Contrato entre Inter e AG gera dúvidas

Conselheiro disse que construtora foi a “maior protegida” em acordo com clube pela reforma do Beira-Rio

Conselheiro disse que construtora foi a maior protegida em acordo com clube pela reforma do Beira-Rio  Crédito: Site Inter / Divulgação CP

Conselheiro disse que construtora foi a maior protegida em acordo com clube pela reforma do Beira-Rio Crédito: Site Inter / Divulgação CP

Pouco mais de 15 meses depois de ser aprovado pelo Conselho Deliberativo do Inter por 229 a 47 votos, o contrato com a Andrade Gutierrez volta a ser questionado. A empreiteira, que levou mais de 260 dias para começar a reforma do Beira-Rio, foi, segundo influente conselheiro colorado, “a maior protegida”.

Segundo o mesmo conselheiro, há algumas cláusulas, como a possibilidade de a construtora prorrogar por mais 20 anos o contrato de exploração de espaços, sem possibilidade de negativa do Inter, o que pode comprometer a instituição no futuro. Os espaços entregues, segundo revelou o ex-presidente Vitorio Piffero em seu blog, em março de 2011, são o “filé”, referindo-se às suítes, camarotes e cadeiras VIP “que são as áreas que pagam a operação e dão lucro em todos os estádios do mundo”.

Outro conselheiro, integrante da diretoria passada, afirma que “menos de 50% dos conselheiros leram o contrato. E os que leram tiveram pouco tempo para passar os olhos por mais de cem páginas, mais anexos”. Muitos conselheiros, especialmente os de Oposição, se irritaram com as regras estabelecidas para a análise da minuta do contrato da parceria entre o clube e a construtora.

A papelada ficou em uma sala de reuniões do Beira-Rio, e quem leu precisou assinar um termo de responsabilidade, no qual se comprometeu a manter sigilo. Este mesmo conselheiro diz ainda: ‘Se o contrato é tão bom assim como afirma o presidente Giovanni Luigi, porque este sigilo todo?”

Na época da leitura, a direção estabeleceu regras rígidas. Os conselheiros não puderam entrar na sala portando aparelhos eletrônicos, fazer anotações e, obviamente, tirar cópias. Mais: colocou um segurança fiscalizando. O contrato entre Inter e AG voltou a ser questionado depois do vazamento do contrato entre Grêmio e OAS e das críticas que a Arena vem recebendo da nova direção, comandada por Fábio Koff.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:,

24 respostas

  1. Por que será que esse contrato deveria ser secreto? O que esperavam?

    Curtir

  2. rsrs Muitos secadores falando do negocio com a OAS, mas o fato e’ que quase ninguem leu o contrato do co-irmao com a AG. Essa noticia vem a calhar.

    Curtir

  3. Blasfêmia!
    Querem desviar a atenção da burrada que o Grêmio fez com a OAS, na tentativa desesperada de “roubar” a Copa do Inter.
    A grenalização sempre impera nesse estado e esses jornaleiros fazem de tudo para agradar ambas partes, principalmente quando a gangorra está muito pesada para um lado.

    Curtir

    • Sim o contrato da Arena é terrivel e o do Beira rio é otimo! HAHAHAH Ata!
      A arena vai sim dar lucros coisa q o olimpico nao dava e ainda trocamos para um estadio espetacular. Ja toda a receita nova que o beira rio poderia gerar com a reforma vai para a AG por 20 anos e ainda podem prorrogar por mais 20 anos.

      Curtir

  4. Pois é… pimenta no dos outros é refresco, não é mesmo colorados?

    Curtir

  5. QUE NOJO TO PEGANDO DO MEU ESTADO

    Curtir

  6. Será que os dois clubes seriam burros o suficiente de fazer um negocio podre?

    Eu não confio na midia gaucha quando se trata de futebol, e isso faz tempo, não duvido que essa palhaçada toda seja coisa pra vender mais jornais.

    Só vou me preocupar quando essas coisas sairem no site da GLOBO, que no geral, não sai colocando “duvidas]’ no site.

    Mas se for real, temo pelo nosso futebol.

    Palavras de um gremista.

    Curtir

  7. Mas ainda essa história.
    Não sei se já escrevi isso aqui, mas vou repetir.
    Em julho/agosto de 2007 o então Presidente Vitório Píffero apresentou à FIFA o projeto de remodelação do estádio Beira-rio (José Pinheiro Borda), prevendo um custo “estimado” de R$ 150 milhões para a reforma. Dinheiro esse, que seria oriundo da venda dos Eucaliptos por R$ 50 milhões e da venda de 100 camarotes por R$ 1 milhão cada. Entre outras coisas, Píffero afirmou: pretendemos estar com a cobertura nova do estádio pronta para o centenário (abril 2009).
    Pois bem, o estádio (terreno) dos Eucaliptos foi vendido em 28/8/2010 (!) por cerca de 24-25 milhões de reais (metade do valor estimado inicialmente).
    Das 100 suites (camarotes) conseguiram vender 10 (compromisso de venda).
    Como faltava muito dinheiro para fechar a conta, Vitório Píffero recorreu a cerca de 10-11 bancos para obter empréstimos. Voltou de mãos vazias.
    Então por favor, parem com essa falácia de “reforma com recursos próprios”. Isso não existe.
    Além do que, o Inter vai manter as suas principais receitas: dinheiro da TV, sócios, venda de jogadores, exploração das placas de publicidade do gramado. Terá preferência pelo uso do estádio.
    Ontem li uma tremenda besteira na coluna do Juremir. Um “conselheiro” disse que a AG irá explorar as cadeiras VIP, o lugar “da sombra” !! Mas o estádio será todo coberto ! Não haverá mais área de sol ou sombra nas acomodações. É muita desinformação!
    Sugiro que entrevistem exaustivamente o Pres. Luigi e a vice Diana de Oliveira sobre as obras e o contrato. Ao invés de ficarem plantando especulações infundadas.

    Curtir

  8. Vamos às considerações:

    1) Esse “filé” referido atualmente não existe, investimento da AG = lucro da AG, não é justo?

    2) O contrato é tão bom pra AG que a mesma só assinou após pressão presidencial.

    3) Cláusulas de confidencialidade são comuns em contratos.

    4) O Inter não tinha outra alternativa além da parceria: a reforma atual está orçada em R$ 350 milhões, sendo que na época da idéia da reforma com recursos próprios várias instituições financeiras recusaram o financiamento. A AG possui o know-how de construções de grande porte, o Inter não pois é um clube de FUTEBOL.

    Curtir

  9. A famosa rivalidade grenal entrando em campo…Como o Grêmio tá cheio de atrito com a OAS já tão plantando coisa no Menino Deus. E o rabo do cavalo do RS segue crescendo firme e forte, só que pra baixo.

    Curtir

    • Daniel,

      E pq as coisas foram plantadas no menino deus e não no humaitá?

      Sigilo? se algo é tão bom assim pq sigilo? e isso não é noticia plantada pq lembro muito bem dessas informações na época.

      Tinham que assinar o sigilo e tinham alguns minutos pra ler uma caralhada de paginas!

      40 anos sem nada de lucros no “filé do estádio”? kkkkkkkkkkk

      Ou 20 anos lucrando 65% ?

      Curtir

      • Michel,
        os problemas da OAS com o Grêmio foram explicitados por um ex-presidente (Hélio Dourado se não me engano) e pelo próprio presidente Fábio Koff. Agora vem esse tal de “dirigente” do Inter que ninguém conhece e nem vai conhecer largando essas.
        Na boa, “notícia” assim, com um importante dirigente que disse que outros disseram é bem velha na imprensa esportiva, quem acompanha futebol sabe que não dá pra considerar…
        Se era tão bom pra AG porquê a Dilma teve que obrigá-los a assinar?

        Curtir

  10. Em breve, na frente do estádio do Inter, uma placa escrito: VENDIDO

    Curtir

  11. E por que só agora é que se sabe disso tudo? Não seria coisa de desafeto gratuito?
    É evidente que houve alguma ilicitude, pois no Brasil as maiores safadezas encontram-se embutidas nas grandes obras. As empreiteiras são os maiores vilões de todas as roubalheiras. Vilões comprovados. É só apurar.
    Mas que fossem publicadas as dúvidas enquanto havia tempo de mostrar quem eram os apre$$adinhos na obra.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: