Apenas 25% das obras da Copa no Brasil estão concluídas, diz governo

Para o Ministério do Esporte, participação tardia do governo na preparação contribuiu para o cenário

O governo brasileiro divulgou ontem (21), em Turim (Itália), um balanço sobre as obras da Copa do Mundo 2014. De acordo com o documento, apenas 25% dos projetos relacionados à competição estão concluídos. Os números foram apresentados durante um evento organizado pela Fifa, cujo objetivo é atrair o interesse internacional para a Copa das Confederações.

Segundo o Ministério do Esporte, a participação tardia do governo na organização do evento contribuiu para o atual cenário. “O ponto de inflexão na preparação foi justamente quando todos decidimos nos unir e ter uma representação governamental no conselho (COL)”, disse Luís Fernandez, secretário executivo do ministério.

O representante do governo evitou citar nomes. A decisão de organizar a Copa sem o governo foi de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF e ex-mandatário do Comitê Organizador Local (COL). Em março do ano passado, o governo passou a integrar o comitê.

No total, 102 projetos da Copa fazem parte da Matriz de Responsabilidades. Somente 13 obras foram entregues: três estádios –Castelão, Mineirão e Fonte Nova –, nove intervenções em aeroportos e uma de mobilidade (um viaduto no entorno da Arena Pernambuco).

A menos de 14 meses do Mundial 2014, 77 estão em andamento (44 em mobilidade, 17 em aeroportos, além de nove estádios) e 12 ainda não começaram –oito em mobilidade e quatro em aeroportos.

Além disso, após três revisões da Matriz, seis projetos foram excluídos da lista: os monotrilhos de Manaus e São Paulo, o VLT de Brasília, o BRT da capital do Amazonas, a reestruturação de uma avenida em Natal e a ampliação da pista do aeroporto de Porto Alegre.

Aeroporto Salgado Filho: uma obra ainda está na fase de projeto (crédito: Infraero/Divulgação)

Aeroporto Salgado Filho: uma obra ainda está na fase de projeto (crédito: Infraero/Divulgação)

Portal 2014



Categorias:COPA 2014, Obras da Copa 2014

Tags:,

11 respostas

  1. Realmente é uma vergonha e falta de interesse e capacidade de gestão da Infraero para solucionar a tão esperada e solicitada ampliação da pista do Salgado Filho para o evento da copa do mundo. A falta de capacidade e total gestão dorme nas gavetas de todos os orgãos federais sem condições para resolverem a solução definitiva da questão. Com certeza lá para os meados do ano de 2.250 vão tomar alguma atitude. Simplesmente lamentável.

    Curtir

  2. Tem uma boa notícia, para copa das confederações o Gigante não estará pronto, mas para a copa sim.
    .
    Já a infraestrutura urbana…..

    Curtir

  3. Era fantástica a ideia inicial de fazer uma Copa com investimentos privados nos estádios (mesmo que com dinheiro do BNDES, que afibal existe para isso) e investimentos públicos em infraestrutura (principalmente em transporte público), mas a coisa desandou quando a politicagem entrou na história exigindo a indicação de cidades sem futebol para sustentar um estádio depois do evento.

    Com tantas cidades sedes escolhidas era impossível fazer infraestrutura em todas elas, então foi abandonada a ideia de fazer uma Copa deixando um legado. Além disso, a maior parte das cidades resolveu reformar seus velhos estádios, tudo com dinheiro público e obras superfaturadas. Soma-se a isso o aumento da ineficiência da máquina pública que tivemos nesses últimos, por questões burocráticas, ambientais, ideológicas e políticas, e chegamos a situação atual de uma Copa privada feita com dinheiro público e quase nenhum legado.

    Curtir

    • Julião, é simples, quando uma rua tem meio-fio tu sabes a onde andam os pedestres e a onde andam os carros, porém quando é uma dessas estradas da zona rural de Porto Alegre, não precisa ficar bêbado para andar fora de linha.
      .
      Quando se mistura o público com o privado, dobra-se o pessoal do Rachid, e todo mundo manda e ninguém obedece.

      Curtir

  4. Esse percentual só sobe riscando obras atrasadas da lista.

    Curtir

  5. “Os números foram apresentados durante um evento organizado pela Fifa, cujo objetivo é atrair o interesse internacional para a Copa das Confederações.”

    Ótimas notícias para atrair público!!

    Curtir

  6. Privatize já….estado incompetente !!!

    Curtir

    • Popi, não entendeste bem, no início era para ser tudo privado, não andou nada. Agora o governo se meteu e começa andar a peso de ouro!
      .
      Isto não é joguinho de dados que estás no meio do caminho e cais numa casa e diz, volte ao começo.

      Curtir

  7. A pista do Salgado Filho está ali na lista…

    Curtir

  8. O Ricardo Teixeira conseguiu um feito memorável que devia ser escrito nos anais da História do Brasil.
    .
    Roubou mais e foi mais ineficiente do que qualquer governo!!!!
    .
    🙂 🙂 🙂

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: