Uma análise realista da orla de Porto Alegre para receber os turistas de 2014

É notório que aquele projeto do Jaime Lerner, ou qualquer outro projeto, estão parados. Não começou nem mesmo a etapa obrigatória dos intermináveis debates, “audiências públicas”, abaixo-assinados contra, protestos, e mais audiências públicas e debates. Portanto, não será surpresa que em 2014 não haverá nada em nossa orla. Talvez nem no Cais Mauá.

Qual a solução, então, para que os turistas possam ver o pôr do sol, que será massiçamente vendido nos folders de propaganda da cidade?

A solução será improvisar.

Experiências já tivemos. A que ficou melhor foi a dos Salões Náuticos. Vejam só:

salaonautico3

Fotos: equipe do Blog Porto Imagem

Mudando um pouco de assunto: os planos de revitalização da orla porto-alegrense do Gasômetro vão até o Iberê Camargo. Mas, ao meu ver, deveria abranger também, OBRIGATORIAMENTE, o trecho da Avenida Diário de Notícias, que já está se tornando um dos trechos em maior evidência da nossa orla: não bastasse o museu Iberê Camargo e o Barra Shopping, o movimento de pessoas tem crescido a olhos vistos: a qualquer hora se vê muita gente caminhando, correndo, e agora andando de bicicleta – a estação de aluguel de bicicletas está sendo um sucesso total ali.

E agora a região vai ganhar a estação de Catamarã; estão em construção mais dois prédios de vidro, sendo eu um deles será residencial; e ano que vem começarão as obras do novo bairro, localizado nas ruinas das baias do hipódromo. Ainda não acabou: será inaugurado o mirante do Dmae, e bem ao lado já começaram as obras do Parque Linear ao longo do arroio Cavalhada, obra, esta, prevista para a implantação do novo bairro ao lado.



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , , , ,

27 respostas

  1. Quando vejo os comentários e vejo o que fizemos na Orla não entendo por que os poucos do contra são tão fortes e conseguem bloquear qualquer melhoria especialmente na nossa querida Orla…
    Alexandre Hartmann – 99873007
    ProA – Praça Náutica

    Curtir

  2. Interessante que as obras do arroio cavalhada já começaram faz tempo e estão bem adiantadas. Aí tem $$$ e vontade política… Será que não é para viabilizar o novo bairro (que é obra privada, acredito) ali nas baias, com o $$$$ dos nossos impostos?

    Curtir

    • Não. A obra no arroio Cavalhada é uma obra de compensação que a Multiplan tem que fazer para instalar o novo bairro.

      E mesmo que a arrumação no arroio fosse com nossos impostos, então a prefeitura está de parabéns, pois está arrumando o local fazendo obras de saneamento básico e no futuro haverá um parque linear.

      Curtir

  3. Tu fostes perfeito, Gilberto. Até acredito só teremos mesmo improvisações. Há quem pense que aqueles que defendam que os debates devam ter um fim sejam antidemocratas. Não é verdade. Sempre haverá os “do contra”. Eu estou atento ao noticiário e aos fóruns e para cada passo neste mega processo de transformação da cidade sempre houve debates e manifestações livres de todo mundo, inclusive violentamente. Se não houve acordo com os intransigentes e se a Justiça foi chamada a intervir, cumpra-se. Para isto somos uma Democracia. A Prefeitura fica a mercê de algumas pessoas em detrimento de maior parte da população que anseia por mudanças que embelezem e que tornem a nossa cidade melhor, aprazível e funcional. Eu já acreditei mais no Fortunatti e agora acredito que ele esteja apenas nos enrolando.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: