2 respostas

  1. Eu acredito que cada cidade deveria ter um local para colocarmos essas pessoas. Não adianta enviar para cidades próximas, pois a mesma coisa irá acontecer. Se cada uma tivesse um local adequado daríamos melhores condições para estas pessoas, podendo, inclusive, darmos educação, direcionamento, … Acho que deste jeito isso tudo seria resolvido. É sempre mais fácil gerir inicialmente pequenas porções.

    Curtir

  2. Esta é com certeza uma das tarefas mais difícil do governo Tarso. Trabalhei no PCPA há 27 anos é a história ja era a mesma. A realidade é que o Estado não tem condições para ter um sistema Penitenciário, em muitos presídios o regime e de carceragem. Com ceteza ja houve muitos avanços com é o caso das Penitenciárias Moduladas que, se for respeitado o número adequado de presos por celas e um efetivo consideravel para atender o fluxo das atividades do estabelecimento temos um regime de penitenciarismo. Todos governadores tantaram resolver o problema do Presídio Central, principalmente em épocas de eleições. O governador Brito quase conseguiu resolver o problema, coma venda do PCPA, mas por ironia do destino a área do Partenon conhecido com a Chacara dos Bombeiros, era uma área verde sem o tombamento no registro de imóveis e, até a conclusão do tombamento do PCPA e Corag, o perdeu-se a grande negocio. Agora estou um pouco mais otimista, pelo fato ter uma dimensão internacional, podendo até comprometer a alocação de verbas internacionais para o Estado. Em fim, estou torcendo para que o sonho do governador e de nos moradores do Partenon, que ja carregamos esse elefante branco por tantos anos e, que so atrasau o progresso do Bairro Partenon saia do papel e torne-se realidade.
    Ivo Oliveira.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s