Aumenta tensão no Brasil após protestos, diz imprensa internacional

Manifestações simultâneas em diversas capitais voltaram a repercutir no mundo todo

Imprensa internacional relata aumento da tensão no Brasil após protestos  Crédito: Christophe Simon / AFP / CP

Imprensa internacional relata aumento da tensão no Brasil após protestos Crédito: Christophe Simon / AFP / CP

A exemplo da semana passada, os protestos realizados na noite dessa segunda-feira em Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília repercutiram na imprensa internacional. Jornais da Argentina, Espanha e França relataram o aumento da tensão em solo brasileiro há menos de um ano da Copa do Mundo no País.

O La Nación, da Argentina, informa nesta terça-feira que pelo menos oito cidades brasileiras realizaram protestos contra os gastos na Copa do Mundo de 2014. O periódico lembra que as manifestações foram originadas pelo descontentamento com o aumento da tarifa de ônibus.

Em entrevista ao La Nación, um manifestante garantiu que os protestos não ocorrem por causa dos centavos da tarifa do transporte coletivo. “Esta é uma exigência reprimida. É um reflexo da falta de perspectiva dos jovens. O transporte é péssimo. Andamos em chassis de caminhões travestidos de ônibus”, comentou.

O jornal norte-americano The New York Times publica um texto com vários adjetivos informando que os manifestantes reclamaram do “alto custo de vida e gastos extravagantes” com a Copa do Mundo de 2014. Também faz críticas à ação policial, avaliando que houve o uso da “mão pesada” por parte dos policiais.

O jornal italiano Corriere della Sera destaca, também na capa, que os manifestantes protestaram contra o aumento dos preços das passagens de ônibus e os gastos públicos com a Copa do Mundo de 2014. As fotos que ilustram a reportagem são do protesto em Brasília, com a ocupação da rampa do Congresso Nacional, e as manifestações nas ruas de São Paulo e do Rio de Janeiro.

19zBf

O jornal espanhol El País traz fotos das manifestações e um artigo em que diz que “está gerando perplexidade, dentro e fora do país, a crise criada repentinamente por causa dos protestos em São Paulo e no Rio”.

19zAa

Já o francês Le Monde publicou matéria dizendo que o governo brasileiro não iria permitir que os protestos perturbassem a Copa das Confederações e lembra que no sábado,14, a polícia reprimiu com bombas de gás lacrimogêneo uma “manifestação pacífica” que acontecia do lado de fora do estádio Mané Garrincha, em Brasília, e que a mesma cena se repetiu no domingo, no Maracanã, no Rio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O jornal britânico The Guardian ressalta, na reportagem, que a maioria das manifestações começou de forma pacífica, mas ao longo dos protestos, houve enfrentamento entre manifestantes e policiais. O jornal destaca a informação da ministra da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, de que Dilma acredita que “os protestos pacíficos são legítimos e adequados”.

19zAI

Correio do Povo



Categorias:Manifestações

Tags:,

4 respostas

  1. Salve, salve o Brasil, eu sou contra os super faturamentos tanto nos estádios como em qualquer outra obra (hospitais, escolas), mas precisamos dessas obras temos é que fiscalizar os valores reais das construções. Queremos saúde e educação? Sim claro, mas queremos emprego e dinheiro no bolso, por isso ”eu sou a favor da copa”, porque irá gerar emprego em bares, restaurantes, hotéis, shopping etc… Tudo isso com os turistas que virão. Importante saber separar as coisas, aqui no RS o Beira-Rio será reformado com dinheiro do BNDS e será pago pela AG, por tanto é dinheiro ”emprestado” e não dado. E a população ganha um estádio que trará a copa pra cá e junto a ela ”empregos”. Se nos outros estados do Brasil houve super faturamento, então investiguem com rigor assim como outras obras públicas como escolas e hospitais.

    Curtir

  2. E agora o prefeito quer baixar os impostos das empresas de ônibus…

    Palhaçada!

    Não muda nada, o serviço continua uma porcaria e as empresas recebem mais subsídios.

    Será que ninguém percebe que a incapacidade de oferecer um serviço de qualidade com preço baixo, é justamente a prova da FALÊNCIA desse sistema!?

    Não adianta remendar, o cobertor, além de curto está podre.

    Por uma alternativa aos ônibus, já!!!

    Curtir

  3. Assim como muitos brasileiros, os políticos se importam muito mais com o que vem de fora. Essas notícias criarão mudanças, sem dúvida. A minha torcida é que essa mudança seja profunda.

    Curtir

  4. Que coisa mais linda!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: