Empresas de ônibus têm prejuízo de R$ 9 milhões por mês

onibus1

 

onibus3

 

onibus2

 

onibus4

 

Jornal Metro – Porto Alegre – 21/05/2013



Categorias:onibus

Tags:, ,

28 respostas

  1. Ameaçou não pagar ISS sobre tarifa , putaria sem limites, mediador com rabinho entre as pernas .

    Curtir

  2. Chefe da Camorra deitando verbo no Cabaré da TVCOM, Pedro Ruas forte, Sofia deixa a desejar .

    Curtir

  3. acho que na verdade isso que eles falam não é prejuízo é o que eles deixam de ganhar, são coisas diferentes no meu ponto de vista.
    mas a verdade com as contas fechadas não tem como saber, mas se realmente eles andavam no limite do orçamento com a alto do diesel eles vão ter prejuízo, eu que tenho um carro a diesel vi o preço ir de 1,99 para 2,25 no posto que abasteço isso uma hora ou outra vai ter que se repassado para alguém as empresas não vão querer segura esse aumento sozinhas.

    Curtir

  4. Como pode, de um mês para o outro começam a operar no vermelho. Que conversa furada.

    Curtir

  5. Não sou nenhum expert, mas acredito que o custo mensal fixo de ônibus deve ser infinitamente maior do que bondes. Por que não eliminam diversas rotas desses ônibus barulhentos e fedorentos por bondes mais silenciosos e econômicos?

    Curtir

    • Além dos custos dos ônibus, há outro custo que não nos damos conta, que é o custo das paradas e corredores de ônibus. Todas as paradas e corredores de ônibus não foram pagos com a passagem de ônibus, mas que são custos de transporte. Na Osvaldo, por exemplo, a cada 5 anos tinha que tirar o asfalto podre e colocar outro, pois os ônibus são muito pesados.

      No caso dos bondes, os trilhos de aço distribuem o peso em dormentes. O resultado é que trilhos duram 50 anos com manutenção mínima.

      Mesmo o concreto com armadura feita de barras de meia polegada, não duram tanto assim. Na Farrapos há várias placas de concreto quebradas ou soltas de modo que se sente a vibração dos ônibus do outro lado da rua.

      Curtir

  6. E eu sou o bozo.

    Eles dizem que estão no prejuízo, e eu digo que não. Pra saber quem fala a verdade só há uma forma: abram as contas das empresas, e façam uma auditoria independente, incluindo verificação dos preços pagos em insumos e a fornecedores. Mas isso ninguém quer, não é mesmo? Por que será?

    Curtir

  7. Prejuízo nos lucros só se for.

    Curtir

  8. Eu não entendo
    Se estão no prejuízo, porque não abandonam?Assim é o mercado, uma empresa incompetente quebra e dá espaço para novos empreendedores. Foi assim quando a Varig quebrou e a Gol cresceu.

    Se é tão ruim operar as empresas de ônibus, vamos fazer uma licitação!

    Curtir

  9. Pensar em melhorar o serviço para aumentar a clientela, otimizar custos e enxugar os gastos nem pensar, né?

    Chega de pensar que serviço público = serviço passável. Queremos qualidade!

    No momento em que um servidor público diz que está trabalhando no negativo e tenta repassar os custos pra população, sem nem apresentar as contas, tá na hora de demitir esse cara e colocar alguém mais capaz no posto.

    Curtir

  10. Estão reclamando porque esse ano os donos das empresas de ônibus não poderão esquiar em Aspen, só em Ushuaia.

    Curtir

  11. Diminuir mais ainda o número de ônibus? Certamente esses diretores não tem noção de que o serviço é uma merda para fazerem este tipo de ameaça?
    Se eles tem prejuízo com o preço que a passagem está hoje é porque são incompetentes, a população não pode ser penalizada à pagar pela incompetência alheia.

    Curtir

  12. Se não há o que fazer, então que dê uma dura na ATP e mande eles pararem de reclamar. Esse prefeitinho é um inútil.

    Curtir

  13. Cheiro forte no ar de mensalinho na imprensa bovinense. Vamos ver se os “formadores de opinião ” assumem o discurso da Máfia .
    Tentáculos no poder da Camorra bovina : http://www.facebook.com/ricardo.lain?fref=ts , ex-sócio da SOPAL hoje com cargo de direção na EPTC .

    Curtir

  14. Também estou operando no prejuízo, praticamente no roxo. Quero isenção de impostos. mimimi

    Curtir

    • Que comentário vazio. Já parou para imaginar, mesmo que seja difícil para um opositor radical da prefeitura como tu, que se isso for verdade, e por acaso essas empresas parem de operar, o caos e o prejuízo que será causado a população que usa esse modal?

      E, se por acaso, tudo isso que a ATP esteja dizendo seja condizente com a realiade, tu sabe quem vai pagar uma eventual indenização a essas empresas? Sabe?

      Ademais, considerando que a Carris dá prejuízos à séculos, não vejo tão improvavél essa nota da ATP. Não que eles sejam santos, mas tem gente que acha feio alguma empresa ter lucro…

      E para quem defende transporte totalmente público, é só olhar a mencionada Carris, que sangra os cofres da prefeitura para complementar o orçamento para ver que hoje, da forma que a coisa é configurada, é impossível de se estabelecer.

      E antes de mimimi como o outro ali embaixo disse, não estou defendendo ninguém, só estou sendo racional, vendo a situação hipoteticamente. Por mais que odeiem as empresas, a inciiativa privada, o capitalismo ou sei lá o que, o idealismo deve ser posto de lado às vezes e tentar ver o que acontece de fato, no concreto, e não no mundo mágico.SE as empresas tiverem prejuízos elas fecham e não tem mais ônibus circulando. Simples assim.

      Curtir

      • Eu não odeio a iniciativa privada nem empresas, inclusive já tive minha própria empresa. Sou contra é um grupo fechado de empresas que operam um serviço público sem qualquer concorrência há décadas. Isso é rasgar o conceito do capitalismo e livre-concorrência, e acho isso um absurdo.

        Se eles tiverem razão provavelmente a prefeitura vai pagar multa, eu sei. Mas se não há qualquer transparência na operação do nosso transporte público, a culpa é da mesma prefeitura que agora está se fazendo de boba e fugindo do debate, empurrando tudo para o judiciário. O problema não começou nessa administração, mas são eles que estão lá agora.

        O que eu sei é que antes eles estavam ganhando mais lucro que o previsto (segundo a auditoria) e ainda tem cara de dizer agora que já estavam defasados ano passado por que a passagem foi aumentada para 2,85 e não 2,90.

        A Carris dá prejuízo mesmo. Mas a PROCERGS opera sem qualquer mesada do governo e o Banrisul tem contas positivas há muito tempo. Usar a carris como prova que empresas públicas não funcionam é o mesmo que pegar a Encol como prova que as privadas não funcionam.

        Já estou partindo para o deboche por que tudo que tinha para ser dito sobre assunto já foi, aqueles que tinham alguma chance de mudar de opinião já mudaram.

        Curtir

        • Em momento algum eu disse que empresas públicas não dão lucro. Eu disse que empresa pública de transporte público, um gênero diferente, citando a Carris, não dá lucro. Comparar com a procergs é tão correto quanto comparar a TAM com o Mcdonald’s.

          Curtir

          • Não sei qual é o problema de comparar com a PROCERGS ou o Banrisul. Gestão é gestão. Considerando que a primeira atende basicamente só o setor público mesmo sendo de capital misto, acho que ela tinha mais chances de dar problemas do que a Carris.

            Curtir

      • Cara, se as empresas estão dando prejuízo é porque são pouco competitivas. E é culpa exclusivamente delas: se estruturaram ao longo de anos em um modelo no qual ganhariam rios de dinheiro oferecendo um péssimo serviço, pois sabiam que não teriam concorrência e que poderiam oferecer qualquer serviço a qualquer tarifa, uma vez que detêm o monopólio.

        Mas agora que o abuso chegou num limite e o poder judiciário cortou, elas não estão preparadas. Isso evidência muito claramente que é hora de fazer licitação e dar oportunidade para que empresas mais estruturadas assumam a concessão.

        Mesmo que verdade, a causa da dívida não é o alto custo (garanto que se outras empresas pudessem assumir a concessão seriam extremamente lucrativas), mas sim a péssima gestão, que administrou contando que eles poderiam aumentar anualmente a tarifa a níveis estratosféricos para sempre.

        Curtir

        • Pode até ser, não disse que as empresas estão corretas. Só disse que pode ser plausível que eles de fato estejam dando prejuízos. Se são bons ou não no seu gerenciamento, não sei dizer, pois não sou formado em administração, tampouco em contábeis. O que me preocupa mesmo é se elas venham a parar de operar, como fica a população.

          Curtir

        • Olha Adriano, fica difícil acreditar que elas estejam, de fato dando prejuízo depois de tudo que foi dito e exposto pelo judiciário e demais órgãos.

          Curtir

  15. Está dando prejuízo a empresa? Então venda!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: