IBM e Procempa projetam Cidade Cognitiva – Smarter Cities Challenge

Capital foi uma das 31 cidades no mundo escolhidas para desenvolver o projeto  Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Capital foi uma das 31 cidades no mundo escolhidas para desenvolver o projeto   Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Nesta terça-feira, 09, a Procempa receberá comitiva de executivos da IBM para tratar sobre o projeto Smarter Cities Challenge (SCC). Oito representantes de seis países diferentes se reunirão com a presidência da companhia para abordar a criação de um sistema capaz de simular impactos antes de tomadas de decisões sobre obras e ações demandadas pelo Orçamento Participativo.

Esse projeto, chamado de Cidade Cognitiva – capaz de organizar informações para avaliar o impacto futuro–-, será desenvolvido pela Procempa em parceria com a Secretaria Municipal de Governança Local (SMGL). O objetivo do desafio é transformar Porto Alegre em uma cidade cognitiva, com uma grande participação on-line e off-line de todos os setores para a construção da cidade de forma inovadora, colaborativa, aberta e inteligente.

Porto Alegre foi uma das escolhidas para receber o SCC

A Capital gaúcha foi uma das 31 cidades no mundo escolhidas para receber o SCC em 2013. O anúncio foi feito pelo prefeito José Fortunati durante o Smarter Cities Challange Summit, em Nova York, que ocorreu em novembro de 2012.

No Brasil, duas cidades já receberam a iniciativa: Rio de Janeiro (entre 2010 e 2011) e Curitiba (em 2012).

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

2 respostas

  1. Talvez com este estudo os Agentes Públicos do erário público de Porto Alegre terão a noção do que falta para vender ou arrendar as áreas públicas da cidade.

    Será o projeto do futuro que está ora em andamento, questão de tempo.

    Talvez façam renascer o Orçamento Participativo que atualmente é feito conforme as necessidades eleitorais de quem comanda o Paço Municipal.

    Curtir

  2. legal ser uma cidade cognitiva e tal… mas quem sabe fazemos bem o feijao e arroz primeiro (ou em paralelo)? boas e uniformes calçadas, acessos com rampas (para o deficiente e para o carrinho de supermercado também), ruas asfaltadas com asfalto de qualidade, policiamento preventivo (nao reativo), sinalizaçao de trânsito coerente e bem comunicada, saneamento básico, semaforos para pedestres em todos os lugares onde se faça necessário, ciclovias com acabamento decente, monumentos bem cuidados, parques seguros, tempos nas paradas de ônibus, etc etc. nosso ponto de partida está muito aquém de cidades como nova york (ou mesmo menos conhecidas). de qualquer forma, sou a favor de qualquer influência de pensamento positivo que chegue a nossa prefeitura. abraço

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: