Estudantes protestam e reivindicam passe livre em Porto Alegre

Grupo de 120 pessoas realizou passeata e causou problemas no trânsito

Estudantes protestam e reivindicam passe livre em Porto Alegre  Crédito: Tarsila Pereira

Estudantes protestam e reivindicam passe livre em Porto Alegre Crédito: Tarsila Pereira

Cerca de 120 estudantes da Colégio Estadual Júlio de Castilhos, organizados por seu Grêmio Estudantil, realizaram uma passeata da escola até a prefeitura de Porto Alegre por volta do meio-dia desta segunda-feira. A mobilização causou problemas no trânsito nas avenidas Salgado Filho e João Pessoa, até a altura do Parque Farroupilha.

Com cartazes dizendo frases como “Pule a roleta e revide”, o grupo protestou em frente ao Paço Municipal. Guardas foram deslocados para proteger a entrada do prédio com cordas. Os alunos queriam uma audiência com o prefeito José Fortunati para reivindicar passe livre. “Queremos o passe livre estudantil, como existe em outras capitais. A passagem é muito alta e os estudantes têm dificuldades para pagá-la. Isso acaba gerando uma grande quantidade de reprovações por excesso de falta”, reclamou o vice-presidente do Grêmio Estudantil do Julinho, Cristian Lucas.

Depois do protesto no Paço Municipal, os estudantes seguiram até a sede da prefeitura na rua Siqueira Campos. O movimento causou novo engarrafamento na via e também na avenida Mauá.

Correio do Povo

____________________

Esse grupo de estudantes quer que a passagem encareça mais ainda …

 



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

29 respostas

  1. Tarifa Zero.
    Fora máfia oligopolista do transporte público!

    Curtir

  2. Passe livre?

    KKKKKKKKKKKK

    Curtir

  3. Na TVCOM ontem apareceu um argumento interessante…

    O aumento da passa está sendo justificada pela redução de passageiros pagantes. Um sistema desconfortável, lento, tão caro que vale a pena ir de carro ou qualquer outro meio. Como é que não haverá redução de pagantes? Só anda nele mesmo que tem gratuidade mesmo…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: