Presos secretários de Meio Ambiente do RS e de Porto Alegre

Polícia Federal desarticulou rede de corrupção voltada à obtenção ilegal de licenças ambientais

Secretário Luiz Fernando Záchia entre os presos. Foto: Site do Secretário.

Secretário Luiz Fernando Záchia entre os presos. Foto: Site do Secretário.

Numa operação conjunta entre o Ministério Público do Estado (MP) e a Polícia Federal (PF) foram presos na madrugada desta segunda-feira o secretário estadual de Meio Ambiente Carlos Fernando Niedersberg (PC do B) e o secretário de Meio Ambiente de Porto Alegre Luiz Fernando Záchia (PMDB). Ambos são investigados pelo suposto envolvimento no recebimento de recursos ilegais na liberação de licenças ambientais. Até o momento 18 pessoas foram detidas. Entre elas, o ex-secretário de Meio Ambiente do Estado, Berfran Rosado (PPS).

A operação, denominada Concutare, identificou um grupo criminoso formado por servidores públicos, consultores ambientais e empresários. Os investigados atuariam na obtenção e na expedição de concessões ilegais de licenças ambientais e autorizações minerais junto aos órgãos de controle ambiental. A investigação iniciou em junho de 2012.

Secretários afastados

Berfran Rosado também foi preso.

Berfran Rosado também foi preso.

O governador do Estado Tarso Genro anunciou na manhã desta segunda-feira o afastamento do secretário Carlos Fernando Niedersberg. O prefeito de Porto Alegre José Fortunati também determinou o afastamento dos investigados ligados ao Executivo municipal. Governador e prefeito foram avisados da operação Concutare pelo ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

Em entrevista a Rádio Guaíba, o prefeito de Porto Alegre disse que “está tão surpreso com as prisões como qualquer outra pessoa”. Fortunati preferiu não fazer qualque juízo de valor, mas admitiu que o afastamento ocorre preventivamente.

Ordens judiciais em oito cidades gaúchas

arlos Fernando Niedersberg, atual secretário do Meio Ambiente do RS foi afastado pelo Governador Tarso Genro assim como seus colegas citados acima.

Carlos Fernando Niedersberg, atual secretário do Meio Ambiente do RS foi afastado pelo Governador Tarso Genro assim como seus colegas citados acima.

Cerca de 150 policiais federais participam da operação para executar 29 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. As ordens judiciais serão cumpridas nos municípios gaúchos de Caçapava do Sul, Canoas, Caxias do Sul, Pelotas, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, São Luiz Gonzaga e Taquara, além de Florianópolis, em Santa Catarina.

Na Capital, os policiais federais vistoriaram uma sala comercial localizada em um prédio na avenida Farrapos, na esquina com a rua Barros Cassal. No local, funcionaria uma empresa de consultoria. Documentos foram apreendidos. A sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) também foi inspecionada.

Os investigados devem ser indiciados por corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, crimes ambientais e lavagem de dinheiro, conforme a participação individual de cada envolvido. As investigações foram conduzidas pela Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e ao Patrimônio Histórico (DELEMAPH) e pela Unidade de Desvios de Recursos Públicos da Polícia Federal no Rio Grande do Sul.

Correio do Povo

____________________

Notícia já é destaque nos principais portais nacionais:

A notícia no Portal UOL

Na Zero Hora

No Portal Terra



Categorias:Outros assuntos

85 respostas

  1. Ouvi nas repostagens que a PF investigou também os famosos e badalados “condomínios” no litoral norte gaudério.
    Agoram surgem piada sensacionais do tipo: “torcida do Inter quer que Záchia fique preso 50 anos pelas contratações que fez na época de dirigente”. ” Novo programa da BandRS, “os donos da bola” não poderia ter nome mais apropriado”.
    Mas a melhor foi de manhã, quando o Mendelski (bem assessorado pelo Nestor Hein) disse ao Fortunatti, “que a demora nas licensas ambientais estimula a corrupção”…será ?

    Curtir

    • Tem outro político de outra agremiação futebolística que os torcedores estão pedindo para fazer companhia ao Záchia. Será que este outro pegam em alguma coisa? Ou ele não dá recibo?

      Curtir

  2. Queria ter sido a primeira a comentar esta notícia porque ela me diz respeito sobremaneira.
    Há muitos anos que luto com a SMAM pelo bem das árvores em Porto Alegre, dentro do possível sempre tive minhas solicitações e denúncias atendidas, porém, nesta gestão as respostas que recebi sempre foram negativas.
    Eu até já devia ter feito isso, levar para o Ministério Público uma resposta que recebi, agora vou fazê-lo.
    Vocês devem lembrar o que eu escrevo aqui à respeito das árvores e da SMAM, agora confirmou, eu tinha razão.
    Para aqueles que são contra as árvores isto é uma paulada.
    Para aqueles que são a favor das árvores eu digo: Quantas e quantas árvores foram cortadas sem necessidade para satisfazer a sanha gananciosa desta gente que não preza o cargo que ocupa, que não tem vergonha na cara, que menospreza o povo e faz o que bem entende na calada da noite no fundo das suas salas climatizadas e bem mobiliadas enchendo os bolsos as nossas custas….

    Curtir

  3. tem um empreendimento grande na zona sul que é de desconfiar que teve maracutaia pra liberar. O impacto foi muito grande, não vou dizer o nome do empreendimento imobiliário.

    Curtir

  4. sera o fim dos jerivas em porto alegre? graças a Deus

    Curtir

  5. Lendo o ClickRBS, a PF fiz buscas no Departamento Nacional de Produção Mineral. Isso tem algo a ver com o carvão do RS?

    Curtir

  6. Já vai tarde esse Zachia

    Curtir

  7. Eu ja’ sabia! Esse pessoal ligado ao meio-ambiente nunca me enganou. Zachia muito menos, desde o tempo que dirigia o co-irmao.

    Curtir

  8. Recordar é viver (Funk do Detran):

    Curtir

  9. Lembrando que o Zachia já estava enrolado no caso Detran.

    Curtir

    • Quem se elege vereador prometendo retirar multas de trânsito não é um bom peixe…
      RECORDAM?

      Curtir

  10. Chelsea.
    Bom, depois de serem soltos, todos convocarão entrevistas coletivas dizendo em tom sério e preocupado:
    “Querem destruir a mim, a minha carreira política e a minha família. Sou um homem honesto e honrado. Não tem provas contra mim. Tudo não passa de ataques políticos. Sou inocente!”
    Mais uma da série “lembram”. Quando o falecido Antonio Dorneu Maciel foi a assembléia, convocado pela CPI do Detran, e roncou grosso com os deputados, saindo de lá recebendo muitos “tapinhas nas costas” ?
    Dois dias depois apareceram as gravações da PF com as conversas cifradas da tropa: “Fala liderança”, “aquela senhora”, “temos que agir amanhã”, “dos 70 documentos só chegaram 60”, “é faltaram 10”. e por aí vai.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: