilizam as árvores no Gasômetro, diz Fortunati

Corte de vegetais visando duplicação na Beira-Rio gerou protestos nesta quarta

Fortunati diz que há pouco uso das árvores no entorno do Gasômetro   Crédito: Ricardo Giusti

Fortunati diz que há pouco uso das árvores no entorno do Gasômetro Crédito: Ricardo Giusti

Ao comentar a retirada de árvores na avenida Edvaldo Pereira Paiva, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, salientou que os vegetais tinham pouca utilização pela população da Capital. “As pessoas não utilizam estas árvores no Gasômetro”, sustentou.

“Precisamos entender que existe um gargalo no trânsito e o monóxido de carbono liberado no ar diariamente é muito grande. O mesmo aconteceu na Anita Garibaldi (onde árvores começaram a ser derrubadas para a construção de uma elevada entre a via e a Avenida Carlos Gomes)”, afirmou Fortunati.

O objetivo da retirada é a duplicação da avenida Beira-Rio é uma das obras da Copa de 2014 e destacou que as medidas compensatórias já foram estabelecidas. “Iremos fazer o plantio de muitas mais árvores. A obra é para o desenvolvimento da cidade e tentamos preservar o possível, o que não pode ser mantido será compensado.”

A opção pela transplantação das árvores foi descartada porque a maioria dos exemplares são de espécies exóticas. Cerca de 400 mudas deverão ser plantadas em outros parques e pontos da cidade.

Corte causou polêmica

arvores-gasometro2O corte de dezenas de árvores na avenida presidente João Goulart, em frente à Usina do Gasômetro, no Centro de Porto Alegre, provocou indignação e atos de mobilização entre moradores. Para evitar que outras árvores fossem derrubadas, estudantes chegaram a subir em algumas para protestar no local.

A vereadora Sofia Cavedon (PT) acionou o Ministério Público para tentar conter o avanço da retirada das árvores. Ela adiantou que o ato representa um crime ambiental e que levará para debate na Câmara de Vereadores. “É um absurdo um ação dessa da prefeitura sem haver nenhum aviso”, afirmou.

Smam autoriza retirada das árvores

Conforme a prefeitura, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) concedeu à Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) a autorização para que se iniciem os trabalhos de duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva. O alargamento está previsto no plano diretor de 1985.

De acordo com o Município, para realização da obra, serão removidas 115 árvores, a maioria de espécies exóticas, e o transplante de outros dois vegetais. As remoções serão compensadas com o plantio de 401 novas mudas. Após a conclusão das obras viárias, um projeto de arborização específico será desenvolvido para a Edvaldo Pereira Paiva.

Confira os locais que receberão os plantios compensatórios*

  • Avenida Oswaldo Aranha – 100 mudas
  • Rua da República – 08 mudas
  • Parque Farroupilha – 80 mudas
  • Rua Lopo Gonçalves – 08 mudas
  • Avenida Jerônimo de Ornellas – 10 mudas
  • Parque Maurício Sirotsky Sobrinho – 60 mudas
  • Avenida Independência – 20 mudas
  • Rua Washington Luiz – 10 mudas
  • Rua Garibaldi – 05 mudas
  • Rua Santo Antônio – 60 mudas
  • Viaduto Otávio Rocha – 26 mudas
  • Centro Histórico – 14 mudas em substituição a espécies secas

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Duplicação de avenidas, Obras da Copa 2014

Tags:, , ,

87 respostas

  1. Em um dos PDFs do site da Fazenda, mostra toda a pavimentação da Ed. Pereira Paiva. Pelo que entendi do projeto, haverá um estacionamento da rótula das cuias até a nova rótula perto do gasômetro. Ou seja, não será onde podaram as árvores.
    Este estacionamento será paralelo a área que será duplicada. Exatamente onde o pessoal costuma deixar os carros nos finais de semana atualmente.

    Curtir

  2. Mas esta via que ião construir não era pra ser subteranea ? Pelo menso lembro-me que no projeto do cais era assim

    Curtir

    • O que vai ser subterrâneo é um pedaço na curva da Mauá, em frente à Praça Brigadeiro Sampaio, pois haverá um shopping integrado com a praça e o cais e a rua deve passar por baixo dele. Pelo menos esse é o projeto. Se vai mesmo acontecer… são outros 500.

      Curtir

  3. Para quem acha que a prefeitura não informa nada, olhem o site Transparência da Copa.

    Foi através dele que cheguei até o site da Secretaria da Fazenda onde existem maiores detalhes dos projetos. Tudo isso é aberto ao público. Talvez apenas não esteja bem claro o caminho para encontrar os arquivos.

    No site da Fazenda, http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smf/default.php?p_secao=214 ,todos os projetos possuem documentação. Alguns possuem PDF com mapas, traçados, desenhos…

    Aqui está o link para o Trecho 4 da Av. Edvaldo Pereira http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smf/default.php?reg=11&p_secao=214

    (vejam os anexos… ali tem um monte de informação, inclusive um PDF com o desenho das áreas que serão pavimentadas. Aparece claramente as áreas que serão pavimentadas, exatamente onde as árvores foram retiradas)

    Curtir

    • Isso é ser transparente? Colocar um site para a Copa que precisa linkar para a secretaria da fazenda (Não deveria ser planejamento ou SMOV?)

      Curtir

      • Você queria o que, que alguém fosse em sua casa (e de todos os moradores da cidade) explicar tim-tim por tim-tim todos meandros do projetos?

        Que falsa ingenuidade!

        Curtir

      • Não viaja Giuliano! Basta colocar um belo cartaz mostrando como vai ficar quando pronto, como qualquer construtura faz!

        Curtir

      • Claro pq cartazes são o futuro. Informação na internet é coisa arcaica.

        Curtir

      • Apesar da informação estar na internet, concordo com o Pablo. Seria uma boa ideia colocar um cartaz na frente da obra. Dessa forma a população poderia fiscalizar se a obras está seguindo o que foi proposto em projeto.

        Curtir

      • Nem sei pq as construtoras colocam ainda… Nem maquetes também, tudo coisa do passado.

        Curtir

      • É, se o intuito da “população” que subiu nas árvores não fosse político e fosse realmente fiscalizar, eles iriam nas sessões da Câmara de Vereadores e afins, que são bem abertos ao público. Essa gente, como a da Anita não quer fiscalizar nada, quer patifar. Se fosse o partido deles lá, nada fariam. (alguém protestou qdo o PT fez um rasgo na cidade com a 3ª perimetral, cortando centenas ou milhares de árvores??). Lembrando que o Fortunati era vice naquela época, antes que me chamem de defensor dele. Só digo que essas pessoas tem motivação simplesmente ideológica. Seguidores da Sofia Cavedon, do Ruas, da Fernanda… querem aparecer. Devem estar visando a eleição de 2014 já.

        Curtir

      • cgasparetto, é uma questão de respeito à população e às pessoas que passam por ali. Se a prefeitura não quer fazer, se tu dizes que quem quiser que vá na Internet atrás de um PDF ou que vá na Câmara de vereadores… tudo bem, é o que você pensa. Eu vejo isso como algo contra-produtivo, desrespeitoso.

        Curtir

      • Quem é Giuliano?

        Curtir

  4. Sobre essa declaração do Fortunati, um amigo meu dizia sempre uma frase que se encaixa perfeitamente: “Às vezes, menos é mais”.

    Curtir

  5. Por evidente que as obras de infraestrutura, que foram vendidas como obras para a “Copa”, são de suma importância para a cidade, mas se sente que o Sr. Prefeito as quer fazer a todo custo e de qquer modo, e numa democracia não é assim que as coisas funcionam …
    A transparência na gestão da coisa pública, em seu viés da PUBLICIDADE, é conteúdo principiológico que nao pode ser atropelado, pois na via contrária a democracia e o próprio sistema representativo como o é acaba por abalado em seus alicerces!!!
    Vamo lá Fortunatti, mais transparência, pois sei que tuas intenções são boas!!

    Curtir

  6. A frase do Fortuna é uma pérola “muito bem polida”, me parece que entraria para o rol das top ten, bem ao estilo Gretchen e Tiririca! Quer dizer que pelo fato das pessoas nao utilizarem ali as árvores, e isso é o que o Sr. diz, então se justifica sua derrubada, Sr. Prefeito!??????!?!?! Votei no Sr., mas realmente está lhe faltando certo bom senso qto a este fato, nao sei se o Sr. se expressou mal, ou o que que houve, mas a situação ficou muito mal explicada para nós, seus eleitores, e tb tenha certeza que maculou um pouco tua imagem! O Sr. ainda tem chances de se explicar melhor, explique-se!!!

    Curtir

  7. O Fortunati está promovendo uma revolução democrática, pois suas intervenções são tão tortas, tão obscuras, tão mal planejadas que ele está criando uma série de grupos coesos. Uns pelo transporte coletivo, outro pelo transporte cicloviário, agora para preservação das árvores.

    O Fortunati está cavando a própria cova e só ele que não viu… e só não viu pq tem um monte de CCs blindando ele, mas essa estratégia é totalmente burra, pq ele não percebe o que agrada ou desagrada a população.

    Curtir

  8. Não estão cuidando nem das mudas que plantaram. Todas secando com este calor. Querem que alguém acredite nessa compensação??? Política para inglês ver… Preguiça de viver mais 30 anos esperando um governo para o povo ao invés de legislarem em causas próprias, explorarem com impostos bizarros, medidas provisórias, inconstitucionalidades e lavagem de dinheiro. Nosso país saiu da ditadura militar para a ditadura exclusivista. Quando o povo não manda nos seus funcionários, dá nisso.

    Curtir

  9. Como adoram cortar árvores em Porto Alegre, ai dizem vamos plantar 400 árvores, das quais 20% serão quebradas pelos vândalos que assolam a cidade sem punição, 50% morrerão sem manutenção, acho que exagerei será que 30% sobreviverá, não sei destes 30%, 20% se desenvolverão tortas e 10% conseguirão crescer eretas como deve ser e levarão uns 10 anos para dar uma boa sombra. Cortar árvores adultas é uma coisa desoladora, minha decepção cada vez aumenta mais. Nossos governantes não pesam seus atos, não pensam no futuro, destroem e sucateiam, e a cidade se torna cada vez mais inóspita…

    Curtir

  10. Estou até sentindo pena do prefeito… Se ele não faz obras, o acusam de incompetência e até mesmo de favorecer desvios, se ele faz (o que diga-se de passagem é de uma importância extrema para a cidade) organizam manifestações e mais manifestações contra.

    Como essa avenida vai ser duplicada sem retirar as arvores? Não tem como… o que a prefeitura deve e vai fazer é replanta-las em outros locais da cidade, mais do que certo e justo.

    Curtir

    • Acho que o problema aqui não é a árvore, é justamente a duplicação. Ainda mais quando ela vem a custa da destruição de parques e áreas de lazer. POA anda pra trás incentivando o uso do carro.

      Invistam em transporte público, invistam em ciclovias decentes, invistam em calçadas, e depois a gente conversa sobre como duplicações de vias são “necessárias” pra mobilidade urbana

      Curtir

      • Mas duplicações de via também são importantes para o transporte público, afinal, os ônibus não andam nas paredes dos prédios e nas copas das árvores. Ao se melhorar o fluxo do transito se melhora também a circulação dos onibus, que vão parar menos, vão seguir mais livres, manter mais constante a sua velocidade

        Curtir

      • Guilherme M, não passam ônibus na Beira-Rio.

        Essa desculpa não cola.

        Curtir

      • Não, são os pedestres que andam nas paredes e nas copas da árvore em POA.

        Um exemplo crasso é a expansão da padre cacique, onde hoje se tem três pistas e, cada sentido. Resolveram que era necessário um corredor de ônibus ali (eureka!). Tendo recém construído duas novas pistas expressas na beira-rio, tendo planejado três novas pistas na av. tronco, sabendo que aquela zona tem alto fluxo de pedestres, principalmente em dias de jogos, tu acha que a prefeitura não poderia construir um corredor e deixar duas pistas na padre cacique?

        O que tá projetado e já licitado é a ampliação da padre cacique, construindo uma pista sobre a já diminuta calçada (que tem 1m, com postes no meio). Desse jeito se constroi o corredor e os motoristas particulares não perdem UMA PISTA. O louco que quiser passar caminhando por ali terá que passar por dentro do estádio, por baixo da cobertura. Essa nova pista que estão construindo vai passar a menos de 2 metros da base da cobertura, um bloco de concreto com 2 metros de altura.

        Essa é a política, tu até pode investir em estrutura ciclável, só não tirem espaço dos carros. Tu até pode investir em transporte público, só não tirem o espaço dos carros. Calçadas é assunto proibido 😛

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: