Serviço de radiotáxi em Porto Alegre custará R$ 1,95 a partir de abril

Alternativa a usuários é verificar, antes da contratação, se chamada é por rádio

taxi-porto-alergreAté abril, o serviço de radiotáxi passará a ser taxado em R$ 1,95 a cada chamada. O alerta é da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) que afirma existir lei desde 1976 que prevê o custo de chamada por radiotáxi. A lei foi modificada em 1986 e não era cobrada pelas empresas de telechamada. O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, explica que a lei determina a obrigatoriedade da cobrança. O pedido de cumprimento da lei foi feito pelo Sindicato dos Taxistas da Capital (Sintáxi) à Justiça.

O presidente do Sintáxi, Luiz Borges Nozari, afirma que os taxistas estavam sendo cobrados pelas empresas de radiotáxi e que elas não repassavam o custo da chamada para os passageiros. “O valor é estabelecido pelo poder público. O taxista só cumpre a lei, por isso não ficará com a imagem arranhada junto à população. O que não pode acontecer é o taxista pagar do seu bolso pelo serviço. Se as radiotáxis querem dar desconto, deve tirar do dinheiro delas”, sugere.

Cappellari explica que a alternativa para o usuário que não deseja pagar a taxa é saber, antes de contratar, se o serviço é chamado por rádio. Segundo a EPTC, há quatro centrais de radiotáxi em Porto Alegre.

****** Vale ressaltar que os táxis que atuam em ponto fixo e são chamados por telefone não podem cobrar pela chamada. A cobrança recai somente no serviço de teletáxi.

Além disso, os táxis da Capital só terão aumento na bandeirada no final de abril, de acordo com o Sintáxi, e o índice deverá ser o do IGP-M, atualmente em 8,2866%. Nozari alega que o sindicato chegou a pedir reajuste especial por conta do aumento da gasolina, mas como o índice não ultrapassou o da inflação, isso não pôde ser repassado ao usuário. “Nós aguardamos completar um ano do último reajuste, que aconteceu em 30 de abril de 2012. Estamos com 3.920 carros ativos e buscamos recuperar os outros 80 que estão inativos. Hoje, transportamos 200 mil pessoas por dia. A nossa tarifa está defasada e é a 18ª do país. Dos nossos 3.920 carros, apenas 13 não têm ar-condicionado. Nosso maior problema é a mobilidade urbana”, considera Nozari.

O gerente executivo da Associação de Transportadores de Passageiros por Lotação em Porto Alegre (ATL), Rogério Lago, está aguardando o aumento da passagem de ônibus para saber qual será o novo valor dos lotações. “O aumento da passagem sempre impacta, mas logo em seguida volta ao normal. Nosso movimento é relativo ao dos ônibus. Usamos o mesmo combustível que eles, mas não quero entrar nessa briga do aumento de passagem dos coletivos. O que nos tira passageiro é o aumento no uso de carros e motos e não o valor da passagem”, garante.

Correio do Povo

__________________________

O péssimo e congestionado serviço agora mais caro !



Categorias:Outros assuntos

15 respostas

  1. Taxi em Porto Alegre cobra tudo, sacolas de supermercado, transporte de animais (gato), não são todos os motoristas que cobram mas sempre tem os espertos. Uma corrida do Bourbon Ipiranga até minha casa custa R$ 7,00, estes dias um motorista me cobrou mais R$ 3,00 porque eu levava sacolas.(que ele nem ajudou a descarregar) Acharam barato mas não é, porque uma corrida do Iguatemi até a minha casa custa R$ 14,00 e comparando a diferença é enorme….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: