Um impasse na reforma do Beira-Rio

Esse post foi feito a partir de uma matéria da edição impressa do Jornal Zero Hora de 20/04/2013.

Foto: Beira-Rio.com

Foto: Beira-Rio.com

A Prefeitura de Porto Alegre enviou ofício ao Inter e ao Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014 com um recado bem direto e, de certa forma, preocupante. Não depositará um centavo na obra de reforma do Beira-Rio. Do portão de entrada para dentro, é com a Andrade Gutierrez e o clube.

O problema é que a pavimentação de toda a área interna não estão no contrato entre o Inter e a AG. Está criado um grande impasse, já que esta área vai ser usada como estrutura temporária a partir do início de 2014, e durante a Copa pela Fifa.

Um detalhe: no contrato entre Inter e AG não existe uma linha sequer sobre isso.

A prefeitura já oficializou a sua posição: não pode colocar dinheiro em uma obra privada, sob pena de responsabilização judicial do prefeito.

Pode parecer uma obra banal, mas não é. Trata-se de um projeto de urbanização e iluminação diferenciados.

Não se sabe quem pagará esta conta. Até dezembro, há tempo suficiente para resolver o impasse. Mas mico pior do que um estádio padrão Fifa, com cobertura, prédio garagem, lojas, sky boxes e camarotes vip cercado de areião por todos os lados não pode haver.



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, ,

35 respostas

  1. O Blog pode ser apartidário. E de fato é!!!

    Mas veste azul, preto e branco.

    E nas questões da Copa do Mundo (grêmioXinter / arenaXbeira-rio) passa longe da imparcialidade….

    Curtir

    • Essa notícia é da Zero Hora. Estou apenas reproduzindo-a. Obrigado pela inestimável contribuição ao debate.

      Curtir

    • Não vai ser pelo teu comentário que deixarei de publicar matérias sobre o Estádio Beira-Rio que sejam do interesse geral ou da Arena do Grêmio. Sou gremista sim, mas já publiquei matérias negativas da Arena. Eu poderia ser hipócrita agora ou mentiroso e dizer que eu não tenho time. Mas tenho. Desde criancinha sou gremista. Família de gremistas. Mas esta notícia é importante pelo fato do estádio Beira-Rio ser o estádio da Copa, o que lhe confere importância acima de times. É o estádio de Porto Alegre na Copa. Portanto, continuarei a postar matérias sobre ele, positivas ou negativas. Se és colorado, ajuda a investigar esta questão. Abraço do responsável pelo Blog, porto-alegrense e gremista.

      Curtir

      • O Blog faz muito bem seu papel de forum de discussão para os problemas da cidade.

        Mas não mudo uma vírgula do que escrevi sobre a sua imparcialidade aos assuntos de arenaXbeira-rio e grêmioXInter

        Ademais o blog é seu e tem o direito de publicar o que bem entende.

        Abraço,

        Curtir

        • OK João. Tudo bem. Aceito críticas sem problema. E vocês podem me cobrar se eu exagerar. Devo ser o mais neutro possível. As vezes não consigo como falei antes para o Rogério. Mas com educação vocês podem me cobrar, numa boa. Abraço.

          Curtir

      • Gilberto.
        .
        Trombonear não, mas mostrar as suas cores, não vejo problemas.

        Curtir

        • Exato Rogério. Concordo. Eu, apesar de gremista, procuro me manter neutro. As vezes não consigo. Sou humano. Mas estou sempre consciente de que preciso me conter. Mas não tanto… 😉

          Curtir

        • Gilberto.
          .
          Ficar alegre com os sucessos de seu time é algo extremamente normal e saudável, tanto isto como colocar para fora o sentimento. O que poderias censurar é aqueles que tripudiam com as derrotas dos adversários, isto é anormal.
          .
          Eu sou colorado, e meu filho mais velho é gremista, quando ele era pequeno e o Grêmio estava ruim das pernas, aprendi a ver um jogo na TV e não ficar torcendo contra, ficava simplesmente observando.

          Curtir

  2. “”””Mas mico pior do que um estádio padrão Fifa, com cobertura, prédio garagem, lojas, sky boxes e camarotes vip cercado de areião por todos os lados não pode haver.””””

    Texto escrito por gremista invejoso. Só pode ser.

    Curtir

  3. Vamos por partes:
    1) Só os conselheiros e envolvidos na obra conhecem o conteúdo do contrato.
    2) Essa questão não diz respeito à Prefeitura, é do Inter e da AG.
    3) O valor dessa obra é irrisório, para a Copa deve ser um calçamento simples para facilitar a circulação das pessoas, devendo somente após o evento ser feito o trabalho de paisagismo.
    4) Resolve-se facilmente com um aditivo.
    5) Tempestade em copo d’água.

    Curtir

  4. É só chamar o Odone que ele faz um aditivo para o Inter se comprometer em pagar 41 milhoes por ano a AG em troca da pavimentação.

    Curtir

  5. Sem grenalização.

    Para o Grêmio e Internacional.

    Os dois clubes fizeram contratos com empresas de fora do estado que não estão nem aí com a cultura e para os problemas dos clubes gaúchos, se os contratos quebrarão os mesmos ou não.

    Estas empresas só querem ver o lado DELES! Lucros, mesmo que sejam além do normal.

    Os contratos colocam as construtoras como sendo as partes mais fortes é o quê acontece em fazer contrato com empresas que não são gaúchas!

    Quando estavam em conversações e estudavam os termos assinaram o mesmos, e ainda antes da conclusão da Arena a toque de caixa assinaram os tais aditivos contratuais, que não estão muito bem explicados, será alguém recebeu algum dinheirinho por fora?

    Somente agora começam a ver que os mesmo eram leoninos?

    Tem o outro que dizem ser sigiloso.

    Etá muito esquisito este termo SIGILOSO, não acham?

    Os dois terão de chegar ao concenso mais cedo ou mais tarde, ou terão que ir à justiça.

    Isto dá para notar em que porcaria se meteram!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: