Smov realiza obras de conservação na Terceira Perimetral

Primeiro local a receber intervenções será a avenida Salvador França   Foto: Divulgação/PMPA

Primeiro local a receber intervenções será a avenida Salvador França Foto: Divulgação/PMPA

A Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) realiza, a partir desta segunda-feira, 18, serviços de conservação de trecho da Terceira Perimetral. O secretário Mauro Zacher explica que serão substituídas placas de concreto danificadas.

O primeiro local a receber este tipo de intervenção será a av. Salvador França (Terceira Perimetral), entre a rua Valparaiso e a av. Ipiranga. Para realizar a ação, a Smov vai aproveitar os bloqueios parciais já existentes em função das obras do viaduto da Bento Gonçalves. Ao todo serão trocadas 110 placas em um período de 6 meses. O investimento será da ordem de R$ 516.830 e os serviços serão executados pela empresa POA Construtora Ltda.

Prefeitura de Porto Alegre

___________________________

O que deveria ser uma rotina de manutenção de uma via urbana, vira notícia em Porto Alegre ! Que beleza !



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

14 respostas

  1. Para lembrar, o estado que se encontra o Terminal Mendes Ribeiro na 3ª Perimetral é algo que deixa qualquer cidadão indignado, para não dizer outra coisa.

    Quando realizarem uma manutenção adequada será tarde, talvez tenha que refazer a obra, tal como as placas de concreto.

    A quem interessa tudo isso.

    Curtir

  2. Sou morador do Bairro Jardim Botânico e posso afirmar que após mais ou menos 8 meses já haviam placas de concreto com avarias. Faltou garantia das obras, aí deixaram o tempo passar, abriram outra Licitação e lá se vai nosso dinheiro.

    Faltou fiscalização da obra, faltou manutenção preventiva, enfim faltou tudo, menos dinheiro público para refazer algo que foi feito com material de péssima qualidade.

    Viva o dinheiro do cidadão que paga impostos.

    Curtir

  3. Espero que, no mínimo, troquem concreto por concreto. Em todas as obras desse tipo da prefeitura nos últimos anos o concreto foi trocado por asfalto, típico de cidade que não reconhece a importância (porque nunca deve ter ouvido falar) da padronização.

    Curtir

    • Voltou a avaliação dos posts e voltaram os trolls que negativam coisas que não tem motivo nenhum pra ser negativado. Dureza.

      Curtir

      • Pois é … e já tem coisas estranhas acontecendo. Mais um pouco e cancelo de novo. Os que usam certo, pagam pelos que não sabem usar. Infelizmente.

        Curtir

        • Gilberto
          .
          Me parece coisa de quem só está acostumado com o feicebuque, tem aquela teclinha CURTI que eles apertam por qualquer motivo, aqui tem duas opções!

          Curtir

  4. E eu achando que iam trocar os gradis podres, cheios de ferrugem e/ou danificados por acidentes de trânsito e consertar as paradas do corredor, incluindo escadas rolantes e elevadores.

    Mas não, vão só arrumar o chão, que nem está ruim na 3ª perimetral se comparar com outras vias da cidade.

    É q a 3ª perimetral ainda não está completamente parada. Só vai ter 5 obras no meio dela. Eles precisam encontrar um jeito de piorar ainda mais.

    Curtir

  5. As placas de concreto tinham que ser de 70cm como são nas estradas da Alemanha (que é para não estragar nunca) aqui acho que não chegam a 40cm…
    Vocês já viram como estão as placas de concreto no Viaduto sobre a Nilo Peçanha?
    Manutenção é notícia, porque tudo o que não existe e de repente aparece é novidade e precisa ser noticiado….

    Curtir

    • Juliana
      .
      Não conheço quase nada da tecnologia do concreto para a pavimentação, mas me falaram que a empregada em Porto Alegre já está completamente defasada!
      .
      Agora isto estou vendendo o peixe pelo preço que me venderam! Não é a minha área, e qualquer afirmação que faço fora desta, está sujeita a chuvas e trovoadas.

      Curtir

  6. “(…) Ao todo serão trocadas 110 placas em um período de 6 meses (…)”

    Isso dá 18 placas/mês ou 0,6 placas/dia: turtle mode!
    Nem vou dizer que parece piada, porque isso já se sabe há tempos… aliás, essas placas de concreto são o que? Piso, bretes?

    Eu mandei email pra Prefeitura dando uma sugestão (!!!) de pegar as peças das paradas da Bento e arrumar as outras ao longo da Perimetral: tem várias estruturas corroídas e telhas retorcidas gritando “me troquem” – e o melhor, os reparos seriam sem gastos extras!

    Mas pelo visto foi pra caixa de spam…

    Ah, vale relatar a confusão que deu na 6a feira: a parada da Perimetral x Bento sentido NS estava colocada na calçada da Igreja São Jorge, até aí tudo bem.
    Mas as 17h30min, de uma 6a feira chuvosa, a EPTC resolve transferir a parada pra 1 quadra adiante e coloca um cartazinho tamanho A4 colada no poste e no lixo “A parada foi pra frente da loja Colombo”.

    Os azuizinhos? Uns 6 ou 7, dentro dos seus 3 carros e as pessoas brigando com os motoristas – que não foram avisados das mudanças!

    Curtir

    • isso aconteceu na parada em frente ao HPS, foi para frente do mercado do bom fim, mas depois retornou para frente do HPS…não entendi sinceramente.

      Curtir

  7. É até engraçado.

    Mas vou fazer o que?

    Curtir

  8. Importante, apenas esperamos que façam novas placas de concreto de verdade, posto que este atual é uma porcaria. Como uma avenida que não recebe trânsito de grandes caminhões, pode apresentar este pavimento trincado e se esfarelando? Má qualidade dos materiais e sobrepreço, tudo coisa engendrada pela administração que implantou a terceira perimetral.

    Curtir

    • Qualquer um que trabalha com concreto sabe que após coloca-lo, este deve secar o mais lento possível, colocando água em cima ou um plástico para impedir a evaporação. E de preferência em dias não muito quentes.

      Nunca vi uma obra pública com este cuidado… por isto que mesmo o concreto não dura nada.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: