Reunião projeta Acampamento Farroupilha na Copa do Mundo

Secretários debateram o projeto, que está em fase de planejamento  Foto: Aline Rimolo/Divulgação PMPA

Secretários debateram o projeto, que está em fase de planejamento Foto: Aline Rimolo/Divulgação PMPA

Foi realizada nesta terça-feira, 11, reunião na sede da Confederação Brasileira de Tradição Gaúcha com o objetivo de planejar o Acampamento Farroupilha Extraordinário, que ocorrerá durante a Copa, conforme prevê a Lei Municipal 11.300. O evento terá como objetivo mostrar ao turista os elementos da cultura e a gastronomia do Rio Grande do Sul, com o enfoque na hospitalidade e o bem-receber dos visitantes que venham à cidade.

O projeto está em fase de planejamento. Neste ano, o Acampamento Farroupilha já terá um modelo diferenciado com vistas a Copa do Mundo Fifa 2014. De acordo com o coordenador, Manoelito Savaris, em 2013 o evento servirá como teste para o Mundial.

Estiveram presentes na reunião o secretário municipal da Cultura, Roque Jacoby, o secretário municipal do Turismo, Luiz Fernando Moraes, a coordenadora da Fan Fest na Secopa, Ana Fagundes, o coordenador do Acampamento Farroupilha, Manoelito Savaris e representantes da 1ª Região Tradicionalista.

Prefeitura de Porto Alegre

_________________________

Me digam que eu não li essa matéria! Meu Deus, aquele barral todo, aquela fumaça sufocando a cidade, dezenas de cavalos c* pelas ruas, aquelas casinhas de madeira ….  



Categorias:COPA 2014, Eventos

Tags:,

37 respostas

  1. Exato Eduardo. Lembro do teu tópico, e achava o único porém dele a desapropriação do Cientec, que aparentemente é um órgão bastante útil e consolidado por ali.
    Além do mais, sendo no Harmonia, temos o acesso pela Beira-Rio e pela Loureiro da Silva.
    Mas enfim, se fosse por ali já ficaria honestamente feliz só de não ser no Morro da Cruz. Até Esteio é melhor.

    Curtir

  2. Acabei de ver na ZH num gráfico de POA na Copa, que o acampamento será um evento mais organizado, tipo com 30 piquetes, especialmente feitos para a Copa. Neste caso deverá ser algo mais elaborado, tipo uma vitrine do que seria a comemoração da Revolução Farroupilha. Após saber disso, fico mais tranquilo que não seria aquela mixórdia toda que é o acampamento normalmente, inclusive com mortes relatadas em outros anos.

    Curtir

    • Amém.

      Mas não esqueçam do indiozinhos: os Sete Povos é um ícone histórico e cultural Gaúcho.

      E FALO SERIO!

      Curtir

  3. Se o Centro de Eventos fosse no Harmonia poderíamos fazer um evento muito mais profissional e turístico.
    Como em outro tópico vou listar só alguns motivos pra se fazer o Centro de Eventos ali:
    O Parque Harmonia é:
    1.Conectado ao Centro Histórico
    2.Acesso por via expressa (Av.Beira-Rio)
    3.Terreno Plano
    4.Possibilidade de interligação via Aeromóvel
    5.Área subutilizada da cidade sem nenhum projeto urbanístico
    6.Proximidade da Usina do Gazômetro, Novo Cais e a Casa do Gaúcho, que podem sediar eventos complementares.
    7.Local interessante turisticamente
    8.Próximo aos principais bairros da cidade
    9.Acesso por Via Fluvial
    10.Anfiteatro Por-do-Sol já construído para abrigar shows, e subutilizado tb.
    11.Projeto de uma Marina Pública e de todo o Parque da Orla
    12.Não precisa derrubar uma única árvore pra se fazer, já que o “parque” atual é um descampado bizarro.
    13.Possibilidade de todo ano se fazer um Acampamento Farroupilha profissional e realmente turístico no centro de Eventos.
    14.Ciclovias em todo o entorno.
    15. Terreno público, não desapropria NINGUÉM!
    Enfim, vo parar senão eu começo a chorar de nem cogitarem isso.

    Curtir

  4. Acho legal, só não acho que o Parque da Harmonia seja o local mais adequado para esse tipo de evento.

    Curtir

  5. Eu quero ver uns indiozinho cantando e vendendo balaio!

    Sepé Tiaraju ainda vive!

    Curtir

  6. É incrível como tem opinião de urbanistas para os costumes do campo. Nem conhecem de onde vem a carne, as frutas, verduras. Pois elas vem do trabalho rural. A lida campeira produz materia prima de consumo para a industria, estes costumes de trabalho nos pampas virou cultura. O que se ve no acampamento é uma tentativa de mostrar a estes que tem opinião (só por ter, porque sem o menor conhecimento) como é a vida lá fora.
    Os visitantes são recebidos com o quer há de melhor, comida e hospitalidade. Minha vida em parte na Vacaria, RS é revivida cada vez que visito o acampamento. Penso que antes de escrever bobagens, é preciso ter conhecimento, vão ao interior e vejam lá como é o trabalho, Ainda bem que temos esta amostra ainda que uma vez por ano de nossos costumes em homenagem ao campo, ao antepassado. ,

    Curtir

    • Pois é, ao invés de incentivarem os hotéis fazenda, querem que os turistas se espremam entre os máricas da orla e o asfalto.

      Curtir

  7. Que ao menos toquem um concreto por la, por que apresentar esse barrão pros gringos fica fróid…

    Curtir

  8. Concordo com cada palavra do que o Márcio escreveu !

    O acampamento será a única coisa legal que a cidade terá a oferecer, já que duvido que a orla estará pronta. Vai ter barro no Acampamento? Vai ter barro também na constrangedora orla do Gasômetro.

    A “boca” do ex-mirante do Santa Tereza – QUE PODERIA SER UMA DAS MAIS LEGAIS ATRAÇÕES PROS TURISTAS, com uma infra completa de lazer ! – oferecerá somente abandono e perigo.

    O Cais, é bem possivel, deveráter só umas barracas chiques improvisadas tipo Café do Porto. Barracas.

    Porto Alegre teria, então, somente um plano B: bem no Centro, botar ônibus de dez em dez minutos direto pra Gramado.

    Fazer o quê, já que Porto Alegre é uma incompetente para explorar seus potenciais?

    O Acampamento seria a única atração mesmo e um diferencial para os turistas, ao mostrar uma cultura diferente de tudo.

    Anotem o que estou dizendo.

    Curtir

    • A gente associa o barro ao Acampamento, mas é porque setembro é um mês chuvoso, julho não. Julho é um mês frio do caralho.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: