Evento: “Um Projeto de Cidade – Reestruturação Urbana do IV Distrito de Porto Alegre”

iab-rsNa próxima Quarta no IAB, 20/02, às 19h 30, a arquiteta Cláudia Titton apresenta sua pesquisa de mestrado intitulada “Reestruturação Produtiva e Regeneração Urbana: O caso do IV Distrito de Porto Alegre”, realizada na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Esta atividade é a primeira do “Ciclo Desafios Urbanos – 10 Pontos por um Projeto de Cidade”, que pretende reforçar a importância de planejamentos para a capital. A palestra aborda o terceiro tema, Projetos Urbanos, e conta com Maria Teresa Albano como mediadora.

O trabalho aborda aspectos acerca dos fatores presentes na origem desses lugares, de seus impactos no território, das possibilidades existentes na reestruturação produtiva e na regeneração urbana de zonas tradicionalmente industriais, de seus novos formatos na cidade contemporânea, concentra-se na análise e no diagnóstico do contexto e das potencialidades do IV Distrito, sempre buscando ilustrar a discussão teórica com experiências projetuais relevantes que colaborem com o esclarecimento das questões encontradas na região em estudo e que inspirem alternativas para sua reversão. “O objetivo era conhecer esse território, entender porque uma região tão central e bem dotada de infraestrutura urbana havia caído na obsolescência, e, por fim, especular estratégias de projeto urbano que o re-inserissem no cenário da cidade, recuperando uma centralidade que ele já havia possuído”, explica Cláudia.

Serviço:

Quarta no IAB

Data: 20/02/2013

Local: IAB – RS (R. Gen. Canabarro, 363 – POA)

Horário: 19h30

“Um Projeto de Cidade – Reestruturação Urbana do IV Distrito de Porto Alegre”

Ciclo Desafios Urbanos

“10 Pontos por um Projeto de Cidade”

Tema n° 3: Projeto urbano qualifica a cidade para todos.

Palestrante: Arq. Cláudia Titton

Mediador: Arq. Maria Teresa Albano



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Revitalização 4º Distrito

Tags:,

12 respostas

  1. Ah, estou cansado de tanto fórum e tanta discussão em Porto Alegre… para a cidade, esses fóruns não tão adiantando nada!
    Prefiro cidade com menos palestras sobre urbanismo, e mais ação. Aliás, como andam as revitalizações dos portos desativados no Rio, ou Recife? E como anda o Cais Mauá? Como anda o projeto pra nossa orla? E a orla da Diário?
    E quando vamos ter um Plano Diretor mais moderno e menos proibitivo????

    Mas não. Em Porto Alegre, a única coisa que tivemos nos últimos 3 anos foi:

    – “Seminário Internacional – Porto Alegre de Frente para o Guaíba” (2010)
    – “Construindo comunidades para as cidades do futuro”
    – “Fórum Parlamentar debate cidades sustentáveis” – Câmara Municipal de Porto Alegre”
    – “VIII Congresso Internacional de Transporte Sustentável”
    – “Seminário em Porto Alegre discute obras de mobilidade urbana da Copa”

    Pra que serviram todas tantas assembleias, debates, palestras, discussões ????????

    Curtir

    • Verdade Ricardo, pura verdade!

      Curtir

    • Cara, se não servem para nada é por que os orgãos públicos não aproveitam tudo que é debatido lá e decidem tudo a portas fechas, simples assim. Sequer divulgam direito as obras que já estão tocando. Deviam ter assessores, de preferência com bagagem técnica, participando dos fóruns.

      Curtir

  2. É legal a proposta… deveria ser obrigatório a presença de órgãos da prefeitura.

    Curtir

Trackbacks

  1. Jane Jacobs e o 4º Distrito por Anthony Ling | 4º Distrito de Porto Alegre
  2. Jane Jacobs e o 4º Distrito | Caos Planejado
%d blogueiros gostam disto: