Justiça autoriza continuidade das obras de duplicação da Edvaldo

avenida-beira-rio-2010-ivo-goncalvesA juíza Nadja Mara Zanella, da 10ª Vara da Fazenda Pública do Foro Regional da Tristeza, indeferiu parcialmente o pedido liminar encaminhado pelo Ministério Público estadual e autorizou a prefeitura a remover as árvores que se encontram sobre o traçado da avenida Edvaldo Pereira Paiva e a dar continuidade às obras de duplicação da via. A juíza decidiu que poderão ser removidas as árvores que se encontram no trecho compreendido entre a futura rótula da Edvaldo Pereira Paiva e a rótula das Cuias.

De acordo com a decisão, o trecho está fora dos limites sugeridos na ação civil pública movida pelo MP para a instalação do Corredor Parque do Gasômetro. “Como a área mínima do referido parque não alcança a avenida Loureiro da Silva e o parque Maurício Sirotsky Sobrinho na parte em que está previsto corte de vegetais, não se justifica a suspensão do corte e das intervenções planejadas para estas áreas específicas”, alegou a magistrada.

Ainda de acordo com a decisão judicial, fica suspenso – por cautela – até o recebimento de mais informações, apenas o corte das árvores localizadas na avenida Presidente João Goulart, entre a rua General Portinho (que delimita a Praça Brigadeiro Sampaio) e a futura rótula da avenida Edvaldo Pereira Paiva, num total de oito unidades.

Compensação

Para as obras de duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva está prevista ainda a retirada de 101 árvores em toda a extensão do trecho IV (da General Portinho até a rótula das Cuias), sendo 70% espécies exóticas ou invasoras e nenhuma rara ou ameaçada de extinção. Todos esses vegetais estão localizados fora das áreas de praça e parques municipais, integrando a arborização viária. Eles encontram-se sobre o recuo viário da avenida Edvaldo Pereira Paiva, previsto no Plano Diretor. Como compensação vegetal, está definido o plantio de 401 mudas de árvores nativas distribuídas em diversas áreas subjacentes, além de outras 2 mil que integram o projeto de arborização urbana.

Parque

Na ação civil pública, o MP pediu a instalação de um parque inviável juridicamente, já que inclui área de propriedade do Estado do Rio Grande do Sul (ponta do Cais Mauá) e áreas de praça e parque já criadas por lei. A prefeitura defende o projeto de revitalização da Orla, também conhecido como Projeto Orla, que contempla não apenas todo o entorno do Gasômetro, mas estende-se até a rótula das Cuias.

O Parque Urbano Orla do Guaíba, projetado pelo arquiteto e urbanista Jaime Lerner, teve Estudo de Viabilidade Urbanística aprovado pela Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge), pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural e pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e deve ser licitado ainda no primeiro semestre.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Duplicação de avenidas

Tags:,

18 respostas

  1. Comercial: Não percam! Os próximos capítulos da nova novela das nove, que os Gaúchos não cansam de ver e resto do Brasil não consegue entender! De um lado a Cidade de POA e sua população versus as forças ocultas do #RSDONÃO e seus aliados eu seria alienados.

    PS: Fechei com o Ricardo M (7 coisas que a prefeitura poderia providenciar que iriam melhorar muito o transito).

    Curtir

  2. 1) Regular, fiscalizar e licitar o transporte de ônibus em Porto Alegre.
    2) Resolver o problema da máfia dos taxis.
    3) Implementar (finalmente) o metrô.
    4) Investir em transportes alternativos (catamarã, VLT, aeromóvel, etc).
    5) Realizar a implementação e expansão dos BRTs com qualidade e planejamento.
    6) Retirar vagas de estacionamento das vias principais.
    7) Ampliar e conectar a rede cicloviária (não adianta ter várias que ligam o nada a lugar nenhum).

    Tá aí 7 coisas que a prefeitura poderia providenciar que iriam melhorar muito o transito. Mas tem cabeças por lá (e por incrível que pareça na população em geral) que preferem só sair jogando asfalto por tudo.

    Curtir

  3. Pela decisão da justiça, somente está liberada a obra que vai das duas rótulas (a das Cuias e a da futura um pouco antes do gasômetro).

    O parque continua suspença o corte.

    Quero ver o resultado disso, 2 avenidas de trânsito rápidos, de 3 pistas cada, afunilando em 2 pistas a 40km/h (sem falar das 2 sinaleiras extras).

    Qualquer pessoa com o mínimo de cérebro (até mesmo os eng da EPTC) sabem que não adianta fazer nada se afunila no final. Mesma coisa na volta (percurso centro – bairro). Os congestionamentos na Mauá continuarão e até serão maiores (pela 3 sinaleiras em vez de 2).

    O esquema da sinaleira no projeto atual é risível (vão colocar mais 2 sinaleiras).

    Mas com a suspenção do corte no parque (aquele que fica em frente do Gasômetro) pelo visto o projeto de expansão para 3 pista cada lado não vai mais sair.

    Sem falar que em qualquer acrescimo de faixa a lei obriga colocação de ciclovia.

    Curtir

  4. Vai ficar impossível acessar orla, além de ir contra um dos maiores orgulhos porto-alegresnes: capital com maior arborização do país. Tudo para as pessoas poderem andar no seu carrinho para fugir do transporte público, que é rídiculo em boa parte por culpa da própria prefeitura (vide história do metrô). Tá tudo errado!

    Curtir

  5. Parabéns a todos defensores ferrenhos das “obras para o progresso”. Hoje eu tenho 35 anos e só verei árvores naquela parte da orla com o mesmo porte quando tiver uns 70 anos de idade (sabendo que a avenida alargada e “qualificada” estará entupida de carros com IPI zero em pouco tempo).

    Curtir

  6. Vamos continuar com esse projeto mal feito e o pessoal comemorando. Mad não gostei mesmo do papo sobre o parque do gasômetro, acho que vão apelar para o judiciário dizendo ser inconstitucional.

    Curtir

  7. Vcs estão dando parabéns para mesma equipe que “erra” um orçamento por 7 bilhões. Certamente essa avenida que querem fazer deve ter sido muito bem planejada

    Curtir

  8. Quanto tempo perdido com discussões inúteis.

    Curtir

  9. Feitooooooooooo

    Curtir

  10. Militantes do PT e PSOL, digo, estudantes, perderam essa.

    Curtir

  11. Aleluia irmão!!!! Que não venha um ecoirritante ficar pendurado em uma das árvores pra impedir o corte, isso sim!!!!!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: