Protesto na Voluntários da Pátria hoje a tarde

O Jornal Zero Hora informa que, hoje a tarde (13) houve protesto dos comerciantes por haver um esgoto a céu aberto, com mau cheiro, situação que já dura cerca de 25 dias. O esgoto exposto é resultado das obras de duplicação da Rua Voluntários da Pátria, próximo ao centro da cidade.

Clique aqui para ver a notícia completa, em ZH.

Moradores reclamam de mau cheiro proveniente de um esgoto a céu abertoFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Moradores reclamam de mau cheiro proveniente de um esgoto a céu aberto
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

_____________

Do site da Prefeitura:

Prefeitura providencia conserto na Voluntários da Pátria

13/02/2013 19:21:33

A Prefeitura de Porto Alegre informa que a empresa contratada para realizar a duplicação da avenida Voluntários da Pátria fechará amanhã, 14, a galeria de esgoto rompida no subterrâneo da via. A estrutura foi quebrada por uma retroescavadeira por não ter sido identificada nos mapas das redes constantes no local. Tratava-se de um coletor de fundo (coletor de esgoto) clandestino, que não constava nos registros do Dmae, do DEP ou da Smov. Os órgãos envolvidos foram acionados para orientar a empreiteira quanto aos procedimentos adequados para que a religação seja feita corretamente. O recapeamento asfáltico deverá estar concluído em dez dias.

 



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

25 respostas

  1. Esta foto está citando locais e épocas erradas Ela é da Bósnia Herzegovina quando dos bombardeios dos americanos nos anos 90.

    Curtir

  2. Sobre esse esquema de redes de esgotos, existem diversas passagens subterraneas desconhecidas pela cidade.

    Lembro que encontraram uma no Shopping total, essa do conduto proxima da benjamin..

    Curtir

  3. Isso sim é comentário com informação e não dizer que o protesto é meio estranho… parabens Rogério Maestri. Finalmente alguem com conhecimento.

    Curtir

    • Por acaso o senhor quer estabelecer regras para os comentários do Blog ? Sim, eu falei que era estranho por estarem querendo combater um cheiro ruim com outro cheiro ruim, e pior, tóxico. Não é estranho ? Incoerente ?

      Curtir

  4. Caros senhores, mais uma vez voltando ao mesmo assunto!
    Como dizem O Guilherme e o Gilberto não há rede de esgoto clandestina, simplesmente isto é o resultado da quebra de uma etapa na construção e ampliação de uma via pública.
    Como Porto Alegre já tem redes de esgoto quase que centenárias, no tempo que não havia CAD ou cadastros digitais de redes públicas, há em cidades antigas sempre este problema. Faz-se uma rede lá por 1930 ou 1950, a data não interessa, mas há muito tempo. Como estas redes eram e são documentadas em plantas de papel, algumas delas estão “perdidas” em São Paulo, por exemplo, acharam a quase vinte anos uma coletora de esgoto pluvial com 1 mero de diâmetro, isto ocorre devido a deficiências do cadastro. O mais interessante disto tudo é que achada a rede os engenheiros que trabalhavam na área se deram conta que na região não havia problemas de alagamento e ninguém se dava conta do motivo.
    .
    Outro exemplo em Porto Alegre, quando abriram o antigo arroio Tamandaré, que passava embaixo da Benjamin Constant, para construir o conduto fechado da Álvaro Chaves, vi ao lado esquerdo de quem desce da Bordini um fato inusitado, uma casa construída sobre a antiga galeria pluvial. Isto é interessante pois esta casa tinha fundação direta e se algum dia houver algum problema nesta galeria a casa vai abaixo. Não sei qual a solução que tiveram, mas que a situação era um absurdo, era. Poderia contar outra história sobre um coletor pluvial que acharam na construção da terceira perimetral.
    .
    Mas voltando ao assunto, como estes casos são comuns, numa primeira etapa do projeto se faz um cadastro das redes existentes, exatamente para não ter estas surpresas desagradáveis, como tudo que se está fazendo neste momento é “a toque de caixa” (gíria tão antiga como esta rede) provavelmente a Prefeitura ou não realizou este cadastro ou simplesmente confiou nas informações que dispunha. O que acontece nestes casos, a obra começa a ter surpresas o custo sobe e nós pagamos.
    .
    Hoje em dia há equipamentos (GPR) que detectam estruturas enterradas sem precisar abrir, procurei na rede e logo achei uma propaganda de um firma norte-americana que faz isto, mas é algo que não tem novidade nenhuma, há mais de dez anos que a UFRGS tem um equipamento deste tipo.
    .
    Se a Prefeitura ouvisse mais seus técnicos e comprasse um aparelhinho deste tipo, com vários tipos de antenas, poderia antes de fazer um buraco, verificar se não há surpresas abaixo, a comunidade portalegrense agradeceria em muito.

    Curtir

    • Então é possível mapear o que há no chão antes de meter a retroescavadeira? Informação fundamental para questionar essa empresa em relação ao vazamento. Vamos ficar atentos nas obras do metrô.

      Curtir

      • O GPR é um equipamento relativamente recente, foi inventado lá por 1987 e vulgarizado nesta última década. É um método não invasivo utilizado em dezenas de aplicações como, detecção de redes, pesquisa arqueológica e verificação da espessura de pavimentos.
        .
        Não tenho a referência neste momento, mas uma agência reguladora de um estado norte americano construiu um que associado com outro equipamento (não me lembro o que era) conseguia verificar em um só dia 200 km de estrada por dia. Por exemplo se a prefeitura tivesse um deles (teria que ter várias antenas com várias frequências) ela poderia detectar locais onde o asfalto deveria ser reforçado sem a necessidade de fazer um monte de buracos. Também conseguem atualmente detectar vazamentos bem mais rápido que outros equipamentos. Na Arqueologia seria interessante uma prospecção antes de se começar projetar uma obra evitando que esta pare por meses para os arqueólogos com colherinhas escavarem tudo, detectado algo interessante se modificava o traçado e seguia a obra, os arqueólogos que ficassem ao lado fazendo a sua pesquisa.
        .
        Este equipamento segue o mesmo princípio de um método utilizado em geofísica para detectar em grandes profundidades prováveis localizações de depósitos de hidrocarbonetos, a sísmica. A diferença que a sísmica utiliza ondas sonoras e o GPR ondas eletromagnéticas (UHF e VHF).
        .
        É um belo brinquedinho, há dois anos quase compramos um na pesquisa que coordenava.
        .
        Não estou falando isto para demonstrar erudição, estou falando isto porque quase todas as prefeituras de grande porte do mundo utilizam equipamentos deste tipo, ou seja, não é nada de Caramurú.

        Curtir

    • Eu nem esperaria que a prefeitura fizesse esse estudo, é tudo feito de qualquer jeito. Mas imaginem quando começarem a cavar a obra do metrô, vai ser um caos!

      Curtir

  5. Esse protesto ainda é (bastante) aceitável. Semana retrasada aqui em Teresópolis os moradores de uma favela aqui perto pararam a Perimetral por várias horas (as mais movimentadas) porque a Ceee trocou os postes de luz em uma rua e não recolocou as ligações ilegais da favela (!!!).

    Curtir

  6. Pensei a mesma coisa sobre guerra quando vi a foto..
    hahahaha

    Bom, vou ter que fazer uma piadinha, mas não quero desmerecer a situação dessa gente, por que esse fedor é fróid….

    Mas né, bem que eu poderia ir la queimar uns pneus e carros protestando contra o estado que se encontra as construções da voluntarios.

    Curtir

  7. Rede de esgoto clandestino? Nunca ouvi falar! Os caras cavaram, construíram uma estrutura de esgoto à revelia da prefeitura? Isso soa muito bizarro.

    Curtir

    • André, obrigado por sugerir a matéria. Por ser de Canoas, não vou postar. Mas também não vou deletar o teu post. Achei meio forçado esta redução de 5 centavos … sempre achei as iniciativas de baixarem tarifas extremamente demagogas/populistas. O povo agradece se não aumentar tanto, ou pelo menos aumentar segundo cálculos transparentes.

      Curtir

      • Talvez seja populista se fosse uma simples redução, mas ela foi bem calçada em uma lei então, nada mais justo.

        Perceba que a notícia é agridoce, pois elogia o Jairo Jorge no começo, mas no final está bem claro que a licitação já venceu e ele não se coçou.

        Curtir

      • Desde que não aumentem mais ainda essa porcaria.
        R$ 2,85 é um valor muito alto para o lixo de serviço, não acham?

        Curtir

    • Queria estar vendo o Capellari esmurrando a parede agora! Hahaha /darkside

      Curtir

  8. Já era terceiro mundo antes, agora então.

    Passei de táxi semana passada, indo para a rodoviária. Baile funk, lixo, drogas.
    Deterioração total.

    Curtir

  9. Se isso não é chinelagem eu não sei o que é. Sério, a região já é degradada que chega.

    Curtir

  10. Protesto meio estranho… Protestar contra o mau cheiro com fumaça de pneu?

    De qualquer forma espero que isso de o que falar e façam uma limpa nas ligações clandestinas.

    Curtir

    • É mesmo Pablo. Bastante estranho.

      Aproveito para te parabenizar pela coerência nos teus comentários. Cada um melhor que o outro, mesmo que não concorde com o que tu falas. Alguns inclusive contra mim. Mas sempre coerentes. Coisa raríssima aqui no Blog.

      Curtir

  11. Peraí, houve uma guerra campal com milhares de combatentes ou foram as obras que deixaram a rua neste estado? Nossa, parece um cenário de bombardeio!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: