Fábrica de caminhões Foton dá preferência por Guaíba, mas diz que Rio também está no páreo

image

Rio Grande do Sul é o preferido para ficar com a primeira fábrica de caminhões da marca chinesa Foton no Brasil, segundo garantiu ontem o vice- -presidente corporativo da Foton Aumark.

A fábrica ocuparia terreno que foi reservado para a Ford em Guaíba.

A decisão sairá até o fim do mês, e o Rio de Janeiro também está no páreo. O executivo, com 30 anos de setor automotivo nacional, confirma que as obras do projeto, que mobilizará R$ 250 milhões, terão capacidade de montar 20 mil unidades e gerarão 400 empregos diretos, terão de começar até dezembro.

Políbio Braga



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

9 respostas

  1. Sempre foi e será assim, assanham os gaúchos, lhes dão ilusões e depois vem a frustração. Isto ainda mais com um governadorzinho que se empenha ao máximo por seu partido e ao mínimo por seu estado. Parabéns antecipado Rio, terra de gente largada e que acaba recebendo todos os investimentos de mão-beijada, até porque não os rejeita.

    Curtir

  2. Também quanta incompetência…o prefeito é médico, seu ponto forte deveria ser a saúde e na realidade saúde em Guaíba é uma merd…; então imagina só se teria ele condições de trazer empresas de porte e qualidade…..é brabo….Guaíba vai demorar a crescer…

    Curtir

  3. ta mais que na hora de vir alguma coisa para mudar guaiba,pois a cidade parou no tempo

    Curtir

  4. Quando vem fábrica choram, quando não vem também choram. Dificil hein.

    Curtir

  5. Ford?

    Guaiba?

    PT?

    Bora nos preparar, vai ter guerra…

    Curtir

  6. De boa, eu não comemoro fábrica de meio de transporte atrasado. Me acordem quando tiver uma fábrica de trens ou coisa melhor por essas bandas.

    Curtir

    • É verdade Mobus. Ta na hora deles acordarem. É que não tem mais mercado nos países desenvolvidos pra fábricas de caminhões então eles vem pra cá.

      Curtir

    • Eu comemoro, e muito.

      O uso do caminhão não tem nada de atrasado, o que está atrasado é a forma quase que exclusiva como o Brasil faz esse uso.

      Pense só nas milhares de toneladas de grãos que precisam sair das lavouras: o escoamento primário só pode ser feito de caminhão. Em 99,99% das indústrias também.

      O que não pode é afunilar o transporte até os portos e grandes centros consumidores, nesses mesmos caminhões, por centenas, as vezes milhares, de quilômetros.

      Curtir

  7. Muito pouco provável que seja escolhido Guaíba pela falta de infraestrutura.

    Leia esse artigo aqui:

    http://www.amantesdaferrovia.com.br/profiles/blogs/as-ferrovias-em-dourados-v-o-custar-r-12-bilh-es

    Se fala que o custo do transporte nos produtos industrializados fica na ordem de 20% ou 30%. Como uma fábrica irá trazer a matéria prima e escoar a produção?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: