Uma análise realista da orla de Porto Alegre para receber os turistas de 2014

É notório que aquele projeto do Jaime Lerner, ou qualquer outro projeto, estão parados. Não começou nem mesmo a etapa obrigatória dos intermináveis debates, “audiências públicas”, abaixo-assinados contra, protestos, e mais audiências públicas e debates. Portanto, não será surpresa que em 2014 não haverá nada em nossa orla. Talvez nem no Cais Mauá.

Qual a solução, então, para que os turistas possam ver o pôr do sol, que será massiçamente vendido nos folders de propaganda da cidade?

A solução será improvisar.

Experiências já tivemos. A que ficou melhor foi a dos Salões Náuticos. Vejam só:

salaonautico3

Fotos: equipe do Blog Porto Imagem

Mudando um pouco de assunto: os planos de revitalização da orla porto-alegrense do Gasômetro vão até o Iberê Camargo. Mas, ao meu ver, deveria abranger também, OBRIGATORIAMENTE, o trecho da Avenida Diário de Notícias, que já está se tornando um dos trechos em maior evidência da nossa orla: não bastasse o museu Iberê Camargo e o Barra Shopping, o movimento de pessoas tem crescido a olhos vistos: a qualquer hora se vê muita gente caminhando, correndo, e agora andando de bicicleta – a estação de aluguel de bicicletas está sendo um sucesso total ali.

E agora a região vai ganhar a estação de Catamarã; estão em construção mais dois prédios de vidro, sendo eu um deles será residencial; e ano que vem começarão as obras do novo bairro, localizado nas ruinas das baias do hipódromo. Ainda não acabou: será inaugurado o mirante do Dmae, e bem ao lado já começaram as obras do Parque Linear ao longo do arroio Cavalhada, obra, esta, prevista para a implantação do novo bairro ao lado.



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , , , ,

27 respostas

  1. Sugestão: acessem o endereço abaixo e vejam que nossa Porto Alegre também poderia partir para um projeto definitivo, como em Belém do Pará foi feito há 13 anos.. Chega de paliativos.
    Osvaldo Alencar

    http://www.google.com.br/search?q=fotos+esta%C3%A7%C3%A3o+das+docas+bel%C3%A9m&hl=pt-BR&rlz=1T4GGNI_pt-BRBR457BR457&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=VC2eUYXdB9O00QHIroDwCg&ved=0CC4QsAQ&biw=1366&bih=589

    Curtir

  2. Anos esperando para um projeto para a orla e quando temos a chance querem fazer tudo as correrias. Se não for para a copa paciência. Melhor do que jogarem fora a grande oportunidade de atrair turistas que querem mais do que um lugar para ver o pôr do sol. Precisamos de um concurso INTERNACIONAL de projetos, e com uma boa premiação atrair grandes escritorios de arquitetura e urbanismo capazes de qualificar e dar um salto maior e mais ousado na cidade. Quando se fala em ousado não necessariamente se fala em custo, é só pesquisar que acharas ótimas referências.

    Curtir

  3. Essas imagens aí tão bem legais. Mostram que daria pra fazer sem muito esforço algo bem decente na orla (deques, piers, etc). Infelizmente, o poder público não faz nada, e quando falam em alguma entidade privada assumir, aí a esquerda surta.

    Curtir

    • Estranho Porto Alegre ter investido em idéias “aburdas” no passado, como aterrar parte do Gauíba para expandir a cidade, tranformar uma linha férrea em um metrô para ligar a capital à região metropolitana ou em prédios modernos (para a sua época) como o Hipódromo, o Centro Administrativo, a cidade que ia investir em uma inveção local para a mobilidade urbana (o aeromovel), mas de umas 2 ou 3 décadas para cá, parece que o misoneismo tomou conta da população. Aliás, misoneísmo da população e muito empenho da oposição e pouco empenho da situação no governo de Porto Alegre, independente do partido, conseguiram estagnar Porto Alegre.

      Curtir

      • Parou quando um certo partido tomou conta da administração, por longo tempo.

        Curtir

      • Não mudou tanto, tudo isso que falaste foram iniciativas públicas. O problema é que o estado quebrou e daí tudo parou.

        Curtir

        • O problema é que tu vai pra serra e vê que lá as coisas ainda funcionam. Isso de depender do estado falido pode até ser um fator, mas a inoperância da prefeitura é mais determinante, a meu ver.

          Curtir

  4. Mais uma oportunidade perdida. Sei que a cidade não deve ser “reformada” para os turistas da Copa, mas esta serviria de vitrine para Porto Alegre para o mundo inteiro, chamaria a atenção das pessoas para a nossa cidade depois de perdermos o Fórum Social Mundial.

    Não sei quanto tempo levaria para revitalizar a orla de acordo com o projeto que o blog expos à algum tempo. Mas sinceramente, eu começaria o mais rápido o possível essa revitalização e a linha do aeromovel da Zona Sul para te-los prontos até a copa.

    Curtir

  5. Só destacando que ester trechos da orla que aparecem nas fotos são todos privados!
    O que falta em POA é reconhecer isto e fazer um plano diretor que permita estes investimentos de acesso público (bares, restaurantes, hoteis,…) restrigindo apenas aqueles que forem de acesso privado (condomínios, casas, etc.).

    O pontal do estaleiro estaria no limiar desta regulamentação que eu proponho, mas seria permitido uma vez que eles liberaram o acesso ao público entre a orla e os prédios (residenciais, no projeto inicial).

    Curtir

  6. Nem sonho mais com isso.

    Resposta padrão de alguns poucos, mas barulhentos:

    NEM PENSAR! E os pobres maricás, como ficarão??? E os coitadinhos dos moradores de rua e usuários de drogas que usam essa maravilhosa vegetação, como vão poder morar e se drogar ali sem essa beleza natural??

    E outra, daonde já se viu privatizar a orla, com bares ainda por cima???Nãooo, tem que ser tudo preservado, vamos subir nos maricás se alguém ousar mudar alguma coisa ali!Vamos pichar tudo e ocupar até que saiam as máquinas diabólicas movidas a motor, simbolo do sistema capitalista, blablablabla, só vai aumentar o número de carros, blablablabla

    E assim ficamos sem nada, como sempre.

    Curtir

  7. Poder público inepto, setor privado interessado apenas em lucros fáceis…

    Curtir

  8. Mas os salões eram fantásticos mesmo. Tinha que ter daquilo por toda orla.

    Curtir

  9. Ótimos pontos, só acho ruim criticar tanto o debate, que faz parte da democracia quando a imobilidade política deixou a orla do jeito que está há décadas. As coisas não precisam ser feitas na base do caudilhismo, ao menos não deveriam precisar 😛

    Curtir

  10. Por que desmontaram essa dos saloes nauticos?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: