Porto Alegre terá a tarifa mais cara entre as capitais

tarifa-onibus-poa

Jornal Metro – Porto Alegre

________________________

Momento descontração:

tri



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

33 respostas

  1. Mais Tris: Tri Quente, Tri Cheiroso, Tri Saculejante!

    Curtir

  2. Não tem problema.

    Por causa disso, vamos reajustar os preços lá na empresa, que presta serviços em siderurgia. Por consequência, o aço da GERDAU ficará mais caro, então o preço dos ônibus novos da Marcopolo também vai aumentar e, no fim das contas, NINGUÉM AUMENTOU SEU PODER DE COMPRA.

    Inflação e reajuste é um processo normal da economia monetizada, sempre com muita confusão no meio.

    Não tem problema, só a total perda de tempo envolvida nessas brigas.

    Curtir

  3. Passagem mais cara do Brasil.
    Cesta básica mais cara do Brasil.
    Apartamentos (imóveis) mais caros do Brasil.
    Gasolina em Porto Alegre mais cara do que em Tramandaí e Imbé.

    De um jeito ou de outro, Porto Alegre é a capital mundial do assalto!

    Curtir

  4. Adorei o “momento de descontracao” !

    Curtir

  5. Esse é o preço de fazer concessão oligopolista de um mercado com demanda altamente inelástica. As empresas também não exercem pressão concorrência entre si, aliviando a necessidade de incremento de qualidade e de satisfação do serviço.

    Curtir

  6. Excelente…

    Vou gastar 9 reais por dia em passasgem de onibus.

    Meu comentario sobre os carros vocês ja conhecem, né?

    Estacionamento da Puc ta 4 reais, mais 2 pro flanelinha, sobra 3 pila, que da um litro de gasolina, com isso eu rodo uns 10km….

    Sorte que eu consigo uma caroninha da parada de bus, se não seriam 12 reais em passagens…

    Ainda sai um pouco mais caro ir de carro, mas só em ter o ar, conforto e a segurança, ja paga isso….

    Ainda bem que incentivam o transporte publico… sóquenão….

    E tem uns que acham que a solução disso é aumentar os impostos dos carros e do combustivel…

    Curtir

    • A questão do carro tens que levar em consideração o valor do ativo. Então, de início para comparar tu tens que criar 2 cenários ou mais, vejamos:

      1. Compra de carro/moto à vista;
      2. Financiamento do carro/moto.

      Se escolher o cenário 1, mais rápido de explicar, o cidadão já sai com um valor inicial de gasto de valor igual ao do carro que ele comprou, suponhamos que seja um popular na faixa dos R$ 25.000,00

      Custo de aquisição mais impostos e seguro poderá superar os R$ 28.000, enquanto que quem usará o transporte público sai com um custo perto de zero.

      Obviamente que questões de conforto, luxo, rapidez e outras variáveis podem influenciar na decisão, mas são R$ 25.000 de motivos.

      Resumindo, o transporte público sempre é mais barato do que o transporte privado. O que ocorre é a diferença de tratamento entre os administradores públicos para as questões de conforto, rapidez e etc…

      No Brasil temos a tradição colonial de transporte público ser aquele em que se levavam os escravos para um ponto ao outro, de levar os trabalhadores rurais de seus acampamentos para a lavoura e isto apenas se transferiu para a cidade com o passar dos séculos.

      Países onde esta transição ocorreu de forma desenvolvida e organizada resultou em transportes públicos muito bem conceituados, enquanto que em outros onde se manteve a tradição e não evolução o transporte não evoluiu em nada.

      Abs.

      Curtir

      • Os R$ 25.000,00 não são puramente um custo, tendo em vista que o carro possui valor de mercado para revenda.

        Curtir

        • Sim, mas a desvalorização é alta. Tipo, uns 10% ao ano eu acho.

          Sem falar que vais pagar juros de financiamento. Não gastando, podes investir o valor e ganhar juros.

          Curtir

        • O valor do carro em si não é puramente um custo, ele é um bem (que desvaloriza claro, assim como qualquer outro), porém é necessário para fazer vários trechos que ficariam complicados na utilização de transporte público. Para viajar, para ir ao supermercado ou ao shopping, para fazer um passeio nos findis, por exemplo. Agora concordo que no dia a dia, para trabalhar, seria melhor a utilização do transporte público, se ele fosse eficiente e barato! Mas como não é, às vezes sai mais barato andar com o seu próprio carro. Antes que me julguem, eu digo que não tenho carro e sofro com o transporte público de Curitiba, que não é nem um pouco da maravilha que divulgam por aí, embora seja melhor que o de POA, e, por isso, já estou pensando em comprar um carro.

          Curtir

      • O Brasileiro ta aprendendo que carro não é um investimento, e sim, um bem de consumo, assim como uma TV, um celular.

        A maioria das pessoas vão ter um carro, quantas pessoas não tem um carro e usam apenas para viajar?

        Pagam os impostos e tudo mais, conheço varias pessoas assim, durante o dia usam taxi, lotação e/ou onibus para ir trabalhar/estudar.

        A manutenção do carro segue igual de 6 em 6 meses, alguns de 1 em 1 ano, precisa pagar, não importa a quilometragem.

        Até então poderiamos dizer que valeria mais a pena ir de bus pro trabalho, assim não precisa pagar o estacionamento e todo bla bla bla… mas com a passagem custando mais de 3 reais ja não vale mais, ai vai de cada pessoa.

        Na minha familia tem gente que vai de taxi por que não gosta de dirigir, deixa o carro para viajar, tenho um amigo que vai de onibus pro centro pra não ficar se incomodando com estacionamento… mas po, agora o cara precisa gastar no minimo 6 reais por dia pra ir e voltar do trabalho, fica complicado.

        Ai quem tem essa idéia desiste de vez.

        Curtir

  7. Procede essa informacao do individuo ali de que as passagens de Curitiba sao subsidiadas pelo governo?

    Curtir

  8. Esse tipo de comparação é muito simplista, uma vez que se baseia nos valores absolutos das passagens, não considerando as realidades ecônomicas de cada cidade. você só pode dizer que uma coisa é mais cara do que outra se comparar produtos iguais e sob as mesmas condições de aquisição. Então, o que pode ser caro aqui, pode ser barato em SP e vice-versa.
    Além disso não temos acesso a planilha de custos, para saber se o valor da passagem está inadequado ou não.

    Curtir

  9. Veja que a passagem de PoA é mais cara que em Florianópolis, onde não há corredor de ônibus exclusivo (gastam mais combustível) e com uma única tarifa pode-se cruzar a linha de norte a sul (uns 100km)

    Curtir

  10. Vi numa outra fonte ontem que existe uma capital cujo a passagem custa 3,40 não lembro agora…

    Curtir

  11. Retiram os ônibus reserva do cálculo, incluem o desoneração da folha de pagamento e ainda assim aumenta 20 centavos? Foi isso mesmo que aconteceu?

    Curtir

  12. E como diz Juremir:

    – As empresas fraudaram o cálculo do aumento das passagens?

    – Mesmo?

    – O Tribunal de Contas provou isso.

    – Foram punidas?

    – Com um aumento de R$ 2.85 para R$ 3.06.

    – Deus do céu. Devem estar furiosas.

    (http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=3955)

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: