Finalizada segunda etapa das obras da Sala Sinfônica da OSPA

Ato simbólico marca o fim da segunda fase das obras da Sala Sinfônica da Ospa

SA_OSPA_EXTSOA Orquestra Sinfônica de Porto Alegre irá comemorar, nesta quinta-feira (18), às 11h, o término de mais uma etapa das obras de sua Sala Sinfônica. Estarão reunidos no canteiro de obras (Loureiro da Silva, nº 165) o secretário de Estado da Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil; o presidente da Ospa, Ivo Nesralla; o presidente da Fundação Cultural Pablo Komlós (FCPK), Luiz Osvaldo Leite; e o engenheiro autor do projeto, Ismael Solé.

A Epplan Construtora LTDA foi a empresa responsável pela execução da etapa recém-finalizada, que consistiu na construção de blocos de concreto armado nas cabeças de estacas para apoio dos pilares do prédio.

Na próxima segunda-feira, 22 de abril, às 14h, serão abertos os envelopes da licitação de concorrência para a terceira etapa das obras, na qual será construída a supraestrutura do prédio. O edital pode ser acessado no site www.celic.rs.gov.br. Mais informações: (51) 3288-1176 ou ouvidoriacelic@sarh.rs.gov.br.

As duas primeiras etapas da construção (estaqueamento e blocos de concreto) foram financiadas por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio de Banrisul, Souza Cruz, Vonpar, Lojas Renner, SulGás, Randon, Celulose Irani e Habitasul, e apoio de STIHL, BarraShopping, Marcopolo, Pactum e CIEE, através da FCPK.

A terceira etapa será custeada por verba de convênio firmado entre o Ministério da Cultura e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul. A previsão é de que a Sala Sinfônica da Ospa seja inaugurada no segundo semestre de 2014.

Sala Sinfônica da Ospa

Desde sua fundação, em 1950, a Ospa não tem uma sede própria. A necessidade de possuir ambientes compatíveis com os projetos que desenvolve levou a Fundação Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Fospa) a buscar, ao lado da Associação de seus funcionários (Affospa), a edificação de uma Sala Sinfônica, com áreas complementares para abrigar os arquivos musicais e demais atividades de apoio aos seus projetos socioculturais. Para tanto, em 2004, foi criada a Fundação Cultural Pablo Komlós.

Em 2008, a Prefeitura Municipal de Porto Alegre cedeu o terreno para a construção, na Avenida Loureiro da Silva, nº 165, no Parque da Harmonia, local de fácil acesso e deslocamento para os usuários, utilizando a infraestrutura urbana existente. A aprovação unânime dos vereadores da cidade para esta concessão deixa clara a importância da orquestra para os porto-alegrenses e para toda a população gaúcha.

O projeto inclui museu da música, sala de concertos, salas de ensaio, escola de música e sede administrativa. As obras iniciaram em março de 2012. Para saber mais sobre o projeto, visite www.ospa.org.br.

Texto: Assessoria de Imprensa
Edição: redação Secom

Portal do Governo do Estado do RS



Categorias:Teatro da OSPA

Tags:,

4 respostas

  1. Parece piada que, no Brasil, eles licitam uma obra pequena dessas em partes.

    Curtir

  2. medo disso… sei la, algo dando certo?
    Mesmo que lentamente?

    Preocupante…

    Curtir

  3. boa noticia só espero que as obras não atrasem ,

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: