Manifestantes realizam novo protesto contra corte de árvores em Porto Alegre

Samir Oliveira

Manifestantes começaram a marchar a partir das 19h20min | Foto: Ramiro Furquim/Sul21

Manifestantes começaram a marchar a partir das 19h20min | Foto: Ramiro Furquim/Sul21

Centenas de pessoas voltaram às ruas de Porto Alegre na noite desta segunda-feira (27) para protestar contra o corte de árvores que a prefeitura pretende efetuar em função das obras viárias para realização da Copa do Mundo de 2014. Em fevereiro, 14 tipuanas foram ceifadas na praça Júlio Mesquita para que a ampliação da avenida João Goulart pudesse ser iniciada.

As 115 árvores restantes só não foram retiradas porque os manifestantes subiram nelas e evitaram os cortes. Neste meio tempo, uma ação do Ministério Público havia conseguido a suspensão dos cortes, mas uma decisão do Tribunal de Justiça deferida no dia 16 acabou autorizando a operação.

O protesto desta segunda-feira foi o terceiro desde que saiu a decisão do TJ. Assim como os dois atos anteriores, este saiu da praça Montevidéu, em frente à prefeitura, e terminou na área verde ao lado da Câmara Municipal, onde dezenas de manifestantes estão acampados em vigília contra o corte das árvores.

Desta vez, os ativistas percorreram a avenida Borges de Medeiros em direção à avenida Loureiro da Silva, por onde ingressaram na rua João Alfredo, contornando o bairro Cidade Baixa pelas ruas da República e Lima e Silva até voltarem à Perimetral, de onde marcharam em direção ao acampamento.

Leia mais no SUL 21, clicando aqui



Categorias:Duplicação de avenidas

Tags:, ,

72 respostas

  1. Hoje 29mai 11:33 estive ali no corte das arvores, gostaria de ver todos aqueles brigadianos no dia a dia protegendo o centro de POA e a area do gasometro, no dia dia onde estão eles?

    Curtir

  2. Aos que defendem a NÃO CONSTRUÇÃO DE VIAS por achar que transporte coletivo e bikes resolvem o problema de congestionamento, me digam o seguinte:
    A RODOVIA DO PARQUE ESTA SENDO CONSTRUIDA PARA DESAFOGAR A BR116 (CANOAS), vc acham realmente que construir uma pista para ciclistas e transporte vao combater o congestionamento nessa area? a resposta é não… A CARLOS GOMES FOI REFORMADA E AMPLIADA, agora pergunto, se essa obra não tivesse sido feita vc acham que com transporte publico NESSA AREA teria resultado? naõ adiantaria…
    SE VOCES QUEREM CICLOVIAS E TRANSPORTE COLETIVO PRIMEIRO AS PESSOAS DEVEM SE CONSCIENTIZAREM DO USO DE BIKE. o que a prefeitura esta fazendo é planejando e executando obras para o futuro, vendo que há dezenas de novos carros na ruas a cada dia, por tanto a prefeitura ESTA ATENDENDO A ALTA DEMANDA DE VEICULOS CONSTRUINDO VIAS. para prefeitura construir ciclovias em massa primeiro a demanda de bikes tem que ser grande tambem e a população se conscientizar… por hora a realidade é essa..

    Curtir

  3. Grande resistência…

    Curtir

  4. A toca diz tudo do real objetivo dos ‘contra’…

    Curtir

  5. É realmente triste quando o foco das grandes questões se perde nos detalhes. O que está em jogo não é, simplesmente, o corte ou não corte das árvores, mas sim UMA POLÍTICA do trato da mobilidade urbana.

    Nas cidades mais avançadas do mundo, se faz o contrário – reduzem-se os espaços destinados ao automóvel, aprimora-se o já qualificado transporte coletivo e o transporte não poluente – a bicicleta, visando o incremento do bem estar do PEDESTRE com espaços públicos – passeios – equipados e qualificados.

    Em algum momento deve haver uma ruptura com esse passado, se por acaso existir uma preocupação real com nosso futuro. Porque não agora?

    Curtir

  6. Não sei com tem gente que em pleno 2013 ainda acha que é progresso cortar uma centena de árvores, a maioria de grande porte e com dezenas de anos, para criar uma via expressa na orla, largamente usada para o lazer a pé e de bicicleta da população. Uma via expressa que não resolver NENHUM problema de transito. A prefeitura podia ainda ter revisto o projeto para obter praticamente o mesmo resultado (duplicação) sem cortar nem metade das arvores que seriam eliminadas se mantido o traçado proposto. A mesma prefeitura que NAO IA fazer a mitigação com plantio de mudas, e sim ia pagar multa a ela mesma, através da SMAM, recentemente envolvida em escândalo de venda de licenças ambientais. A mesma SMAM presidida por um senhor já envolvida em escândalo de corrupção anterior, no DETRAN. É, a prefeitura deve estar certa mesmo.

    Curtir

    • Fred,
      eu em pleno 2013 acho que sim é progresso cortar árvores e re-planta-las em outro lugar. Tem que haver planejamento para que no futuro a cidade não fique um caos, todos os dias dezenas de novos carros tomam as ruas e novas vias devem acompanhar o crescimento da cidade sim. OLHA EU SOU A FAVOR DO VERDE, MAS COMO MORO NUMA METROPOLE E NÃO NUMA SELVA, acho que o desenvolvimento é vital, e também acho que poa tem lugar para o verde. PRESTA ATENÇÃO ESSE ATERRO AO LADO DO GASOMETRO É RECENTE NÃO HÁ ÁRVORES CENTENARIAS LÁ, ENTÃO PORQUE A DIFICULDADE DE REPLANTA-LAS? Não podemos viver mas mesmas ruas que existiam em 1970,80 e 90, poa está parada e sou a favor da revitalização da orla com os projetos do Jaime Lerner ou seja a orla terá suas belezas exploradas, temos e devemos conciliar urbanismo e desenvolvimento com a natureza. O QUE NÃO PODE É HAVER RADICALISMO EM RE-PLANTAR ALGUMAS ARVORES.

      Curtir

  7. Vou comentar o contrario dos motivos para evitar o corte das arvores.

    Quanto mais carros parados no transito, maior a poluição, um carro andando sem precisar parar e voltar a andar, gasta menos e gera menos ruido, e dessa mesma forma, os motoristas evitam de buzinar.

    O corte das arvores é ruim e bla bla bla, mas vão plantar varias outras, ponto final.

    Uma mega avenida com 50 faixas vai cortar uma praça, que diferença vai ser para o que existe atualmente?
    Se falam que o parque é tão frequentado mesmo com essa avenida atual, não vai ter diferença.

    Só tem um porem, eu passo todos os dias em frente a este parque e nunca vejo gente, só mendigos, as vezes um ou outro fantasma por la, nem quando tem eventos no gasômetro.

    O parcão tem uma passarela sobre a Goethe e ninguem reclama, é um dos metros quadrados mais caros da cidade e nos finais de semana fica lotado.

    Redenção e Marinha, apesar de serem parques largados e perigosos, existem varias avenidas das mais movimentadas ao redor, e até cortando os parques, e tem o grande movimento, existe vida.

    Bla bla bla, transporte indivudual, é um meio de transporte, se os carros não andam, os onibus não vão andar, é preciso investir em todos os meios.

    Bla bla bla, tirar espaço de uma praça. Ja temos praças de mais, uma obra dessas pode muito bem dar vida para o local, alias, tirando espaço das praças para abrir bares em alguns pontos delas, isso sim daria vida para elas, mas é privatizar, é feio, coisa do mundo capitalista, coisa de gente malvada.

    Bla bla bla, não tem cloclovia…
    Bom, tem uma ali perto, e existe uma no projeto da orla, não? Seria jogar dinheiro fora criar duas ciclovias.

    Bla bla bla, não tem lugar para pedestres…. não existe toda uma praça ali? É só caminhar por ela, no que vai mudar? As pessoas vão passar mal por caminharem poucos metros pro lado? A praça vai ser remodelada, provavelmente vai ganhar algum calçamento, vai melhorar muito a area.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: