Inter reserva Gigantinho e áreas do entorno para renda extra

Partes ao Sul do complexo Beira-Rio poderão render R$ 30 milhões por ano

Inter reserva Gigantinho e áreas do entorno para renda extra   Crédito: Divulgação Inter / CP

Inter reserva Gigantinho e áreas do entorno para renda extra Crédito: Divulgação Inter / CP

O Inter cedeu à Andrade Gutierrez passivos valiosos para compensar o investimento de mais de R$ 230 milhões necessários à reforma do Beira-Rio. Estacionamentos, bares, camarotes e 5 mil assentos VIPs servirão para remunerar a construtora nos 20 anos seguintes à reinauguração. Mas o clube, nas negociações que precederam a assinatura do contrato, reservou duas partes importantes do complexo Beira-Rio, que servirão para aumentar as receitas do clube em breve: o Gigantinho e boa parte das áreas ao redor do estádio.

Segundo os cálculos dos dirigentes, só os terrenos ao Sul do estádio, inclusive a área onde funciona um posto de gasolina, podem render R$ 30 milhões por ano. Nenhuma proposta concreta até agora foi feita. Mas várias empresas já procuraram o clube para conhecer os planos para o local. Entre as possibilidades estão um hotel, um shopping center e um centro de eventos – ou um complexo que abrigue os três. Duas novas ruas, ligando as avenidas Padre Cacique e Edvaldo Pereira Paiva, valorizarão ainda mais o complexo.

Além disso, há o Gigantinho. A Brio, empresa que administrará o Beira-Rio após a conclusão da obra, vai formalizar uma proposta semelhante à feita pelo Beira-Rio até o final da semana. A ideia é reformar o ginásio, transformando-o em um grande centro de eventos, capaz de receber shows e espetáculos para até 10 mil pessoas – pequenos, se comparados à capacidade do Beira-Rio. Em troca, a Brio poderia explorar o Gigantinho por um período a ser definido pelas duas partes.

Ambos são projetos para começar a serem construídos após a Copa do Mundo. Afinal, o Gigantinho será usado pela Fifa para atividades auxiliares, e os terrenos devem ficar livres para circulação do público. As tratativas, as negociações e também a análise e a provação por parte do Conselho Deliberativo devem ocorrer ainda em 2013.

AG queria incluir áreas no contrato, mas Inter não cedeu

As áreas que circundam o Beira-Rio são um ativo tão valioso que a AG, em uma derradeira tentativa de repactuar alguns pontos do negócio antes da assinatura do contrato, tentou incluí-las no acordo. Os dirigentes colorados, no entanto, não cederam às pressões da construtora e mantiveram as áreas.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:

22 respostas

  1. Como pode ser comprado se era um bem intransferível ??
    comprado por quanto ? já pagaram ? quem recebeu ? alguém já viu o recibo/ nota fiscal ? Pelo que me lembro, o Dep.Raul Pont (não sou do PT) havia denunciado que ninguém tinha visto cor de dinheiro algum.
    O aluguel do CT do Gremio/OAS, vamos combinar é apenas simbólico, “pro forma”. Tente você (ou eu) alugar um apartamento de 100 metros quadrados por R$ 28,00, ou uma loja de 1000m2 por R$ 280,00…bom esse “negócio” não é mesmo ?
    Não acho que tenha ninguém “bonzinho” nem em Gremio, nem em Inter. Acho que nesse mundo dos negócios ou das negociatas, é tudo igual.

    Curtir

  2. Pelo que consta a área que o Inter ocupa pertence ao Mun. Porto Alegre, o que é cobrado um percentual de R$ 45 mil pela área, mais a contrapartida do Inter em investir em projetos sociais.

    Moral da história, um grande negócio para o ente privado, claro que tudo isso a custa do cidadão que paga impostos.

    Enfim, um grande negócio entre amigos, o privado e o público, tudo sem a devida indenização e contrapartida, todo o lucro para o ente privado.

    Curtir

    • Esse aluguel se refere a um terreno ao lado do Gigantinho e representa uma ínfima parte da área total do complexo do Beira-rio. A questão pra mim é essa, não vejo problema do Poder Público repassar a iniciativa privada bens públicos, a questão é a gratuidade ou, o que é pior, toda essa relação ser decidido por interesses não coletivos.

      Curtir

      • Isso vale para todos ? Gremio/OAS também ? Que tal falarmos sobre o aluguel da área da Superintendência de Porto e Hidrovias por R$0,28 o metro quadrado, para o novo CT do Gremio/OAS ? Ou da transferência da área da Federação dos Círculos Operários, que era (não era?) inimputável, inalienável e intransferível, pois havia sido doada pelo Estado do RS à mesma Federação, para a OAS em um passe de mágica ??
        Pra não dizer que é só grenal, podemos falar sobre a ilha no litoral paulista que o senador Gilberto Miranda quer “privatizar”, pra ele claro.

        Curtir

      • Receber um aluguel é melhor que deixar um bem público abandonado ou doá-lo de graça.

        Curtir

      • Por outro lado, o terreno da Arena foi comprado do Círculo Operário e já não era mais um bem público.

        Curtir

      • A propósito, quanto o SCI está pagando de aluguel pelo terreno onde foi erguido seu novo CT, em plena APP?

        Curtir

  3. Quando fecharam a dpaschoal o boato ali no entorno é que era “para a construção do hotel”. Mas era fofoca…

    Curtir

  4. Áreas públicas, por sinal, EXPROPRIADAS da sociedade, sem qualquer indenização, para fins particulares.

    Agora sim.

    Curtir

    • É o clube do povo…

      Curtir

    • Julião.
      .
      O uso de áreas públicas por “timesssss” de futebol gaúcho (nacionais e internacionais também), não é uma invenção do Inter ou do Grêmio, por isto a legislação deveria prever que estas áreas não são propriedade nem do clube nem muito menos dos conselheiros, é uma propriedade difusa que a população sede voluntariamente aos torcedores.
      .
      Se quiseres ver a validade disto é só separar um pedaço de uma área pública qualquer e fazer um plebiscito se estas áreas podem ser doadas ao Inter e Grêmio, a grosso modo acho que o resultado da votação seria algo em torno de 90% sim e 10% não.

      Curtir

    • Gremista adorava falar que o Beira rio “é aterro, que é construído sob a àgua” e mimimi. Agora, vem com essa…

      Curtir

  5. Shopping não! Vai ficar na metade do caminho entre o Barra e o Praia de Belas. Sem contar o terreno da Cia Zaffari (aliás, como ficou a história do Zaffari comprar aquele prédio do lado e construir a nova sede para Federação que funciona ali?).

    Curtir

  6. Uma das minhas dúvidas, é sobre a “composição societária” da Brio. Quem manda ? Inter ou AG ? Ouvi a Diana Oliveira (vice-presidente do Inter) dizer que o o Beira-rio continuaria sendo administrado pelo Inter. Então acho que seria importante esclarecer qual o real papel da Brio.

    Curtir

    • Inter não faz parte da Brio (ainda). Da Brio (que é a famigerada sociedade de propósito específico) faz parte a AG e a BTG Pactual. Ela é responsável pela contratação e execução da obra, e depois de pronta, da exploração dos espaços que foram repassados para a AG (camarote, cadeiras, estacionamento e etc).

      Como foi dito, o estádio continua sendo administrado pelo Inter (para o bem ou para o mal)

      Curtir

    • Essa Brio é equivalente a empresa Arena Porto-alegrense. A diferença é que a APA gerirá todo a arena e o Grêmio manterá 2 diretores (de 5) com poder veto, enquanta a Brio administrará só parte da AG e sem qualquer ingerência dos colorados.

      Curtir

  7. Alguém sabe quando á area do posto de gasolina e arredores e inclusive o MecAurio, serão removidos?

    Curtir

    • Passei nesta semana, durante o dia, na frente do referido posto e aparentemente esta com cara de “fim de festa”.
      .
      Por exemplo, já não existe nenhum painel ou algo do tipo da loja de pneus que existia ali.
      .
      As bombas de gasolina não estavam abertas, somente a loja 24H tinha luzes acesas.

      Curtir

  8. Não foi a toa que demorou a assinatura do contrato. O Inter e AG fizeram acordos bons pra ambos.

    Curtir

  9. Como sou colorado, neste post me sinto a vontade de comentá-lo.
    Dá-lhe inter!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: